terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Transcarioca (T5) ligará a Barra à Penha

A Prefeitura do Rio vai desapropriar 3.630 imóveis para a construção do o corredor T5 – agora chamado de Transcarioca -, um corredor de ônibus articulado (BRT- Bus Rapid Transit), que vai ligar a Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, à Penha, no subúrbio. O Transcarioca terá 28 quilômetros de extensão, e terá 37 estações transportando, em horário de pico, até 25.800 passageiros por hora, em cada sentido.
A decisão foi publicada no Diário Oficial de segunda-feira (14). O Transcarioca é um dos projetos da prefeitura para a Copa 2014 e as Olimpíadas 2016. Antes de o Rio ser eleita a cidade sede das Olimpíadas, a previsão da Casa Civil era de desapropriar 1.200 imóveis. Agora o número triplicou. De acordo com a Secretaria municipal de Obras, a mudança ocorreu porque durante a candidatura, os números eram estimativas e o projeto não estava fechado. A Secretaria disse ainda que a maioria das 3.630 desapropriações, que inclui os bairros de Madureira e Jacarepaguá, serão parciais como, por exemplo, o terreno da frente de um prédio e não o prédio integralmente.

28 comentários:

Dayse disse...

Gostaria de saber quais serão os bairros atingidos pela obra e onde posso conseguir um mapa mais detalhado sobre a extensão da via.

edmilson disse...

por favor sejam mais esclarecedores sobre os locais que serão afetados como ruas, bairros e avenidas.

edmilson disse...

por favor sejam mais esclarecedores sobre os locais que serão afetados como ruas, bairros e avenidas.

Danielle disse...

Quero mostrar a minha insatisfação quanto a este projeto, estou torcendo para o governo federal não liberar a verba para a realização desse grande equívoco que o Senhor Eduardo Paes irá cometer.
Aliás, os imóveis publicados no diário oficial para a desapropriação não estão claros, como é o caso da AV. MINISTRO EDGARD ROMERO, 368 - MADUREIRA no qual este número está na parte da DESAPROPRIAÇÃO PARCIAL, porém, está entre parênteses "todas as unidades" do 368.
Ora, afinal, o número 368 da Av. Ministro Edgard Romero vai ser desapropriado totalmente ou parcialmente?
O Senhor Eduardo Paes quer transformar a Avenida Ministro Edgard Romero em uma Av. Brasil? Isso é um absurdo! Moro aqui desde que nasci e tenho certeza de que se isso acontecer irá trazer muitos transtornos para os moradores que se salvarem da desapropriação, além de acabar com o comércio de Madureira que é tão famoso.
Outra coisa que eu queria saber é quanto ao valor da indenização que estou sabendo que irão oferecer abaixo do valor de mercado e também que irão calcular com base na estrutura do prédio. Isso é inaceitável, pois, por exemplo, fiz diversas obras no meu apartamento e que com certeza agora o valor dele está superior ao valor de mercado e por isso, as visitas dos técnicos deveriam ser individuais (casa a casa, apartamento a apartamento) avaliando corretamente o valor do imóvel.
Também concordo que grande parte do problema desse projeto está na desapropriação em Madureira, o maior erro desse governo. Porque não pensam no metrô para esse projeto? Acredito que o dinheiro gasto em desapropriações seria muito melhor aproveitado em obras realizadas para a segurança e conforto do transporte para a população e, nesse caso, não estão pensando na população e sim, tão somente, no próprio umbigo.

wolverine disse...

