quarta-feira, 28 de fevereiro de 2007

Tempo do brasileiro na internet aumenta em mais de 3 horas em um ano


O tempo de navegação dos internautas brasileiros aumentou 18,5% no primeiro mês de 2007 em comparação a janeiro de 2006. Os usuários ativos de internet no país passaram 3 horas e 20 minutos a mais na web em relação ao começo do ano passado, anunciou nesta terça-feira o Ibope/NetRatings, que mede o mercado brasileiro de internet.Folha Imagem

Tempo de navegação do brasileiro na internet aumentou 3h20 de janeiro de 2006 a 2007

O internauta brasileiro passa, em média, 21 horas 20 minutos navegando na internet por mês. São consideradas usuários ativos as pessoas que acessam a rede ao menos uma vez por mês de casa. O recorde de tempo de navegação é de dezembro de 2006, quando o internauta brasileiro passou 21 horas e 39 minutos na média do mês.

A França, com tempo médio por internauta residencial de 20 horas e 55 minutos, os Estados Unidos, com 19 horas e 30 minutos, Alemanha, com 18 horas e 56 minutos, o Japão, com 18 horas e 31 minutos e o Reino Unido, com 18 horas e 29 minutos, foram os países que mais se aproximaram do Brasil, entre os dez medidos com a mesma metodologia.

O número total de pessoas com acesso residencial à internet no país permaneceu em 22,1 milhões de brasileiros, 10,7% maior que o mesmo período de 2006.

Fonte: Folha Online

Novo horário de funcionamento do Bondinho do Pão de Açúcar


Depois de registrar um aumento no fluxo de turistas, a Companhia Caminho Aéreo Pão de Açúcar anunciou novo horário de funcionamento, por tempo indeterminado, do ponto turístico a partir desta quarta-feira.

A abertura da bilheteria será a partir das 8h e o encerramento às 19h50. O Parque será fechado uma hora mais cedo do que o horário atual, ou seja, às 21h. A primeira viagem da Praia Vermelha para o Morro da Urca será às 8h10 e do Morro da Urca para o Pão de Açúcar, às 8h25.

Inauguração da Estação de Metrô do Cantagalo


O Secretário de Transportes da Cidade do Rio, Arolde de Oliveira, participou ao lado do Governador Sergio Cabral e do Secretário Estadual de Transportes Júlio Lopes da inauguração efetiva da estação do metrô Cantagalo, a terceira de Copacabana, aberta pela Governadora Rosinha Garotinho dia 18 de dezembro passado.
O vice-governador do Rio Luis Fernando Pezão, e a diretora Comercial e Marketing do Metrô Regina Amélia também participaram da viagem inaugural, de um minuto e 15 segundos. Representando a comunidade, a presidente da Câmara Comunitária de Copacabana, Ema Fonseca.
O trecho Siqueira Campos-Cantagalo, de 1,2 quilômetros, custou 320 milhões, financiados pelo BNDES.
A estimativa da Rio Trilhos, responsável pela obra de expansão do metrô, é que esta estação acrescente 25 mil passageiros ao sistema.
Até sexta-feira, os passageiros que embarcarem na estação viajarão gratuitamente.

Thereza Christina Jorge/ InformativoRio

terça-feira, 27 de fevereiro de 2007

Aumento do nível do mar afetará mais Rio de Janeiro e Ilha do Marajó


Brasília - O Ministério do Meio Ambiente divulgou hoje (27) oito pesquisas sobre mudanças climáticas e seus efeitos sobre a biodiversidade brasileira. Realizada pelo cientista José Marengo, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), um dos estudos mostra que Amazônia e Pantanal são as regiões mais vulneráveis do país à mudança de clima. O Semi-Árido é a região onde a população estará mais sensível às mudanças climáticas.

Em relação ao nível do mar, o estudo observou uma tendência de aumento do nível do mar da ordem de 40 centímetros por século ou quatro milímetros por ano. As conseqüências desse possível aumento poderão, segundo o estudo, atingir as cidades litorâneas e 25% da população brasileira, ou seja, 42 milhões de pessoas que vivem na zona costeira, sendo que a cidade do Rio de Janeiro é uma das mais vulneráveis, juntamente com a Ilha do Marajó.

Em relação à temperatura, a pesquisa diz que o aumento da temperatura média no ar pode chegar até 4 graus acima da média em 2100, sendo que na Amazônia a temperatura pode subir até 8 graus. O estudo fala ainda da probabilidade de maior redução de chuvas na Amazônia e no Nordeste.

Os outros oito estudos mostram respectivamente dos efeitos da elevação do nível do mar nas bacias de Santos e São Vicente, em São Paulo; os efeitos das mudanças climáticas na Ilha dos Marinheiros, situada na Laguna dos Patos, no Rio Grande do Sul; um diagnóstico sobre as alterações do nível das águas em ecossistemas do Rio Grande do Sul por meio da análise da vegetação e de pequenos invertebrados.

També foi incluído no levantamento um estudo sobre a diversidade e abundância de peixes e sua sensibilidade às mudanças climáticas, uma pesquisa sobre proteínas que permitem maior tolerância térmica em animais, um mapeamento da mudanças que poderão ocorrer no Pantanal com as mudanças climáticas e um diagnóstico sobre a reação dos recifes das costa brasileira às essas mesmas mudanças.

O Ministério do Meio Ambiente afirma que o governo brasileiro já adota uma série de providências para enfrentar o problema do aquecimento de outras mudanças climáticas.

O secretário de Biodiversidade e Florestas, João Paulo Capobianco, destacou em coletiva à imprensa que o uso de energias limpas, como o biodiesel, e o incentivos ao uso de fontes alternativas de energia elétrica são alguns programas que demonstram a preocupação do país com os resultados dos estudos.

Outras medidas que o governo brasileiro também vem adotando são a queda nas emissões e a redução em mais de 50% do desmatamento da Amazônia nos dois últimos anos, que teria evitado a emissão de cerca de 430 milhões de toneladas de gás carbônico. A criação de novas unidades de conservação federal, que já superam 50 milhões de hectares, também foi uma das medidas destacadas por Capobianco.

Fonte: Últimas Notícias

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2007

O Nosso Estado



O Rio de Janeiro é uma das 27 unidades federativas do Brasil. Está situado na parte leste da região Sudeste e tem como limites os estados de Minas Gerais (N e NO), Espírito Santo (NE) e São Paulo (SO), como também o Oceano Atlântico (L e S). Ocupa uma área de 43.653 km², sendo pouco maior que a Dinamarca. Sua capital é o município do Rio de Janeiro. Os naturais do estado do Rio de Janeiro são chamados de fluminenses (do latim flūmen, literalmente "rio").

Os municípios mais populosos são: Rio de Janeiro, São Gonçalo, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Belford Roxo, Niterói, São João de Meriti, Campos dos Goytacazes, Petrópolis, Volta Redonda, Magé, Itaboraí, Mesquita, Nova Friburgo, Barra Mansa e Cabo Frio. O Estado é formado por duas regiões morfologicamente distintas: a baixada e o planalto, que se estendem, como faixas paralelas, do litoral para o interior. Paraíba do Sul, Macaé, Guandu, Piraí e Muriaé são os rios principais. O clima é tropical.

Geografia

O Rio faz parte do bioma da Mata Atlântica brasileira, tendo em seu relevo montanhas e baixadas localizadas entre a Serra da Mantiqueira e Oceano Atlântico, destacando-se pelas paisagens diversificadas, com escarpas elevadas à beira-mar, restingas, baías, lagunas e florestas tropicais. Fazendo divisa com os estados de Espírito Santo, São Paulo e Minas Gerais, o Rio de Janeiro é um dos menores estados do país e o menor da região Sudeste.

Possui uma costa com 635 quilômetros de extensão, banhados pelo Oceano Atlântico, sendo superada em tamanho apenas pelas costas da Bahia e Maranhão.

Solos

De um modo geral, os solos fluminenses são relativamente pobres. Os solos mais propícios à utilização agrícola encontram-se em Campos dos Goytacazes, Cantagalo, Cordeiro e em alguns municípios do vale do rio Paraíba do Sul.

Relevo

Existem no estado duas unidades de relevo: a Baixada Fluminense, que corresponde às terras situadas em geral abaixo de 200m de altitude, e o Planalto ou Serra Fluminense, acima de 200 metros.

A Baixada Fluminense acompanha todo o litoral e ocupa cerca de metade da superfície do Estado. Apresenta largura variável, bastante estreita entre as baías da Ilha Grande e de Sepetiba, alargando-se progressivamente no sentido leste, até o rio Macacu. Nesse trecho, no município da capital, erguem-se os maciços da Tijuca e da Pedra Branca, que atingem altitudes um pouco superiores a 1.000 metros. Da baía da Guanabara até Cabo Frio, a baixada volta a estreitar-se uma sucessão de pequenas elevações, de 200 a 500 metros de altura, os chamados maciços litorâneos fluminenses. A partir de Cabo Frio, alarga-se novamente, alcançando suas extensões máximas no delta do rio Paraíba do Sul.

O Planalto ou Serra Fluminense ocupa o interior do Estado, por isso está localizado entre a Baixada Fluminense, ao sul e o vale do rio Paraíba do Sul. A elevação da Serra do Mar, ao norte da baixada, forma o seu rebordo. A Serra do Mar recebe diversas denominações locais: serra dos Órgãos, com o Pico Maior de Friburgo (2.316 metros), a Pedra do Sino (2.263 metros) e Pedra-Açu (2.232 metros), das Araras, da Estrela e do Rio Preto. A serra da Mantiqueira cobre o noroeste do Estado, ao norte do vale do rio Paraíba do Sul, onde é paralela à Serra do Mar. O ponto mais alto do Rio de Janeiro, pico das Agulhas Negras (2.787 metros) localiza-se no maciço de Itatiaia, que se ergue da serra da Mantiqueira. Para o interior, o planalto vai diminuindo de altitude, até chegar ao vale do rio Paraíba do Sul, onde a média cai para 250 metros. A nordeste, observa-se uma série de morros e colinas de baixas altitudes.



Clima

Vista panorâmica da zona sul da Cidade do Rio de Janeiro.O estado possui um clima muito variado e com verões quentes a cada ano que passa. Na Baixada Fluminense, , domina o clima tropical semi-úmido, com chuvas abundantes no verão e invernos secos. A temperatura média anual é de 23ºC e o índice pluviométrico chega a 1.500 milímetros anuais. Nos pontos mais elevados da região serrana, limite entre a Baixada Fluminense e a Serra Fluminense, observa-se o clima tropical de altitude, mas com verões quentes e chuvosos e invernos frios e secos. A temperatura média anual é de 16ºC. Na maior parte da Serra Fluminense, o clima também é tropical de altitude, mas com verões variando entre quentes e amenos e na maioria das vezes, chuvosos, e invernos frios e secos.

A menor temperatura já registrada no estado foi na Serra da Mantiqueira, onde caiu forte nevasca e a temperatura chegou a -11,3ºC (oficialmente) e não oficialmente a -15,0ºC. A média histórica dos invernos na Serra da Mantiqueira fica próxima a de La Paz: 6.3ºC, sendo a média de mínimas 0ºC e média de máximas 14ºC. É um dos lugares mais frios do Brasil, não sendo a cidade mais fria por não haver população (é um parque nacional) que se localiza a mais de 2.500 metros de altitude.

Vegetação

Devido à ocupação agropastoril, o desmatamento modificou sensivelmente a vegetação original do Estado. Atualmente, as florestas ocupam um décimo do território fluminense, concentrando-se principalmente nas partes mais altas das serras. Há grandes extensões de campos produzidos pela destruição, próprios para a pecuária, e, no litoral e no fundo das baías, registra-se a presença de manguezais (conjunto de árvores chamadas mangues, que crescem em terrenos lamacentos).

Hidrografia

O rio Paraíba do Sul é o principal rio do Estado. Nasce em São Paulo e desemboca no oceano Atlântico — como a maior parte dos rios fluminenses —, na altura de São João da Barra. Seus principais afluentes, no Estado, são o Paraibuna, Pomba e o Muriaé, pela margem esquerda, o Piabinha e o Piraí pela margem direita. Além do Paraíba do Sul, destacam-se. de norte para sul, os rios Itabapoana, que marca fronteira com o Espírito Santo, o Macabu, que deságua na lagoa Feia, o Macaé, o São João, o Majé e o Guandu.

O litoral fluminense é pontilhado por numerosas lagoas, antigas baías fechadas por cordões de areia. As mais importantes são as lagoas Feia, a maior do Estado, Araruama, Saquarema, Maricá, Marapendi, Jacarepaguá e Rodrigo de Freitas, as três últimas no município do Rio de Janeiro.



Etnias

A população do Rio de Janeiro tem suas origens sobretudo em dois povos: os portugueses e os africanos. Até meados do século XIX, a maioria da população fluminense era composta por negros, chegando a ter a maior concentração de escravos desde o fim do Império Romano. Porém, o número de imigrantes portugueses desembarcados na cidade do Rio passou a crescer repentinamente naquele século, o que fez com que praticamente se igualasse o número de pessoas de origem africana e as de origem portuguesa. Somando-se aos indígenas, outros povos também contribuíram para a formação da população do estado.

Cor/Raça Porcentagem
Brancos 57%
Negros 10%
Pardos 31%


Os primeiros imigrantes não-portugueses a chegar na região foram os suíços, em 1818, fundando na região das serras a cidade de Nova Friburgo. Pouco mais tarde, começariam a chegar os alemães, que também rumaram para as serras, principalmente para a região de Petrópolis. Italianos e espanhóis chegariam mais tarde, contribuindo também para a diversidade étnica do Rio de Janeiro. Finlandeses instalaram-se também em Penedo, distrito da cidade de Itatiaia, no Sul Fluminense, onde mantém uma colônia até os dias atuais.


Economia

Grande parte da economia fluminense se baseia na prestação de serviços, tendo ainda uma parte significativa de indústria e pouca influência da agropecuária.

62,1% em representação do seu PIB representam a prestacao de serviços em áreas como telecomunicações, audiovisual, tecnologia da informação - TI, turismo, turismo de negócios, ecoturismo seguros e comércio.

Em seguida, com 37,5% do PIB vem a indústria - Metalúrgica, siderúrgica, gás-química, petroquímica, naval, automobilistica, audiovisual, cimenteira, alimentícia, mecânica, editorial, gráfica, de papel e celulose, de extração mineral, extração e refino de petróleo.

E finalmente, com 0,4% do PIB, a agropecuária, sendo assim pequena a expressão na produção econômica estadual.

O estado do Rio de Janeiro é a segunda maior economia do Brasil, perdendo apenas para São Paulo , e a quarta da América do Sul, tendo um Produto Interno Bruto superior ao do Chile, com uma participação no PIB nacional de 15,8% (2005 – Fundação CIDE e IBGE) e com a segunda renda per capita brasileira, perdendo apenas para o Distrito Federal.



Cultura e Educação

O Estado do Rio de Janeiro, possui o segundo maior nível de educação no Brasil, também atrás de São Paulo. Apesar da precariedade, os estudos mostram que a nível nacional, escolas públicas fluminenses possuíram bons índices de aproveitamento no ultimo censo.

O Estado possui o maior número de Universidades Federais do Brasil, são elas: Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ (maior universidade federal do país), Universidade Federal Fluminense - UFF, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - UFRRJ. As demais, Universidade Estadual do Rio de Janeiro - UERJ, Universidade Estadual do Norte Fluminense - UENF e Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UniRio possuem também grande destaque.

A força cultural do estado está espelhada principalmente na capital, a cidade do Rio de Janeiro, que pode ser considerado a "capital" cultural do Brasil. O município de Niterói, nos últimos anos começou uma grande revolução nesse setor. Houve a inauguração do Museu de Arte Contemporânea da Cidade (Obra de Oscar Niemeyer) e em breve a inauguração do Caminho Niemeyer, projeto do mesmo arquiteto do MAC, que contará com teatro, cinemas, museu, igrejas e um centro de memória.

A cidade do Rio de Janeiro ainda é responsável por quase 70% da produção audiovisual do país. Possuindo também cerca de 180 salas de cinema, maior proporção do país entre as capitais, maior proporção também de museus, são 80 no total e 43 Teatros.

Entre os principais museus do estado do país estão o Museu Nacional de Belas Artes (MNBA); Museu Histórico Nacional; Museu Histórico da República; Museu Chácara do Céu; Museu de Arte Moderna (MAM); Palácio Imperial da Quinta da Boa Vista; Museu de Arte Contemporânea (MAC); Forte de Copacabana - Museu Histórico do Exército.



Fonte: Wikipedia

Fórum de Ciência e Tecnologia vai discutir o biocombustível




Além de criar um canal de interlocução entre os agentes de desenvolvimento regional, o IV Fórum de Ciência e Tecnologia irá proporcionar uma visão de mercado, num momento em que se discute a questão do biocombustível. O evento, que acontece na próxima quarta-feira (dia 28), a partir das 18h30, no auditório do Sesi, é uma realização da secretaria de Ciência e Tecnologia de Macaé e do Instituto Macaé de Metrologia e Tecnologia (IMMT).


O IV Fórum conta com o apoio da Petrobras e do Sebrae. "É um momento especial para compartilhar experiências que propiciem avanços tecnológicos e científicos que contribua para o desenvolvimento do Norte Fluminense", explica o secretário de Ciência e Tecnologia de Macaé, Guilherme Jordan.

A expectativa, segundo Jordan, é que 200 pessoas da região participem do Fórum. Instituições e empresas como a Emater, Fenorte, Pesagro, Lenep, Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) e Embrapa estarão presentes ao evento. Em sua quarta edição, o Fórum cumpre um papel importante no desenvolvimento tecnológico, frisa. “Os Fóruns fazem parte de uma das ações do Arranjo Produtivo Local (APL)”, explica o secretário.

A diretora do IMMT, Júlia Paletta lembra que o Fórum é um momento importante para o empresariado, onde terão a oportunidade de entender como vai funcionar o segmento do biocombustível . Ela acredita nos debates como uma forma de promover novas idéias. “É um choque de idéias onde estaremos municiando o empresariado com informações”, avalia.

Entre os palestrantes está o ex-presidente da Eletrobrás, Luiz Pinguelli Rosa que segundo a diretora do IMMT, dará uma visão macro do mercado energético. A segunda palestra da noite será proferida por Carlos Leandro da Silva Junior, oceanógrafo e consultor da Petrobras e Pemex (estatal mexicana de petróleo) que enfocará não só a questão do biocombustível para o Norte Fluminense, como as vocações da região, sua demanda e forma de organização da mão-de-obra.

Os organizadores do evento pedem a confirmação da presença através do telefone: 2791-3871.


Programação

18h30 – Abertura

19h30 – Palestra “Energia no Brasil”
Luiz Pinguelli Rosa –ex-presidente da Eletrobrás

20h15 – Palestra Geonegócio: Cultivo de Oleaginosas no Norte Fluminense par a Geração de Biodiesel”
Carlos Leandro da Silva Júnior – oceanógrafo e consultor da Petrobras e Pemex (estatal mexicana de petróleo).

21h – Coquetel de encerramento


Reportagem Ludmila Azevedo - Foto - Claudia Barreto - www.macae.rj.gov.br

Força ocupará o Centro


Soldados da Força Nacional de Segurança (FNS) começam uma nova operação de repressão ao tráfico de drogas no Rio. Sob o comando do coronel Aurélio Ferreira, as tropas que há duas semanas passaram pelo Complexo do Alemão agora devem atuar no Centro da cidade e Jacarepaguá, região das favelas da Providência e Cidade de Deus, dominadas pelo Comando Vermelho. Fontes da Secretaria de Segurança afirmam que é da Providência que são planejadas as invasões à Rocinha.

Fonte: Agência JB
RIO DE JANEIRO - O corpo de Bombeiros já confirma a morte de duas pessoas em decorrência da marquise que caiu do Hotel Canadá, na Avenida Nossa Senhora de Copacabana.

Outras oito pessoas feridas já foram levadas para o Hospital Miguel Couto.

Bombeiros de Copacabana, Gávea e Humaitá estão no local.

A porta do hotel está bloqueada e os bombeiros precisam usar uma escada para retirar hóspedes pela janela.

O trânsito foi interrompido na Avenida Nossa Senhora De Copacabana. O engarrafamento nas vias do entorno já chegam a dois quilômetros e meio.

A Companhia de Engenharia e Tráfego (CET-Rio) informa que o trânsito da Avenida Nossa Senhora de Copacabana está sendo desviado pela Rua Constante Ramos. Trinta e três agentes da Guarda Municipal trabalham no controle do trânsito no local. A CET-Rio pede aos motoristas que evitem passar pela Avenida Nossa Senhora de Copacabana que, no momento, também está com o trânsito completamente engarrafado.