Prezados Senhores
Se é que posso me dirigir a voces assim, de prezados não tem nada.
Porquê ao invés de desapropriar locais onde as pessoas pagam impostos altos, dedicaram anos de suas vidas ao trabalho para honrar compromissos tributários, vcs nao desapropriam locais onde as mesmas cotas nao sao pagas? ou melhor nem existem? Não sou preconceituoso, mas devemos admitir, nas favelas nao sao recolhidos impostos, estao em áreas ambientais e nao sao punidos por isso.Porque não usam o dinheiro dessas desapropriações indevidas e com propósito incoerente, (vcs acham que os ônibus irão usar apenas essa via? duvido, é só ir na Avenida Brasil que vemos como eles respeitam a via deles),para desapropriar os morros do Rio? resolveriam vários problemas na cidade como condições subhumanas de moradia, tráfico, desabamentos, etc...Vou além, peguem os terrenos das forças armadas,que na grande maioria só ocupam espaços e não são usados para nada, construam casas decentes para essas famílias das favelas e nos morros façam reflorestamento, e ali sim os túneis que ligarão vários pontos da cidade, usando um meio de transporte menos poluente. Viu! Existem soluções para todos os problemass,inclusive o do planeta, mas, mexer com alguns deles é mais perigoso.
Infelizmente o poder está centralizado nas mãos dessas pessoas, quanto vcs irão ganhar com esta obra absurda? O lucro será o mesmo que o do César Maia com a cidade da música que vc Eduardo Paes tanto criticou? Também não sou a favor deste gasto, pois esse dinheiro poderia ser usado para reformar os hospitais do Rio, as escolas, acho que ainda sobrava um troquinho.Mas caros leitores esse troquinho ia ser muito pouco para nossos ilustres governantes.Se formos relatar todas as indignações...

isabel disse...

Prezados Amigos,

Sou Assessora num escritório de advocacia no centro do Rio, e tenho aqui um vasto material esclarecedor a respeito das desapropriações necessárias a contrução da Transcarioca. Poderia disponibilizá-lo por e-mail a quem estiver interessado. O meu e-mail é: contatosisabel@gmail.com

CALDEIRA ADVOGADOS disse...

Caros Internautas

Sou advogado com escritorio em Madurira em uma as ruas que haverá desapropriação.

Não sou favor dedesapropriações, mas esta pelo jeto serão irreversíveis.

Assim, creio que, para que todos sejam meescarecios, mister se az que procurem um advogado, o qual não irá impedir adesapropriação, mas pelo menos, irá buscr um valor melhor para as indenzações propostas.
Podem, també porcurar a Defensoria Publica e o Ministério Publico.
Mas lembrem-se que irã te uma longa briga judicial, pois a pefitura irá depositar o dinhero em juíz e irá te desejar, e voce irá coninuar brigando.
aconselho, neste caso que o advogado contratado por voces, e for o caso, deve requeur o levanament odo valor parcial, econtinuar pela diferença.
duvidas meu email e caldeira.advogados@gmail.com

PS também vousofrer com as obras

RICARDO CALDEIRA

Adysa disse...

Caros,

Sou super a favor deste projeto.
Moro na Penha e trabalho na Barra. Para chegar com um pouco de conforto pego ônibus na Av Brasil e vou para o Centro da Cidade pegar o 2016, pois é inviável enfrentar a Vila do Joao e a entrada da Linha Amarela às 06:30h da manhã. Conduções super lotadas, que muita das vezes quebram na linha amarela, fora a confusão que fica na hora que o ônibus chega ao ponto. Principalmente os que vão para São Conrado.

Acredito que este projeto beneficiará milhares de pessoas e desafogará o trânsito da Brasil e da Linha amarela, além de trazer mais movimento e comércio para o bairro da Penha.
ALÉM DESTES BENEFÍCIOS ESPERO QUE TAMBÉM TRAGA SEGURANÇA AO BAIRRO.

Rog disse...

Essa obra tem evidente cunho político, imóveis antigos e novos serão demolidos a troco de nada. Para que rodovia expressa? basta organizar e redistribuir melhor as linhas de ônibus já existentes, fazer obras de infra estrutura e fiscalizar tudo isso, será um disperdicio de recursos apenas para atender pedidos dos politicos da área. O prefeitura não vai pagar o justo valor pelos imóveis e espaços desapropriados. Querem ver ? vejam o link abaixo:
http://www.jbevilacqua.org/index.php/2010/01/28/presidente-do-tjrj-luiz-zveiter-se-reune-com-o-prefeito-do-rio-para-tratar-do-projeto-transcarioca/. O prefeito vai ao judiciário pedir o que aos juizes das varas de fazenda pública? Evidente está que nós os desapropriados não teremos vez nas indenizações. O TCM já detectou irregularidades logo de saida no projeto, ou seja, até na licitação. Sei que não podemos impedir esse decreo, mas deveríamos organizar uma comissão e passeatas na área para que as demolições fossem revistas.

wolverine disse...