Fonte: Agência JB - www.jbonline.terra.com.br

Fiscalização eletrônica reduz acidentes na Barra da Tijuca

Hoje entrou em operação os primeiros conjuntos de fiscalização eletrônica de avanço de sinal e parada sobre a faixa de pedestres em quatro cruzamentos na Avenida das Américas, na Barra da Tijuca e no Recreio. Esta fiscalização tem como objetivos reduzir os casos de desrespeito aos semáforos e ajudar a evitar a incidência de acidentes graves, principalmente atropelamentos. Nos próximos quatro meses outros conjuntos estarão funcionando em 100 cruzamentos da cidade.

Os equipamentos são dotados de tecnologia de última geração e permitem a detecção das infrações por meio de fotografias digitais, além de filmar os eventos ocorridos nos cruzamentos. Isto também facilitará os julgamento de recursos interpostos para anular infrações de trânsito e estabelecerá efeito inibidor da presença assaltantes nesses locais.

Fonte: Prefeitura do Rio de Janeiro - www.rio.rj.gov.br

Flamengo e Madureira na final da Taça Guanabara



O Flamengo ganhou ontem do Vasco nos pênaltis (3 x 1), o jogo terminou em 1 x 1 no tempo normal, com gols de Obina para o Flamengo e Marcelinho para o Vasco. O público não compareceu em massa, apenas 23.791 pagantes foram ao Maracanã ontem, o preço alto dos ingressos R$ 40,00 afastou os torcedores do estádio.
Já o Madureira ganhou de virada o América no sábado, 2 x 1 com gols de Leandro Chaves para o América, Marcelo e Odvan para o Madureira.
A primeira partida da final da Taça GB entre Flamengo e Madureira será no dia 4 de março, no próximo domingo, enquanto o segundo jogo acontecerá na quarta-feira seguinte, dia 7. O campeão da Taça Guanabara vai assegurar lugar na grande final do Campeonato Carioca.





Leandro Sauerbronn - InformativoRio

Turistas aprovam desfiles e serviços públicos no Carnaval



Turistas do Brasil e do exterior aprovaram os desfiles das escolas de samba e os serviços públicos durante o Carnaval deste ano no Rio. Pesquisa realizada pela Riotur junto a 16.603 pessoas revela, entre outras impressões, que o transporte público é o item com melhor avaliação, obtendo nota média de 8,1 entre os estrangeiros e 7,7 com os brasileiros de outras cidades. Para 56,7% dos estrangeiros a visita ao Rio superou as expectativas.

O serviço de informação ao turista foi outro item destacado, com notas 8 e 7,4, respectivamente, entre visitantes do exterior e do Brasil. Entre os estrangeiros que participaram da pesquisa, 23,2% eram americanos, 10,3% ingleses e 6,5% espanhóis. O maior grupo de brasileiros entrevistados era formado por paulistas (46%).

Fonte: Prefeitura do Rio de Janeiro. www.rio.rj.gov.br

domingo, 25 de fevereiro de 2007

O governo reabilita projeto Rio Bus


A contagem foi feita por uma equipe do Programa de Engenharia de Transportes da Coppe (UFRJ). No horário de maior movimento, entre 8 e 10 horas, 575 ônibus trafegam pela Avenida Rio Branco. O número alarmante – o fluxo é de cinco novos veículos a cada minuto – explicita bem o engarrafamento ao longo dos 2 quilômetros da via. A aferição – e sua assustadora constatação – fez ressurgir nos gabinetes o debate sobre o Rio Bus, projeto elaborado na virada do século pelo coordenador do Programa de Engenharia de Transportes da Coppe, Paulo Cezar Martins, mas nunca implementado. Fundamentalmente, o Rio Bus recomenda a criação de uma linha circular no Centro da cidade, que seria interligada às linhas vindas das zonas Norte e Sul. "Embora não seja o único objetivo do projeto, a Avenida Rio Branco ficaria praticamente livre dos ônibus, com exceção dos circulares", diz Paulo Cezar. O estudo prevê ainda a criação de linhas transversais da Zona Norte à Sul, com ônibus articulados que passariam pelo Túnel Rebouças, pela Linha Vermelha e pela Linha Amarela.

O município do Rio tem 600 linhas de ônibus. O número sobe para 800 se forem levadas em consideração aquelas onde há pequenas alterações no trajeto – como, por exemplo, as que têm opções via Túnel Santa Bárbara ou Rebouças. O projeto estabelece reduzi-las à metade, numa queda para 300 linhas. Os itinerários circulares do Centro passariam pelas avenidas Presidente Vargas, Francisco Bicalho e pela Praça Quinze, onde se situariam os terminais para os ônibus vindos das zonas Norte e Sul. O esboço com os novos traçados ganhou o reforço de um programa de computador que faz simulações sobre a retirada de veículos. "Esse software desenvolvido na Coppe permite testar o remanejamento de automóveis, ônibus, táxis, caminhões e vans que passam no horário de pico pela Rio Branco", diz Paulo Cezar. Além dos 575 ônibus, os pesquisadores da Coppe contaram em apenas um dia, no horário crítico, 530 carros particulares, 948 táxis, 35 caminhões e 379 vans e Kombis.

Os números vultosos e as propostas de solução para o nó do trânsito no Centro voltam a ocupar a cabeça de autoridades municipais e estaduais. O primeiro passo será a reunião entre o secretário municipal de Transportes, Arolde de Oliveira, e o secretário estadual de Cultura, Luiz Paulo Conde. Quando prefeito, Conde foi quem encomendou o projeto de melhora do trânsito à Coppe. Com sua derrota na eleição, o Rio Bus acabou esquecido num escaninho. A reabilitação do projeto é apenas o passo inicial, uma vez que até 2009 pouca coisa poderá ser feita em termos de remanejamento e extinção de linhas. "Até 2009 estamos engessados pelas concessões para as linhas municipais de ônibus. Mas até lá teremos tempo para elaborar o novo plano e ver, também, como os trens vão responder à nova demanda", diz o subsecretário municipal de Transportes, Dalny Sucasa. Os trens fluminenses transportam 220.000 pessoas em 160 quilômetros de malha férrea. O metrô, que locomove 500.000 cariocas diariamente, também será fundamental para equacionar o problema.

Fonte: Veja Rio On-Line

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2007

Pelo menos 560 mil carros devem passar pela Ponte Rio-Niterói no Carnaval


Meio milhão de carros devem passar pela Ponte Rio-Niterói neste Carnaval. A estimativa é da concessionária Ponte S/A, que administra a rodovia. Somente nesta quarta-feira (14), a empresa prevê que 82 mil veículos passem pela Praça do Pedágio até o fim do dia.

Os dias de maior movimento deverão ser sexta-feira (16) e sábado (17), com a passagem de 89 mil e 95 mil veículos, respectivamente, seguindo no sentido Niterói. Com o aumento da movimentação de automóveis, a concessionária já está em regime de operação especial para atender aos mais de 560 mil veículos que deverão sair da capital entre hoje e a quarta-feira de cinzas.

Os usuários da Ponte Rio-Niterói contam com equipes de controladores de tráfego e do SOS Usuário (mecânico e médico), 24 horas prontas para entrar em ação. Na Praça do Pedágio, os papa-filas (arrecadadores volantes) agilizam a cobrança à frente das cabines.

Durante os dias de folia, quem passar pela Ponte Rio-Niterói poderá retirar no pedágio ventarolas com orientações de segurança no trânsito e com informações acerca da prevenção do câncer de pele. A iniciativa é fruto de uma parceria da concessionária Ponte S/A com a Niterói Transporte e Trânsito (Nittrans) e o Instituto Nacional do Câncer (Inca).

A concessionária recomenda aos motoristas que façam uma revisão completa no carro. Para evitar acidentes, os usuários devem manter atenção ao volante e distância segura do veículo à frente. É importante, também, obedecer a sinalização e o limite de velocidade da rodovia.

Veja abaixo a previsão de fluxo de veículos na Ponte Rio-Niterói para o feriadão de Carnaval (somente no sentido Niterói / Região dos Lagos):

Quarta-feira (14/02): 82 mil veículos
Quinta-feira (15/02): 88 mil veículos
Sexta-feira (16/02): 89 mil veículos
Sábado (17/02): 95 mil veículos
Domingo (18/02): 60 mil veículos
Segunda-feira (19/02): 44 mil veículos
Terça-feira (20/02): 35 mil veículos
Quarta-feira (21/02): 67 mil veículos
Total: 560 mil veículos

Fonte: Agência Rio de Notícias

Álvaro Lins vai responder a sindicância


Corregedoria abre apuração sobre envolvimento de policiais com máfia


Rio - Acusado pela Polícia Federal (PF) de envolvimento com a máfia dos caça-níqueis, o ex-chefe de Polícia Civil e deputado estadual Álvaro Lins terá que prestar depoimento em sindicância aberta ontem pela Corregedoria Geral Unificada (CGU). Também ontem, a Corregedoria da Polícia Civil sugeriu à Secretaria de Segurança que abra Processo Administrativo Disciplinar (PAD) contra agentes apontados como aliados de Lins — o grupo de policiais civis conhecidos como ‘inhos’, que daria proteção ao ‘capo’ do jogo Rogério Andrade.

Por ser deputado, Lins poderá marcar dia, hora e local de seu depoimento. Mas terá que responder sobre as suspeitas de enriquecimento ilícito e ligação com a contravenção. “A investigação é anterior à diplomação. Com isso, foi possível a abertura da sindicância. Quero deixar claro, porém, que não há caça às bruxas. O trabalho será rigoroso e, se for comprovada irregularidade administrativa, o resultado poderá ser até demissão”, explicou o corregedor-geral, Gustavo Adolpho Kuhl Leite.

A CGU pediu informações às Corregedorias da PM, da Polícia Civil e dos Bombeiros sobre todas as sindicâncias envolvendo servidores com a máfia dos caça-níqueis. “A nossa filosofia é trabalhar com responsabilidade e celeridade. O policial vive no limite, não existe a única finalidade de punir, mas de apurar, que é o nosso papel”, disse o corregedor. No órgão, há 115 sindicâncias e 185 PADs em andamento.

OUTROS SUSPEITOS

Com base em relatório da PF, a Corregedoria de Polícia Civil concluiu sindicância ontem pedindo abertura de procedimento contra seis agentes e um delegado. Na lista, estão os agentes conhecidos como ‘inhos’ presos durante a Operação Gladiador, deflagrada em dezembro pela PF. São eles: Jorge Luiz Fernandes, o Jorginho; Fábio Menezes de Leão, o Fabinho, e Hélio Machado da Conceição, o Helinho.

Além deles, poderão ser ser submetidos a PAD os agentes Paulo Cesar Oliveira, o PC, também preso; Mario Franklin Mustrange, o Marinho; Rogério Oliveira da Anunciação, o Rogerinho; e o delegado Daniel Goulart. “Eles não foram denunciados pelo Ministério Público Federal, mas são citados no relatório da PF. Há indícios de transgressão disciplinar. Todos têm amplo direito de defesa”, esclareceu a corregedora da Polícia Civil, Ivonete Araújo.

Só o governador Sérgio Cabral pode demitir delegados, enquanto agentes ficam submetidos ao parecer do secretário de Segurança, José Mariano Beltrame.

Fonte: Jornal O Dia Online - Adriana Cruz - www.odia.terra.com.br

O polêmico engate ainda é tema de debate entre usuários


O engate é um velho conhecido dos motoristas, as opiniões sobre o acessório são bem diversificadas e sua real função é bastante polêmica. Na maioria das vezes, os consumidores instalam os engates em seus carros com o intuito de proteger o pára-choque traseiro ou até mesmo como um enfeite. Mas claro que há também as pessoas que realmente usam o engate para sua real finalidade. Foi justamente por eles, e talvez também pelas milhares de pessoas que trabalham em fábricas de engates, que o Contran (Conselho Nacional de Trânsito) não proibiu o uso do acessório, apenas formulou uma nova regulamentação. A lei para o uso dos engates determina que o acessório seja de esfera maciça sem quinas ou superfície cortante, que possua instalação elétrica e tomada para fornecer energia para o reboque e ainda possua dispositivo de fixação para uma corrente de segurança. Fica proibido também qualquer dispositivo de iluminação no engate, como luz de freio, por exemplo. Além disso, o fabricante do acessório terá um prazo até julho de 2008 para adquirir certificado do Inmetro e fixar na estrutura do engate uma plaqueta de identificação contendo dados do fabricante e capacidade máxima de tração do veículo. A nova resolução para o uso do engate entrou em vigor no último dia 27 de janeiro e as autoridades já estão fiscalizando. O veículo que estiver com o equipamento fora das normas está sujeito a multa no valor de R$ 127,69 e, além do condutor perder 5 pontos na carteira, o veículo pode ficar retido. O corre-corre para legalizar, trocar ou até mesmo tirar o engate já começou, desde o início da resolução o movimento aumentou muito nas lojas de acessórios. Segundo Fabio Caselli, proprietário de uma loja de acessórios o valor médio de um engate novo, já regularizado, é R$ 140,00 e para retirar a peça fora das normas sai em média R$ 50,00.

Fonte: www.autoshow.com.br

Sequestros relâmpagos e extorsões telefônicas

CONHEÇA O MANUAL SOBRE PROCEDIMENTOS VISANDO A RESOLUÇÃO DE "SEQÜESTROS
RELÂMPAGOS" E EXTORSÃO TELEFÔNICA SIMULANDO SEQÜESTRO!

Manual com todo o detalhamento. Imprima e leia com calma, pois são mais
de 20 páginas. Ou repasse a quem faz a segurança de seu prédio ou de
sua família.

http://blogdocesarmaia.freesites.com/manseqrelampago.doc

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2007

Cariocas preferem ficar em casa no carnaval

Odaliscas e clóvis são as fantasias mais populares este ano.
Ruas começam a ser interditadas para os desfiles no Sambódromo.

Uma pesquisa divulgada pela Federação do Comércio do Estado do Rio (Fecomércio-RJ) mostra que o percentual dos moradores da Região Metropolitana que não vão viajar (71%) durante o feriadão de carnaval é o maior dos últimos seis anos, quando foi iniciado o estudo. O relatório revela ainda que 71% dos que vão sair de sua cidade escolheram como destino alguma localidade dentro do estado do Rio.

A popularização do carnaval de rua e o apagão aéreo, que marcou o segundo semestre do ano passado, influenciaram as pessoas a passar os dias de folia deste ano no Rio de Janeiro.

O carnaval faz também com que 44% do movimento do caixa das lojas seja provocado pela venda de produtos para a festa. Segundo a pesquisa da Fecomércio-RJ, os foliões gostam de manter a tradição. Trinta por cento dos homens preferem a fantasia de bate-bola, ou clóvis, e 43% das mulheres vão de odalisca ou havaiana.

Trânsito alterado
Para os que ficam na cidade do Rio, o melhor é se preparar para as mudanças no trânsito. O desfile das escolas de samba no Sambódromo vai provocar alterações em várias ruas. Confira:

- A Rua Benedito Hipólito fica interditada da 0h de sexta-feira (16) até às 6h.

- A partir da 13h, a pista lateral da Avenida Presidente Vargas sentido Centro fica fechada ao trânsito entre as Ruas Carmo Neto e de Santana.

- Às 14h, a Rua Benedito Hipólito volta a ficar interditada entre a Carmo Neto e a Marquês de Sapucaí.

- Às 16h, serão interditados a Avenida Salvador de Sá e os seguintes trechos da Rua Frei Caneca: entre a Rua de Santana e a Marques de Sapucaí e entre a Rua Carolina Reidner e a Avenida Trinta e Um de Março.

Fonte: G1 - Rio - www.g1.com

Previsão do tempo para o Carnaval




Sexta - Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
35 de máxima e 20 de mínima

Sábado - Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
36 de máxima 20 de mínima

Domingo - Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
36 de máxima e 22 de mínima

Segunda - Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
36 de máxima e 22 de mínima

Câmara aprova aumento de pena para crime com menores

O Plenário da Câmara aprovou há pouco o Projeto de Lei 166/07, do deputado Onyx Lorenzoni (PFL-RS), que dobra a pena para os crimes praticados com a participação de menores de 18 anos. O projeto original previa penas maiores apenas para o crime de formação de quadrilha que tivesse a participação de menores. A extensão a todos os tipos de crimes foi aprovada por acordo entre os líderes de todos os partidos.

A medida segue para a análise do Senado Federal.

Fonte: Agência da Câmara - www.camara.gov.br

Relatores recomendam aprovação de projeto sobre segurança

O deputado Roberto Magalhães (PFL-PE) apresentou parecer favorável ao Projeto de Lei 166/07, do deputado Onyx Lorenzoni (PFL-RS), que dobra a pena para os crimes em quadrilha ou bando que envolvam a participação de menor. Como o projeto tramita em regime de urgência, o presidente Arlindo Chinaglia nomeou o deputado Roberto Magalhães para proferir em plenário o parecer que seria feito pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.
Segundo Magalhães, a medida proposta é uma maneira eficaz de coibir a utilização de menores, e uma resposta da Câmara à crise na segurança pública.

Pela Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, o deputado Alberto Fraga (PFL-DF), também apresentou parecer favorável à matéria. Segundo ele, é comum que as quadrilhas utilizem menores de idade para que eles assumam a autoria de crimes, em virtude da expectativa de impunidade. "Se não for em flagrante, logo após um menor assume o crime. Com esse projeto, os dias dessa prática estão contados", afirmou Fraga.

Fonte: Agência Câmara - www.camara.gov.br

Bola Preta, patrimônio cultural carioca


O Cordão da Bola Preta e sua tradicional marchinha Quem não chora não mama foram declarados pela Prefeitura patrimônios culturais cariocas. O Bola Preta, fundado em 1918, é uma das principais referências do carnaval popular do Rio e considerada a mais antiga agremiação carnavalesca em atividade.

A música Quem não chora não mama, de autoria de Vicente Paiva e Nelson Barbosa, tornou-se o hino da agremiação e uma das mais famosas do carnaval em todo o Brasil. Em seu próximo desfile pelo Centro da cidade, na manhã sábado de Carnaval, o Bola Preta deverá reunir mais de 300 mil foliões, com o apoio de uma banda e três caminhões de som.

Fonte: Site da Prefeitura do Rio de Janeiro - www.rio.rj.gov.br

Município na luta contra o aquecimento global


Foi lançado, ontem, o Protocolo de Intenções do Rio, com o qual a Prefeitura se compromete unir esforços junto com governos, empresas, organizações da sociedade civil e cidadãos na luta conta o aquecimento global. De acordo com o documento, será encaminhado ao Governo Federal o pleito da para a cidade sediar a Conferência da ONU sobre Mudança Global do Clima, prevista para acontecer na América Latina, em 2009. Entre os objetivos do Protocolo, estão o apoio à mobilização da sociedade e a ampla conscientização a respeito da gravidade da questão climática.

Faz parte do Protocolo um conjunto de ações iniciais a serem implementadas pela Prefeitura, tais como implementar o Programa de Educação Ambiental sobre o Aquecimento Global para a rede escolar e a população em geral; e o aumento da cobertura florestal da cidade, com a ampliação em 10% ao ano das áreas de reflorestamento, o que representa cerca de 1,2 milhão de mudas por ano. A arborização das ruad e outras áreas públicas também será incrementada e a meta é plantar 25 mil árvores por ano, começando por acari, pavuna e Madureira.

O setor de transportes é um dos pontos prioritários para as ações da Prefeitura que, para reduzir a emissão de gases que promovem o aquecimento global, vai criar redes especiais de integração formadas pala Supervia (trens), Metrô e corredores especiais para ônibus de alta capacidade, além de outras medidas para racionalizar o serviço de ônibus. O Município também adotará Mecanismos de Desenvolvimento Limpo na cidade e instituirá o Dia Carioca de Mobilização Contra o Aquecimento Global, entre outras ações.

Fonte: Site da Prefeitura do Rio de Janeiro - www.rio.rj.gov.br

Flamengo consegue empate, nas alturas


O time do Flamengo, ontem jogou não contra um time de futebol mas contra as adversidades da natureza: A altitute de quase 4000 metros, o frio e o vento. O time local fechou o segundo tempo vencendo por 2 x 0, mas no segundo tempo o Rubro-Negro chega ao empate, e logo após o segundo gol, os problemas com a altitude começaram a aparecer, principalmente nos jogadores Thiago, Juan, Renato Augusto, Paulinho e Obina. Os gols foram de Edu Monteiro e Aguilera para o Real Potosí, Obina e Roni empataram para o Flamengo.



Potosí é a capital do Estado (Departamento) boliviano também chamado de Potosí, fundada em 1546, com a descoberta da mina Cerro Rico, inicialmente tinha o nome de fundação era Vila Imperial de Carlos V, localizada no sudoeste do país. Registros de 1555 até 1783 mostram que foram retirados mais de 45.000 toneladas de prata das minas, com o trabalho forçado de índios locais e incas. Estima-se que 8 milhões de índios morreram nesse período, após a escasez das minas a economia da cidade começou a declinar, também durante a guerra de independência entre 1809 e 1825, Potosí foi palco de diversos conflitos entre as forças patriotas e forças da coroa espanhola. Em 1987 a Unesco tombou a cidade como patrimônio histórico mundial devido a sua arquitetura colonial.