Sr(a) Adysa
Sua casa será demolida?
Vc será indenizada com valores abaixo do mercado?
Jogará anos de sua vida de trabalho e contribu~ção no lixo?
Então não seje egoísta apoiando tal projeto e ainda por cima ACHANDO que o tal lhe trará segurança, se esse problema atinge todos os bairros do Rio de Janeiro.
Os problemas de transporte podem ser resolvidos de várias outras formas.
A Linha Amarela tb foi contruida para desafogar o transito e como a Sr(a) mesmo informou enfrenta engarrafamento todos os dias, entao, esta obra é a solução?
Metrôs seriam mais bem vindos e causariam menos transtornos e prejuizos que esta via louca.

sandro disse...

SEGUE O SITE COM PROJETO COMPLETO http://www.slideshare.net/crealty/t5macrofuno

ESPERO TER AJUDADO.

SANDRO

Rog disse...

Ora, como vcs sabem, esse projeto da transcarioca tem cunhos eminentemente políticos. Na verdade, não há nenhuma necessidade desse corredor faraonico, basta resolver os estrangulamentos do transito em alguns pontos críticos( tais como, viadutos, alargamentos, mergulhões) e fim de papo.
É público e notório, que o prefeito vem sofrendo pressões de políticos com curral eleitoral localizado nas áreas do corredor a favor do projeto. Mas veja bem, são muitas desapropriações envolvidas, algumas com moradores há mais de 40 anos e, por consequencia, seria um desastre de natureza social. Além disso, como foi registrado pelo site do TJ, logo no inicio dessa odisséia, o prefeito visitou o TJ do Rio e conversou com o juizes de Varas de Fazenda Pública, o que um Prefeito tem a tratar com esses juizes sobre desapropriaçãoes ? boa coisa não é…

Sabem, acho que as pessoas tem razão quando comparam essa obra desnecessária ao projeto da Cidade da Música de Cesar Maia, com um AGRAVANTE: a Cidade da Música, por enquanto, não prejudicou a moradia de ninguem, mas esse projeto do corredor, vai deixar sem teto muitos moradores, que correm o risco de engrossar a população de Rua e das favelas no entorno, porque segundo consta, a maioria desses imóveis que estão na lista das desapropriações nem legalizados no RGI estão e com certeza, como o próprio Prefeito já sabe, a administração pública está legalmente IMPEDIDA DE FAZER INDENIZAÇÕES, logo as famílias terão seus imóveis demolidos e não receberão recursos para novas moradias.

Será que o Sr. Prefeito quer para sí o ônus de tamanha malvadeza, a troco de atender uma meia dúzia de políticos que correm o risco de não serem reeleitos quando a verdade dessas desapropriações vier à tona.

Outra coisa para finalizar: O que um turista que saí do Galeão num jato ultra moderno com destino a Barra da Tijuca, tem a fazer para circular por áreas como o Morro do Alemão, morro da fé, morro do juramento e outras tantas comunidades que dificilmente serão pacificadas ? Turismo aventureiro ? não acredito…

Messias disse...

A transcarioca será um grande sucesso,e a verba do goerno federal já chegaram, falta o senhor prfeito do rio de janeiro providência a licitação, para que todo esse processo que envolve a copa do mundo e olimpíada tenha um final feliz. saudações ao nosso Prefeito-RJ. Messias 176.

Pastor Getsemane online disse...

Se o Senhor disser não, é mais facil o prefeito ser deposto do cargo, do que demolir as casas.

"do coração do homem vem os planos mas a resposta certa vem do Senhor"

Rog disse...

Isso Pastor... Então, desde já façamos coro com a voz do Senhor, VAMOS DIZER NÃO !!!

ELSON CARDOSO disse...