Leandro Sauerbronn / InformativoRio

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2007

V Conferência Internacional de Transportes

Os Secretários Estadual e Municipal de Transportes, Júlio Lopes e Arolde de Oliveira, participam nesta quarta-feira, da V Conferência Internacional de Transportes junto com os prefeitos da região metropolitana do Rio, em Bogotá, na Colômbia. Eles foram conferir o Transmilenio, que é um sistema de Metrô de superfície, que pode beneficiar milhares de pessoas, quando for implantado no Rio de Janeiro. O Secretário Municipal de Transportes, Arolde de Oliveira, disse que já foi realizada uma audiência pública e o projeto está pronto, faltando apenas a licitação para que as obras sejam iniciadas. O T5, a via expressa que vai ligar a Barra da Tijuca à Penha, também já está em fase de finalização, dependendo da licitação.

Passeata contra a violência pára a Rio Branco

Uma hora da tarde, a multidão que assistiu à missa de sétimo dia na Candelária por João Helio seguiu em passeata pela Av. Rio Branco até a Cinelândia. No trajeto, muita gente participou jogando papel picado branco do alto dos edifícios.
Muitas mulheres aderiram à manifestação, saindo da calçada para o meio da avenida, que foi parcialmente interditada pela Polícia Militar. Crianças, jovens e mulheres, a grande maioria dos participantes.
Thereza Christina Jorge/ InformativoRio






Três mil pessoas lotam Candelária na missa por João Helio

A cada três horas morrem nove pessoas no Rio de Janeiro. Uma dessas tristes estatísticas foi João Hélio Fernandes, de seis anos, cuja missa de sétimo dia mobilizou cerca de 3 mil pessoas _ a maioria mulheres _ que assistiram ao ato acotoveladas em todo templo, e também da Av. Presidente Vargas, no Centro do Rio.
A celebração, assistida pelos pais e irmã de João Helio e também por parentes de dezenas de vítimas da violência no Rio de Janeiro, foi muito emocionada. Lá estavam as famílias de Gabriela Prado, Dayana,Marcelo Torquato, Renatinho e muitos outros.
O Governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral Filho, foi vaiado quando entrou na igreja. Ele aceitou ser o portador de uma carta ao Presidente Lula pedindo um basta na violência e também com medidas para dar a todos uma dignidade cidadã.
Foram celebrantes o Pe. Nixon, pároco da Candelária e o Pe. Renato, pároco na Favela de Acari, na Baixada Fluminense, que no sermão citou Jesus, no evangelho de João, que prometeu vida abundante, para pedir às autoridades o respeito à mensagem de Cristo.
Antes da cerimônia começar, as palavras de ordem justiça, mudança, o povo unido jamais será vencido, socorro, ecoaram de um grande coro dos presentes.

Thereza Christina Jorge/ InformativoRio











terça-feira, 13 de fevereiro de 2007

Hubble fotografa morte de estrela semelhante ao Sol


O Sol terá um destino muito parecido ao de NGC 2440, dentro de 5 bilhões de anos

WASHINGTON - Uma imagem obtida recentemente pelo Telescópio Espacial Hubble mostra os estertores de uma estrela semelhante ao Sol. O astro está pondo fim à sua existência, ao expelir suas camadas externas de gás, que formam uma espécie de casulo ao redor do núcleo remanescente da estrela. Luz ultravioleta do astro moribundo faz com que o material brilhe. A estrela esgotada, chamada anã branca, é o ponto branco no centro da imagem. O Sol terá um destino muito parecido, dentro de 5 bilhões de anos.

A Via-Láctea está repleta de restos ejetados por estrelas, chamados nebulosas planetárias. Esses objetos não têm nada a ver com planetas, mas receberam o nome porque, quando observados pelos telescópios dos séculos 18 e 19, pareciam semelhantes aos planetas Urano e Netuno.

A nebulosa planetária captada pelo Hubble chama-se NGC 2440. A anã branca em seu centro é uma das mais quentes conhecidas, com uma temperatura, na superfície, de mais de 20.000º C. A estrutura caótica da nebulosa sugere que a estrela eliminou massa em uma série de episódios separados. Em cada explosão, matéria foi emitida numa direção diferente.

O material expelido brilha com cores diferentes, por conta das diferentes composições, densidades e proximidade com o núcleo. O azul é emitido pelo hélio; o azul-esverdeado, oxigênio; e o vermelho, nitrogênio e hidrogênio.

Fonte: www.estadao.com.br

Leões brancos nascem na Grã-Bretanha pela 1ª vez


Os leões brancos não são albinos, e sim uma espécie rara, encontrada somente em uma região de pouco mais de 300 quilômetros quadrados na África do Sul

LONDRES - O parque britânico West Midland Safari, na cidade de Bewdley, anunciou que os primeiros leões brancos nascidos na Grã-Bretanha já podem ser visitados.

A leoa mãe, Maryn, teve os quatro leõezinhos no dia 24 de agosto, coincidentemente o dia de seu quarto aniversário. Os filhotes são três fêmeas e um macho e permaneceram com a mãe - vigiados por câmaras de circuito fechado de vídeo e veterinários - durante todo o tempo em que o parque fica fechado à visitação, no inverno.

O pai dos leões, Mubuto, que também tem 4 anos, foi mantido próximo à família.

Os filhotes foram batizados, Casper, Kiara, Lara e Toto, e, segundo os tratadores do parque, tem personalidades calmas e dóceis como a mãe.

Os raros animais foram comprados em 2004. Quatro leões brancos custaram ao parque cerca de R$ 530 milhões.

Os leões foram trazidos da África e ficaram em quarentena por seis meses, para evitar riscos de disseminação de raiva.

Os leões brancos não são albinos, e sim uma espécie rara, encontrada somente em uma região de pouco mais de 300 quilômetros quadrados na África do Sul, o Timbavati.

Essa área fica dentro do enorme parque nacional Kruger.

Atualmente, existem apenas 130 espécimes de leão branco no mundo. Em várias culturas africanas, existe a lenda de que a cada cem anos um leão branco mágico nasce, trazendo felicidade a todos que o vêem.

Fonte: BBC-Brasil

Câmara já aprova 17 emendas da Super-Receita

Entre as aprovadas está a polêmica emenda número 3, que remete para a Justiça Trabalhista a possibilidade de desconstituição de empresas de uma só pessoa
Sérgio Gobetti


BRASÍLIA - A Câmara dos Deputados vota na tarde desta terça-feira, 13, as 35 emendas do Senado ao projeto do Executivo que cria a Super-Receita, órgão que vai centralizar a arrecadação e a fiscalização dos tributos da União. Até as 15h10, 17 emendas haviam sido aprovadas, e 12 rejeitadas pelo Plenário.

Entre as emendas aprovadas está a polêmica emenda número 3, que remete para a Justiça Trabalhista a possibilidade de desconstituição de empresas de uma só pessoa.

Atualmente os fiscais da Receita Federal podem anular a constituição de uma empresa quando avaliam que ela seja de fachada ou que tenha sido constituída apenas para substituir o vínculo trabalhista de empregador - e desta forma reduzir os impostos pagos pelas maiores empresas que fazem uso desse artifício.

Com a emenda introduzida no Senado e mantida na Câmara, a Receita Federal não terá mais o poder de agir livremente nesses casos, precisando recorrer ao Judiciário toda vez que desconfiar de irregularidade.

Os líderes do governo, entretanto, já sinalizaram que o presidente Lula deverá vetar este artigo da lei que cria a Super-Receita e enviar posteriormente uma medida provisória, tentando regulamentar a atuação dos fiscais nesse caso.

Uma das hipóteses analisadas é limitar a atuação dos fiscais da Receita a empresas que faturem abaixo de determinado valor, já que é na faixa de baixo faturamento que haveria maior incidência da irregularidade. O placar de votação foi de 304 votos a favor e 146 contra.

Fonte: Agência Câmara - www.camara.gov.br

AIE destaca forte crescimento do uso de biodiesel no País

Este ano deve chegar ao mercado o biodiesel em misturas de 30% e 100%


LONDRES - O relatório mensal da Agência Internacional de Energia, divulgado nesta terça-feira, 13, dedica um capítulo ao veloz crescimento do uso de biocombustíveis no Brasil. Essa tendência foi acelerada pela rápida adoção do B2, composto por 98% de diesel e 2% de biodiesel.

O B2 é responsável, atualmente, por quase 15% de todo o diesel vendido no Brasil, um número impressionante ao se verificar que em meados do ano passado ele virtualmente não era comercializado. Mas AIE observa que, na prática, a parcela de biodiesel vendida no país representa apenas cerca de 2 mil barris diários.

Aprovado em 2004 pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), o B2 já é vendido em cerca de 3800 dos 6 mil postos de abastecimento da BR Distribuidora. Há oito meses, apenas três postos comercializavam o produto.

Até o final deste ano, A BR distribuidora deverá passar a vender em seus postos o B30 e o B100, combustíveis compostos por 30% e 100% de biodiesel, respectivamente. O B100 será destinado principalmente à geração de eletricidade e ao transporte público urbano.

Além disso, observou a agência, o governo deve elevar a mistura de etanol na gasolina para 25% nos próximos meses, após aumentá-la de 20% para 23% em novembro passado. "Esse passo governo vai acompanhar o rápido crescimento dos veículos flex-fuel", disse a agência. A frota de veículos flex-fuel se expandiu em quase um milhão de unidades em 2006, e esse tipo de veículo contabiliza aproximadamente 80% das novas vendas do setor.


Fonte: www.estadão.com.br

Refinaria de Manguinhos tem licença para produzir biodiesel


















Rio - O governo do estado do Rio de Janeiro, por intermédio da Fundação Estadual de Engenharia do Meio Ambiente (Feema), concede nesta segunda-feira a licença ambiental para a Refinaria de Manguinhos iniciar a produção de biodiesel. A refinaria, que teve paralisada suas atividades de refino de petróleo em agosto do ano passado, vai transformar-se na primeira produtora de biodiesel no estado em escala comercial.

Fonte: Jornal O Dia - O Dia Online - www.odiaterra.com.br

Lula assina decreto que reduz desconto de INSS para autônomo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou hoje, durante a cerimônia que criou o Fórum Nacional da Previdência Social, o decreto que cria o Plano Simplificado de Inclusão Previdenciária. O Plano prevê a redução da alíquota de contribuição previdenciária, de 20% do salário de contribuição (remuneração mensal do trabalhador), para 11% do salário mínimo.


Fonte: Site do Terra - www.terra.com.br

Lula admite adotar idade mínima para aposentadoria pelo INSS

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva admitiu, pela primeira vez, a possibilidade de ser adotada uma idade mínima para aposentadoria pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), ao instalar o Fórum Nacional da Previdência Social, ontem.


Fonte: Site do Terra - www.terra.com.br

Senna é eleito o piloto mais veloz de todos os tempos.

















Rio - O brasileiro Ayrton Senna foi escolhido como o piloto mais veloz de todos os tempos, segundo pesquisa realizada pela revista especializada F1 Racing. Senna, que conquistou três vezes o campeonato mundial e morreu em 1994, após acidente no GP de San Marino, superou na eleição o alemão Michael Schumacher, recém aposentado.

A terceira colocação foi do escocês Jim Clark, seguido pelo inglês Nigel Mansell, quarto colocado, Ronnie Peterson e Juan Manuel Fangio.

A eleição da revista contou com a participação de grandes especialistas em Fórmula 1. Entre os que votaram estão os engenheiros Gary Anderson, Luca Marmorini, Sergio Rinland e Pat Symonds, os ex-pilotos Martin Brundle, Christian Danner, Stirling Moss, Keke Rosberg, Marc Surer e Hans Stuck, e os dirigentes Eddie Jordan, Ian Phillips, Paul Stewart, Mario Theissen, Jean Todt e até mesmo Max Mosley, presidente da FIA.

"Estatísticas (de Schumacher) eram somente algo a mais a ser considerado na votação. A forma de como se conquistaram os triunfos é o que importa. A recordação de Senna na tomada de tempos de Mônaco em 1988 - um segundo e meio mais rápido do que Prost, com o mesmo carro (McLaren) - ainda tem o poder de hipnotizar", destaca o editor da F1 Racing.

"Então, o brasileiro era o piloto de Fórmula 1 perfeito? Tecnicamente, é o mais próximo disso que existiu. Senna não era apenas um piloto rápido. Ele definiu o conceito do que é ser veloz na Fórmula 1", acrescentou.

Além de Senna, outros brasileiros foram lembrados na eleição, como José Carlos Pace (35º colocado), Emerson Fittipaldi (17º) e Nelson Piquet (15º).

Dentre os 50 mais velozes eleitos pela revista, Rubens Barrichello, da Honda, e Felipe Massa, da Ferrari, não foram citados. Fernando Alonso, bicampeão pela Renault e hoje na McLaren, apareceu na oitava colocação

Fonte: site do Terra - www.terra.com.br

Praça ganha o nome do menino João Hélio

Rio - A comoção gerada pela entrevista de Rosa Cristina e Helton Fernandes, domingo, no ‘Fantástico’, fez a jornalista Fátima Bernardes contar ontem no ‘Jornal Nacional’ como se sentiu ao ouvir o desabafo da família. “Sinceramente, quando cheguei àquele apartamento, me senti invadindo a dor alheia. Mas que, na verdade, também é um pouco a dor de cada um de nós. Eu sabia que estava lá porque a família tinha decidido falar, fazer um apelo, um desabafo, e queria fazer esse desabafo para mim. Isso me deu força. Eu respirei e fui em frente”, disse ao marido e colega de bancada, William Bonner. Em fevereiro de 2005, Fátima e Bonner ficaram sob a mira de assaltante de 19 anos que invadiu a mansão onde moram na Barra. Bonner se atracou com o ladrão, que só não foi para o quarto dos três filhos do casal porque ela implorou por eles. Fátima destacou a firmeza dos pais de João. “O que mais me impressionou foi a força e a união daquela família. Porque passado aquele primeiro choque brutal da morte, do enterro do menino, eles logo decidiram que precisavam falar. O maior medo dessas pessoas, não só dos pais, mas eu conversei com os tios e as tias que estavam lá naquele apartamento, é que a morte do João Hélio, o martírio dele, seja mais uma morte, mais um número, e que nada mude.” E ressaltou que eles não falam em pena de morte ou vingança. “Só falam em justiça. Fica muito claro que eles desejam uma ação, que esperam uma solução para essa violência toda, que não é uma solução só para eles, mas para todos nós”, concluiu a jornalista. PRAÇA GANHA O NOME DO MENINO JOÃO HÉLIO Em decreto publicado ontem no Diário Oficial, o prefeito Cesar Maia determinou a mudança do nome da Praça Três Lagoas, em Cascadura, onde o corpo do menino foi encontrado, para Praça João Hélio Fernandes Vieites. Ontem, no local, o clima era de indignação. “A rua está de luto, nunca mais será a mesma. Vamos lembrar a atrocidade que aconteceu aqui para sempre”, disse o entregador Gilson Almeida. Em Araruama, uma área do Parque Hotel também receberá o nome. Diversas homenagens ocorrerão até sexta-feira, quando haverá missa campal na Paróquia Santo Sepulcro, em Cascadura. Para hoje, estão programados protestos. Uma corrente de internautas pede que cariocas saiam de casa com roupas pretas. Na Internet, usuários do Orkut (site de relacionamentos) colocaram ontem imagens de flores no lugar de suas fotos. O número de comunidades sobre o episódio passou de mil, com mais de 60 mil usuários, no início da noite. A irmã de João, Aline, recebeu muitas mensagens de amigos no Orkut. “Todos nós estamos com você. Seu irmãozinho estará com você sempre”, disse uma jovem. Amanhã, data do sétimo dia da morte do menino, a cerimônia será na Igreja da Candelária, no Centro. Ontem, no Centro Espírita León Denis, em Bento Ribeiro, freqüentado pela família, houve palestra. Parentes do menino estiveram no local sábado e foram confortados.
Fonte:Editoria - Rio - O Dia Online

Alguém na internet sabe quem é você


Você já reparou que ao entrar em um determinado site ele já sabe quem é você? Através dos Cookies, sites podem identificar suas atividades e customizar páginas visitadas pelo usuário. Alguns sites da Web armazenam informações em um pequeno arquivo de texto no seu computador enquanto você está navegando. Esse arquivo é chamado de cookie e serve para diversas finalidades.

Por exemplo, alguns sites usam o cookie para identificar o usuário automaticamente, você abre um site ele já exibe o seu nome.

Existem vários tipos de cookies e você pode decidir se permitirá que alguns, nenhum ou todos sejam salvos no computador. Se não quiser salvar cookies, talvez não consiga exibir alguns sites da Web nem tirar proveito de recursos de personalização que exibem uma página específica para cada usuário. Quando um cookie é salvo no computador, apenas o site que o criou poderá lê-lo. Existem dois tipos de cookies, primário e secundário.Um cookie primário é aquele criado ou enviado para o site que você está exibindo no momento. Esses cookies costumam ser usados para armazenar informações, como suas preferências ao visitar o site.

Um cookie secundário é aquele criado ou enviado para um site diferente daquele que você está exibindo no momento. Em geral, os sites secundários fornecem conteúdo no site que você está exibindo. Por exemplo, muitos sites exibem propagandas de sites secundários e esses sites podem usar cookies.

O Internet Explorer permite o uso de cookies, mas você pode alterar suas configurações de privacidade para especificar que o Internet Explorer deve exibir uma mensagem antes de inserir um cookie no computador (o que permite a você autorizar ou bloquear o cookie) ou para impedir que ele aceite cookies.

Você pode usar as configurações de privacidade do Internet Explorer para especificar como o Internet Explorer 6 deve lidar com cookies. Para alterar suas configurações de privacidade clique no menu Ferramentas e selecione Opções da Internet.. Na guia Privacidade, mova o controle deslizante para cima, para um nível de privacidade maior, ou para baixo, para um nível de privacidade menor.


Veja só o que cada nível de segurança permite:

Selecione: Bloquear todos os cookies

Para especificar que: Os cookies de todos os sites da Web serão bloqueados. Os cookies existentes no computador não podem ser lidos por sites da Web.


--------------------------------------------------------------------------------


Selecione: Alta

Para especificar que: Os cookies de todos os sites da Web que não tenham uma diretiva concisa (uma declaração de privacidade resumida para leitura na tela do computador) serão bloqueados. Os cookies de todos os sites da Web que usem informações pessoais de identificação sem o seu consentimento explícito serão bloqueados.


--------------------------------------------------------------------------------


Selecione: Média Alta

Para especificar que: Os cookies de sites secundários que não tenham uma diretiva concisa (uma declaração de privacidade resumida para leitura na tela do computador) serão bloqueados. Os cookies de sites secundários que usem informações pessoais de identificação sem o seu consentimento explícito serão bloqueados. Os cookies de sites primários que usem suas informações pessoais de identificação sem o seu consentimento implícito serão bloqueados.


--------------------------------------------------------------------------------


Selecione: Média

Para especificar que: Os cookies de sites secundários que não tenham uma diretiva concisa (uma declaração de privacidade resumida para leitura na tela do computador) serão bloqueados. Os cookies de sites secundários que usem suas informações pessoais de identificação sem o seu consentimento implícito serão bloqueados. Os cookies de sites primários que usem suas informações pessoais de identificação sem o seu consentimento implícito serão excluídos do computador quando você fechar o Internet Explorer.


--------------------------------------------------------------------------------


Selecione: Baixa

Para especificar que: Os cookies de sites secundários que não tenham uma diretiva concisa (uma declaração de privacidade resumida para leitura na tela do computador) serão bloqueados.
Os cookies de sites secundários que usem suas informações pessoais de identificação sem o seu consentimento implícito serão excluídos do computador quando você fechar o Internet Explorer.


--------------------------------------------------------------------------------


Selecione: Aceitar todos os cookies

Para especificar que: Todos os cookies serão salvos no computador. Os cookies existentes no computador podem ser lidos pelos sites da Web que os criou.

Fonte: www.folhaonline.com.br - Canal Aberto - José Ramalho

Cientistas avisam: temos que cuidar da ‘febre’ do planeta agora



Relatório do IPCC deixa claro que as mudanças climáticas chegaram a um nível perigoso mas que ainda assim há tempo para estancar o processo com ações efetivas na redução da emissão de gases do efeito estufa.

O último relatório do Painel Internacional de Mudanças Climáticas (IPCC na sigla em inglês) não deixa dúvidas: o planeta está num processo de aquecimento constante que poderá causar muitos problemas para todos nós ainda neste século.