PARABÉNS PREFEITO E A PREFEITURA DO RIO.SABER QUE O NOSSO IMPOSTO ESTÁ SENDO BEM UTILIZADO É PRAZEROSO, MELHOR DO QUE ROLAR A ERMO COMO ERA ANTES.
FAVOR NÃO ESQUECEREM DA SAÚDE E SANEAMENTO EM JACAREPAGUÁ.
ACHO QUE ESSE PREFEITO TÁ COM CARA DE FUTURO GOVERNADOR. O CAMINHO É ESSE ATENDA A POPULAÇÃO E NÃO SE IMPORTE COM OS QUE CLAMAM PELO OSTRACISMO.
PARABÉNS PREFEITO E PREFEITURA.

Rog disse...

CALDEIRA ADVOGADOS disse...
Caros Internautas

Sou advogado com escritorio em Madurira em uma as ruas que haverá desapropriação

Dr. CALDEIRA

Por favor, divulge o seu email, existem assuntos que precisam de orientação jurídica. Aguardamos.

gongonjj2 disse...

senhores, nos poupe destes desperdicios de dinheiro publico,o povo esta cançado destas maracutaias puramente pulitica e intereçeira de um grupinho de de policos e nao esta nem ai para as prioridades deste pais que se afunda com passos largos para o descaso e abandono das verdadeiras prioridades que o povo tanto almeja,graças a voçes grupinhos de muito intereçados nos seus proprios intereçes. sabe qual e a real . porque voçes nao pega esta verba, desta suposta trans intereçe pessoal de auguns,e esta super verba chamada copa do mundo que vai durar auguns dias(que nao e poucos bilhoes) e socorre o povo que esta morendo nas filas de hospitais falidos,analfabetos nas politicas de educaçoes subdesenvolvidas e fracaçadas,e nos desmoronamentos e catastrofes naturais que tem com sertesa o apoio e descaso desta politica e politicos vergonhosos, como 90% dos senhores supostos protetores deste nosso pais. amigos prestem atençao,o povo esta morrendo ,analfabeto,ignorante doente, e desacreditado com esta instituiçao que esta afundando o brasil cada vez mais,chamada politica dos intereçes pessoais.ou seja politica,e seus politicos covardes ,desumanos.

Rog disse...

Tinha ido embora, mas depois dessa calamidade nas regiões serranas, resolvi voltar para fazer alguns comentários que julgo oportunos:

1 – O Rio de Janeiro é uma unidade da federação e como tal o Governador tem responsabilidades sobre todas as áreas, afinal de onde vieram os votos para a sua releição ?

2- É justo ficarmos pessando em obras faraônicas para copa do mundo e olimpiadas quando nossos irmãos estão morrendo nas serras ? Se a fome e o desespero das pessoas fala mais alto, é justo o Governador manter as tropas da PM e do exercito nos morros do alemão e outras UPPS, quando nossos irmãos estão morrendo por falta de auxilio ?

3 – E o Prefeito do RJ, porque está com o rabo entre as pernas e não destina parte da fabulosa verba que recebeu do BNDS para construção de estradas e obras que nem tiveram apoio popular e nem são necessárias. A prioridade agora é a reconstrução de vidas e cidades que também fazem parte de RJ e não festas que durarão apenas alguns dias.

4- Vcs entenderam agora porque não confio nos políticos, nem acredito em iniciativas humanitárias de homens públicos ? porque eles são egoistas, só pensam nos votos e no próprio bolso.

5- Finalmente, quem está ajudando a população das serras ? R - é a solidariedade do povo brasileiro, que apesar de acharcado com carnes de IPTU e IPVA, vencendo justamente nesta época das calamidades, ainda encontra desprendimento para fazer doações em massa, sabe lá com que sacrificio.

Alguém viu um politico na fila do Hemo Rio doando sangue ? alguem viu um político levando água para a população das serras, alguem viu um político emprestando seus helicopteros para levar mantimentos ao povo isolado, por favor, me aponte apenas um… Essa raça não é humana, podem crer !

Rog disse...

Leiam no Extra de 16/01 a dura realidade

Transcarioca, Transoeste e Transolímpica “derrubam” sonhos de moradores
...construção das vias expressas Transolímpica, Transoeste e Transcarioca. As vias, previstas no caderno de encargos das Olimpíadas...Quáxima, em Madureira, um dos bairros por onde passará a Transcarioca. Na vila onde reside, há cerca de 27 casas. Os moradores...