Se os níveis de poluição continuarem do jeito que estão, as temperaturas globais poderão aumentar entre 1,1ºC e 6,4º até 2095, em relação a valores de 1980 a 1999. Isso provocará mais secas, ondas de calor, enchentes e furacões mais fortes, derretendo rapidamente as calotas polares e aumentando o nível dos mares.

Stephannie Tumore, coordenadora da Campanha de Clima do Greenpeace, esteve no encontro de Paris. “A boa notícia é que sabemos hoje bem mais sobre o clima de nosso planeta e sobre o impacto que causamos nele. A má notícia é que quanto mais sabemos, mais precário o futuro parece. Há uma mensagem clara aos governos aqui: a janela para uma ação está se fechando rapidamente. Se a última notícia do IPCC fosse um chamado de alerta, com certeza essa sirene estaria tocando.”

Sumário das principais descobertas do relatório do IPCC

* Os cientistas estão com 90% de confiança sobre os dados que mostram a participação dos seres humanos nas mudanças climáticas. É o mais alto índice de confiança em todos os quatro relatórios do IPCC até aqui. Os resultados foram colhidos em vários países do mundo para se chegar à conclusão final.

* A sensibilidade climática do planeta aumentou. Antes, em caso de duplicação da quantidade de emissões de gases do efeito-estufa (em relação aos índices pré-industriais), o aquecimento global previsto era de 2,5ºC. Agora esse valor aumentou para 3ºC.

* Se as emissões de gases na atmosfera não for reduzida, o aquecimento global esperado para 2100 é de 1,1ºC a 6,4ºC até 2095 – com relação a dados de 1980-1999.

* A intensidade das tempestades tropicais deve aumentar e isso está diretamente relacionado ao aumento da temperatura da superfície do mar.

* As calotas polares da Antártica e da Groelândia contribuíram para um aumento de cerca de 15% do aumento do nível do mar entre 1993 e 2003. Contudo, os modelos verificados pelos cientistas afirmam que a calota polar antártica deveria estar crescendo, devido à intensa precipitação, o que significa que ainda não é possível explicar o aumento no degelo especialmente no Pólo Sul. Não há previsão para um rápido derretimento e degelo na Groelândia. Portanto, embora saibamos que o nível do mar aumentará, ainda é difícil determinar precisamente o quanto.

* Um aquecimento entre 1,9ºC e 4,6ºC acima dos índices pré-industriais durante 100 anos provocaria a eliminação da calota polar da Groelândia. Isso aumentaria o nível do mar por volta de 7 metros. O relatório também descobriu que as temperaturas futuras projetadas para a região são comparáveis a um aquecimento ocorrido há 125 mil anos, quando o nível dos mares era de 4 a 6 metros maior do que é hoje.

fonte:www.greenpeace.org.br

CAMPANHA CRISTO REDENTOR PARA 7 NOVAS MARAVILHAS DO MUNDO



CRISTO REDENTOR

O cartão postal do Rio é candidato a figurar na lista das sete novas maravilhas do mundo. O Cristo Redentor é um dos 21 monumentos, que estão concorrendo, anunciados pela New 7 Wonders Foundation, organização privada com sede na Suíça.
Para participar com seu voto deve-se fazer uma ligação internacional pelo número 00XX43 820 92 13 29, e discar o número 05, que é o código do monumento do Cristo Redentor. Há outros números disponíveis no site www.n7w.com. De acordo com a fundação, 50% da receita gerada com a Campanha será destinada a projetos de restauração dos tesouros culturais de todo o mundo.

A visita de inspeção ao Cristo Redentor está prevista para os dias 6 e 7 de fevereiro de 2007. E a Declaração das 7 maravilhas escolhidas pelo voto, no dia 7 de julho de 2007.

Libertadores tem três jogos de grupos de brasileiros

Depois de passarem pela seletiva para a Copa Libertadores, Tolima, da Colômbia, e Vélez Sarsfield, da Argentina, estréiam hoje na principal competição sul-americana com a vantagem de já estarem em ritmo de competição e já terem deixado para trás a ansiedade que acompanha as estréias, mas com a enorme desvantagem de estrearem fora de casa, assim como o Gimnasia, que estréia hoje contra o Defensor.

Pelo Grupo 3, o Tolima joga contra o Cúcuta sob todas as tensões envolvidas nas finais do Campeonato Colombiano, decidido em 20 de dezembro, que resultaram no primeiro título nacional do Cúcuta após um empate em 1 a 1 e vitória no primeiro jogo, por 1 a 0. Os gremistas estarão atentos às informações vindas da Colômbia porque o Grêmio foi sorteado nesse grupo, junto com o Cerro Porteño, adversário em sua estréia na quinta-feira, no Paraguai. Será a primeira participação do Cúcuta em Libertadores e a quarta do Tolima. O início da partida está previsto para as 22h15 de Brasília.


Uma das atrações da partida estará no banco de reservas. O treinador Jorge Luis Pinto, que levou o Cúcuta a seu primeiro título, deixou o clube para assumir a seleção colombiana e para seu lugar foi contratado Jorge Luis Bernal, exatamente ex-técnico do Tolima.


"O Cúcuta está pronto para seguir em frente. É necessário deixar de lado os sentimentos, mas desejo que o Tolima também consiga se classificar para a próxima fase. Seria algo extraordinário para o futebol colombiano", disse Bernal.


Em Montevidéu, o Defensor Sporting recebe o Gimnasia La Plata, pelo Grupo 8. Se histórico valesse alguma coisa para o resultado do jogo, o Defensor sairia com vantagem, pois disputa sua terceira Libertadores enquanto o Gimnasia estréia pela segunda vez.


A equipe argentina estará desfalcada dos volantes Sebastián Dubardier e Juan Cuevas, que têm de cumprir suspensão de uma partida em jogos internacionais, e serão substituídos por Jonathan Chávez e Germán Basualdo.


Para pegar experiência internacional, o Defensor disputou partidas na Argentina contra Cerro Porteño, do Paraguai (1 a 1) e Millonarios, da Colômbia (4 a 0). O técnico Jorge da Silva aprovou o desempenho.


"A equipe amadureceu e alcançou um nível importante de jogo. Sabemos que a Libertadores será difícil, mas temos confiança em alcançar nosso primeiro objetivo, que é alcançar a classificação para a próxima fase", disse Da Silva.


O resultado dessa partida interessa ao Santos, que após se classificar na Pré-Libertadores, disputará uma das duas vagas para a próxima fase também com o Deportivo Pasto, a quem enfrenta no dia 22, na Colômbia. O jogo está marcado para as 20 horas de Brasília.


Pelo Grupo 4, o mesmo do Internacional, atual campeão da Copa Libertadores, o Vélez faz o outro jogo do dia, contra o Emelec, no Equador. Com o pensamento na Libertadores, o Emelec foi derrotado por 4 a 2 pelo El Nacional no Campeonato Equatoriano, sábado.


Mesmo com toda concentração hoje, o Emelec precisará de muita disposição para segurar o Vélez. A equipe estréia disposta a conseguir a vitória no Equador e na seletiva conseguiu impor seu objetivo. Venceu o Danúbio na Argentina por 3 a 0 e administrou a vantagem no Uruguai, se classificando apesar da derrota por 2 a 1 no jogo de volta, além de ter derrotado o Newell´s Old Boys por 2 a 0 no último sábado, pelo Campeonato Argentino. O jogo começa à 0h30 de Brasília.


Hegemonia


Clubes do País venceram a Libertadores nos dois últimos anos, com o São Paulo (2005) e Inter (2006). Com isso, o futebol brasileiro chegou a 13 títulos da competição - ainda bem longe das 20 conquistas dos argentinos.


Dessa vez, cinco dos seis representantes do Brasil já foram campeões do torneio: São Paulo, Inter, Vasco, Flamengo, Grêmio e Santos, sobrando apenas o estreante Paraná.


A estréia dos brasileiros na fase de grupos será na quarta-feira. O São Paulo joga contra o Audax Italiano, no Chile (Grupo 2), e o Flamengo enfrenta o Real Potosí, na Bolívia (Grupo 5).


Na quinta-feira, mais dois times brasileiros entram em campo. O Paraná joga na Venezuela, contra o Unión Maracaibo (Grupo 5), e o Grêmio vai ao Paraguai para enfrentar o Cerro Porteño (Grupo 3).

Fonte: Agência do Estado (AE-AP)

Operação Carnaval altera tráfego na área da rodoviária na 6ª-feira

A Rua Cordeiro da Graça estará interditada ao tráfego, entre a Avenida Rodrigues Alves e o acesso à Rodoviária Novo Rio, das 15h de sexta-feira, dia 16, às 14h de sábado, 17, e das 16h de terça-feira, 20, às 12h de quarta-feira, dia 21, para a Operação Carnaval 2007. Veículos utilizados em socorro e em emergências terão trânsito livre, como prevê o Código de Trânsito Brasileiro.

Sexta-feira, também será suspensa a faixa reversível na Avenida Rodrigues Alves, para facilitar o fluxo de tráfego naquela área do Santo Cristo, conforme portaria da Coordenadoria de Regulamentação e Infrações Viárias, dia 9, no Diário Oficial do Município.

fonte: Secretaria de Transportes da Cidade do Rio de Janeiro - www.rio-rj.gov.br

Gratuidade nos ônibus para idosos e deficientes ficará mais fácil

Duas iniciativas da Prefeitura relativas à gratuidade nos transportes públicos beneficiarão pessoas com deficiência e idosos. A partir do dia 26, os 49 Centros de Assistência Social da Prefeitura também farão o cadastramento para pessoas com deficiência receberem o Passe Livre, o cartão magnético que garante a viagem nos ônibus urbanos. A medida amplia o acesso a este direito, uma vez que a rede municipal de Assistência Social tem unidades em todas as regiões da cidade e possui equipes especializadas para este tipo de atendimento.