Extra 16/01/2010

Rog disse...

AGORA A NOTÍCIA COMPLETA
EXTRA 16/01/2010

Transcarioca, Transoeste e Transolímpica “derrubam” sonhos de moradores
Maria de Souza, moradora mais velha da Quáxima, se emociona ao saber que sua casa será removida para a construção da Transcarioca / Crédito: Bruno Gonzalez
Cíntia Cruz Tamanho do texto A A A Saudades e boas recordações é tudo o que vai ficar na memória dos moradores removidos de suas comunidades para a construção das vias expressas Transolímpica, Transoeste e Transcarioca. As vias, previstas no caderno de encargos das Olimpíadas de 2016, vão passar por lugares que hoje têm casas, moradores e muitas histórias.

Ao longo dos anos, essas pessoas construíram sonhos e expandiram suas casas. A vendedora Luciene Santos, de 41 anos, mora na comunidade Quáxima, em Madureira, um dos bairros por onde passará a Transcarioca. Na vila onde reside, há cerca de 27 casas. Os moradores afirmam já terem recebido a visita de engenheiros da prefeitura.

— Meu maior medo é a Prefeitura vir e levar a gente para longe — disse Luciene.


Vou sair com muita paixão
Maria de Souza
Só de imaginar que terá que sair da casa onde vive há 50 anos, a moradora mais antiga da vila, Maria de Souza, de 77 anos, não esconde a emoção ao falar do assunto.

— Vou sair com muita paixão — disse.

Waldomiro de Oliveira veio de Minas Gerais para a Vila Recreio 2 aos oito anos / Crédito: Bruno Gonzalez
A comunidade Vila Recreio 2, que será removida para a construção da Transoeste, abriga moradores que migraram de outros estados e construíram suas vidas lá.

É o caso do aposentado Waldomiro de Oliveira, de 84 anos. Ele veio de Minas Gerais para o Rio com apenas 8 anos de idade. Há 34, vive na comunidade. Waldomiro conta como era o bairro quando ele chegou.

— Isso aqui era tudo roça. Na época, a prefeitura me autorizou a entrar. Derrubaram a casa de outras pessoas que estavam construindo, mas a minha não derrubaram — orgulha-se.

Há mais de 20 anos, Maria do Socorro mora na Vila Azaleia, em Curicica. A Transolímpica vai passar pela comunidade. Ela garante que viveu bons momentos no bairro.

— Aqui criei meus filhos, meu neto, enfim, vivi uma vida tranquila. Somos todos moradores antigos e muito unidos.

A defensora Adriana Britto do Núcleo de Terra e Habitação da Defensoria Pública orienta os moradores / Crédito: Bruno Gonzalez
Para orientar os moradores sobre seus direitos, o Núcleo de Terra e Habitação da Defensoria Pública busca informações sobre os projetos e intervenções na comunidade junto ao poder público. A defensora Adriana Britto explica que a participação dos moradores numa decisão como essa é essencial.

— Quando há uma obra desse porte, a comunidade tem que saber o que vai acontecer, qual é a importância da obra. Eles têm o direito à moradia e à segurança da posse. Eles não têm o documento de escritura, mas têm o tempo que assegura isso.

A Subprefeitura da Barra e Jacarepaguá informou que o processo de reassentamento dos moradores da comunidade da Restinga, Vila Harmonia, Vila Recreio 1 e Vila Recreio 2 está sendo coordenado, e cada caso está sendo analisado individualmente. Segundo o órgão, a prefeitura está oferecendo para esses moradores empreendimentos do Programa Minha Casa Minha Vida.

irveg disse...

Mais um absurdo. Tal qual a Linha vermelha e Linha Amarela, é mais uma via que irá desembocar em um gargalo. Tal como a Ponte Rio Niteroi que desemboca numa via estreita, com uma única pista, igualmente as linhas já mencionadas, elas também desembocam numa via estreita e saturada. porque não se constroi um Metro decente, no subsolo, como os paises desenvolvidos fazem. Embaido dessas avenidas, acedito, poderia escava um corredos para se construir o Metro ou uma via subterrânea, impedindo a desapropriação de muitas casas, somente verificando onde determinadas saídas iriam emergir. Acho que é a solução ideal. Vejam o transito e as rodovias de Boston/EUA, e mirem-se no exemplo deles.

Joseti disse...

joseth bueno...

QUERO MAPA ,, DETALKANDO RUAS DA NOVA VIA....
31/03/11

braga disse...

braga
Os politicos menores que assombram a vila da penha e adjascencias estao atrapanhando o andamento das obras em madureira no caso do parque tudo foi feito rapido e sem interferencia pois este tipo de politico graças a deus nao habitam aqui.

Rogerio Figueiredo disse...

Braga, Deus te peroe por essa heresia. Vc diz essas coisas porque tua família não mora nos imóveis que estão na rota da transcarioca. Está ocorrendo uma barbaridade, familias inteiras estão ao relento,a troco de quê ?vc já viu alguma coisa dar certo em madureira, vaz lobo, vicente de carvalho, penha ... sabe o preço da passagem desse ônibuas ? parab teu governo, será R$ 6,00, quem vai pagar ?

elen disse...

ELEN CRISTINA MEDEIROS.AUX. ADMINISTRATIVO.
EU E MINHA FAMÍLIA SOMOS MORADORES DA VILA DA PENHA A MUITO TEMPO, EU NÃO TENHO PALAVRAS PARA EXPRESSAR MINHA INDICNAÇÃO CONTRA ESSA OBRA E ESSE GASTOS. VILA DA PENHA É UM LUGAR DE FAMÍLIAS E AMIGOS UM LOCAL EM QUE TODOS OS FINAIS DE SEMANA AS RUAS E PRAÇAS ESTÃO CHEIAS, COM ESSA OBRA PELO OQUE EU VI NO PROJETO, FICARÁ HORIVEL, SEM CONTAR O GASTO DISNECESSÁRIO, QUANDO HOSPITAIS DEVERIAM SER MELHORADOS, SÁLARIOS MELHORES PARA PROFESSORES DEVERIAM SER PAGOS, É UMA VERGONHA MOSTRAR GRANDES OBRAS PARA OLIMPIADAS QUANDO O BRASIL SOFRE MISERIA, DESEMPREGO, ESTUDO, CURSOS PROFISSIONALIZANDES. EU TENHO VERGONHA DOS POLITICO ....

Rogerio Figueiredo disse...

Elen, talvez exista um jeito de minimizar essas desapropriaçãoes, principalmente porque tomei conhecimento de que o dinheiro destinado às indenizações está quase no fim, o que significa que daqui para frente as ofertas serão verdadeiras esmolas. É o seguinte:
Os moradores deveriam se unir e fazer uma petição com abaixo assinado para os políticos da área, principalmente os vereadores de forma a EXIGIR UMA REVISÃO NO TRAÇADO DA VIA PARA EVITAR DESAPROPRIAÇÕES DESNECESSÁRIAS, porque tenho visto que isso é possível, uma vez que existem erros GROSSEIROS tanto no levantamento aéreo como na marcação que foi feita nas ruas pelo topografo. O prefeito deverá ser comunicado desses erros ( se é que não sabe) e lembrar sobretudo que ano que vem é ano eleitoral e uma guerra com moradores dos bairros envolvidos não seria benéfico para as suas candidaturas. Com certeza o povo vai dar o troco. Por favor, escrevam no forum.

Carla Santo disse...

Tem muita gente falando bobagem aqui. Não sabem nem que será pista exclusiva, como se fosse um metrô de superfície. Em uma pista exclusiva não há como alguém invadir como fazem na seletiva da Av.Brasil, nem como o ônibus sair dela por qualquer motivo. Ele é fechada, como disse exclusiva. O veículo será grande, acredito que articulado, e terá grande importância na condução de turistas desembarcando no Aeroporto Internacional (Ilha do Governador) até a Barra da Tijuca em meio a Olimpíada. É possível fazer um metrô subterrâneo ligando Ilha do Governador até Barra da Tijuca em tempo hábil para as Olimpíadas? Não teriam que fazer desapropriações do mesmo jeito? Lamento profundamente pelas pessoas que sofrerão com essa obra, mas a Transcarioca tem o meu apoio.