Os Centros de Assistência Social também foram autorizados pela Prefeitura a emitir Carteira de Identificação Especial para que os idosos acima de 65 anos possam usufruir da gratuidade em viagens de ônibus interestaduais. Além do cadastro, a ser feito a partir de 5 de março pelas secretarias de Assistência Social e de Qualidade de Vida, haverá avaliação por profissionais da área de serviço social e visita aos domicílios dos interessados.

fonte:Secretaria de Transportes da Cidade do Rio de Janeiro - www.rio.rj.gov.br

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2007

Fale com seu representante Federal

. Alexandre Santos - PMDB - dep.alexandresantos@camara.gov.br
. Andréia Zito - PSDB - dep.andreiazito@camara.gov.br
. Arnaldo Vianna - PDT - dep.arnaldovianna@camara.gov.br
. Arolde de Oliveira - PD - dep.aroldedeoliveira@camara.gov.br
. Bernardo Ariston - PMDB - dep.bernardoariston@camara.gov.br
. Brizola Neto - PDT - dep.brizolaneto@camara.gov.br
. Carlos Santana - PT - dep.carlossantana@camara.gov.br
. Chico Alencar - PSOL - dep.chicoalencar@camara.gov.br
. Chico D´Angelo - PT - dep.chicodangelo@camara.gov.br
. Cida Diogo - PT - dep.cidadiogo@camara.gov.br
. Deley - PSC - dep.deley@camara.gov.br
. Dr. Adilson Soares - PR - dep.dr.adilsonsoares@camara.gov.br
. Edmilson Valentim - PCdoB - dep.edmilsonvalentim@camara.gov.br
. Edson Ezequiel - PMDB - dep.edsonezequiel@camara.gov.br
. Edson Santos - PT - dep.edsonsantos@camara.gov.br
. Eduardo Cunha - PMDB - dep.eduardocunha@camara.gov.br
. Eduardo Lopes - PSB - dep.eduardolopes@camara.gov.br
. Felipe Bornier - PHS - dep.felipebornier@camara.gov.br
. Fernando Gabeira - PV - dep.fernandogabeira@camara.gov.br
. Fernando Lopes - PMDB - dep.fernandolopes@camara.gov.br
. Felipe Pereira - PSC - dep.felipepereira@camara.gov.br
. Geraldo Pudim - PMDB - dep.geraldopudim@camara.gov.br
. Hugo Leal - PSC - dep.hugoleal@camara.gov.br
. Índio da Costa - PD - dep.indiodacosta@camara.gov.br
. Jair Bolsonaro - PP - dep.jairbolsonaro@camara.gov.br
. Jorge Bittar - PT - dep.jorgebittar@camara.gov.br
. Leandro Sampaio - PPS - dep.leandrosampaio@camara.gov.br
. Léo Vivas - PRB - dep.leovivas@camara.gov.br
. Leonardo Picciani - PMDB - dep.leonardopicciani@camara.gov.br
. Luiz Sérgio - PT - dep.luizsergio@camara.gov.br
. Marcelo Itagiba - PMDB - dep.marceloitagiba@camara.gov.br
. Marina Maggessi - PPS - dep.marinamaggessi@camara.gov.br
. Miro Teixeira - PDT - dep.miroteixeira@camara.gov.br
. Nelson Bornier - PMDB - dep.nelsonbornier@camara.gov.br
. Otavio Leite - PSDB - dep.otavioleite@camara.gov.br
. Pastor Manoel Ferreira - PTB - dep.pr.manoelferreira@camara.gov.br
. Rodrigo Maia - PD - dep.rodrigomaia@camara.gov.br
. Rogério Lisboa - PD - dep.rogeriolisboa@camara.gov.br
. Sandro Matos - PR - dep.sandromatos@camara.gov.br
. Silvio Lopes - PSDB - dep.silviolopes@camara.gov.br
. Simão Sessim - PP - dep.simaosessim@camara.gov.br
. Solange Almeida - PMDB - dep.solangealmeida@camara.gov.br
. Solage Amaral - PD - dep.solangeamaral@camara.gov.br
. Suely - PR - dep.suely@camara.gov.br
. Vinicius Carvalho - PTdoB - dep.viniciuscarvalho@camara.gov.br

Recorde de processos trabalhistas

Estudo mostra que o Brasil é campeão mundial de ações na justiça
Eliane Canegal

O Brasil ganha mais um título para a sua lista de conquistas negativas. O país é campeão mundial em ações trabalhistas, com cerca de 2 milhões de processos por ano. Os dados constam no levantamento do sociólogo José Pastore, especialista em relações do trabalho há mais de 40 anos. “Nos Estados Unidos o número de processos não passa de 75 mil; na França, 70 mil; e no Japão, 2,5 mil processos”, diz o sociólogo.

Para se ter uma idéia da dimensão do problema, a cada R$ 1.000 julgados, a Justiça do Trabalho dispõe de R$ 1,300, calcula Pastore. O que significa gastos astronômicos. Só em 2005, foram pagos aos reclamantes R$ 7,19 bilhões e, em 2006, R$ 6,13 bilhões até setembro. Segundo dados do Tribunal Superior do Trabalho (TST), na média mensal, o volume de 2006 ficou 13% superior ao do período anterior.

e acordo com o sociólogo, o quadro caótico é resultado de numerosas falhas. Uma delas é a qualidade da legislação trabalhista, considera anacrônica, ultrapassada, detalhista e irreal. “Quando vejo 2 milhões de ações na Justiça, começo a achar que há alguma inadequação na nossa lei, que não foi feita para um mundo moderno, globalizado. O alto índice de ações não é um bom sintoma”, avalia o advogado Almir Pazzianotto, ministro do Tribunal Superior do Trabalho até 2002. Segundo ele, houve uma banalização da Justiça do Trabalho no Brasil. Qualquer fato é motivo para entrar com um processo trabalhista.

Contra a lentidão

O fato de se exigir mudanças no sistema não significa retirar do trabalhador a possibilidade de reivindicar seus direitos. Na opinião dos especialistas, o Brasil, a exemplo do que ocorre em vários países, deveria adotar mais os mecanismos de conciliação extrajudicial, como arbitragem e conciliação prévia.

De acordo com o TST, os números são exorbitantes. A cada 100 mil habitantes, 69 possuem um processo no TST, 298 nos TRTs e 1050 nas Varas trabalhistas. A maior proveniência das ações tem origem na indústria, com 21%.

fonte: www.elnet.com.br

Inglaterra terá apoio do governo para sediar Copa de 2018

O governo britânico informou hoje que dará total apoio para a candidatura da Inglaterra à Copa do Mundo de 2018. O anuncio foi feito após um estudo de viabilidade, que também prevê a utilização de algumas das obras que serão construídas para os Jogos Olímpicos de 2012, que acontecerá em Londres.

"Uma candidatura deste porte deve ter todo o auxílio do governo, como foi feito para ganharmos a briga pelos Jogos Olímpicos", contou a ministra da Cultura britânica, Tessa Jowell. "Agora, vamos nos reunir com os membros da Federação Inglesa de Futebol (FA) para lançarmos a candidatura no momento certo."

A Inglaterra, que já sediou a Copa de 1966, tentou organizar o Mundial de 2006. No entanto, o país escolhido pela Fifa foi a Alemanha.

"Sabemos do empenho do governo de trazer à Inglaterra os compromissos esportivos mais importantes do planeta", contou o diretor executivo da FA, Brian Barwick. "Temos uma estrutura que poucos países podem oferecer. Sei que temos condições", completou o dirigente.

fonte: AE (Agência do Estado)

Morales vem ao Brasil negociar preço do gás



O presidente da Bolívia, Evo Morales, chega a Brasília na próxima quarta-feira para uma visita oficial ao governo brasileiro. As negociações entre a boliviana YPFB e a Petrobras sobre o preço do gás vendido ao Brasil deverão dar o tom das conversas de Morales com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.


Segundo uma agenda preliminar fornecida pela embaixada da Bolívia no Brasil, Morales deve chegar a Brasília na manhã de quarta. Por volta das 10 horas, ele deverá ser recebido por Lula no Palácio do Planalto e, às 11 horas, os dois presidentes terão uma reunião de trabalho. Posteriormente, está previsto um pronunciamento à imprensa, sem lugar ainda definido.


Depois dos compromissos oficiais em Brasília, é provável que Morales siga viagem para o Rio de Janeiro ou para São Paulo. Mas essa parte do roteiro do presidente boliviano não está fechada.

fonte: www.un.com.br

Dólar fecha manhã em alta de 0,33%, cotado a R$ 2,114

O dólar comercial encerrou os negócios da manhã desta segunda-feira em alta de 0,33%, cotado a R$ 2,114 na compra e R$ 2,116 na venda. Na abertura dos negócios de hoje a moeda americana operava em alta, cotada a R$ 2,113.

Plenário pode votar projetos sobre segurança nesta semana



Nove projetos de lei sobre segurança pública estão na pauta desta semana do Plenário. A votação das propostas, prevista para quarta-feira (14), foi sugerida por deputados após o assassinato de um menino de seis anos na semana passada, no Rio de Janeiro. Em 2006, alguns parlamentares já haviam recomendado a votação dessas propostas, após uma série de ataques criminosos em São Paulo. A pauta do Plenário também inclui, entre outros itens, a votação da Super-Receita (PL 6272/05).

O Plenário terá sessões deliberativas de hoje, quarta e quinta-feira (15). Amanhã, o Plenário da Câmara transforma-se em comissão geral para debater o PAC, lançado no mês passado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Para prestar esclarecimentos sobre o programa, virão à Casa a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff; o ministro da Fazenda, Guido Mantega; e o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo. O Congresso Nacional deve votar oito medidas provisórias, três projetos de lei e dois projetos de lei complementar que integram o programa.

O presidente Arlindo Chinaglia lembrou que, nas sessões deliberativas, a Ordem do Dia será iniciada, impreterivelmente, às 16 horas. Se não houver quorum, a sessão será encerrada e os deputados que não tiverem marcado presença serão considerados faltosos.

Crimes hediondos
Entre os projetos sobre segurança pública que podem ser votados está PL 6793/06, do Poder Executivo, que torna mais rígida a progressão do regime prisional para os condenados por crimes hediondos. O projeto muda de 1/6 para 1/3 o tempo mínimo da pena para o preso poder requerer a mudança de regime.

Igual tempo é exigido pelo PL 4500/01, do Senado, também em pauta. De acordo com o substitutivo da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania para esse projeto, somente depois de cumprido 1/6 da pena o preso terá direito a benefícios como o de receber visitas.

Capes e Super-Receita
O primeiro item da pauta, no entanto, é o Projeto de Lei 7569/06, do Poder Executivo, que trata da participação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) na aplicação de cursos de formação inicial e continuada para professores da educação básica. O projeto tranca a pauta em razão da urgência constitucional .

Também com urgência, o PL 6272/05, da Super-Receita, já conta com parecer do deputado Pedro Novais (PMDB-MA) para as 35 emendas do Senado ao texto. O novo órgão, chamado Secretaria da Receita Federal do Brasil, deverá centralizar a arrecadação e a fiscalização dos tributos hoje administrados pela Secretaria da Receita Federal e pela Secretaria de Receita Previdenciária. Novais recomendou a aprovação integral de 16 emendas, a aprovação parcial de 2 e a rejeição de outras 17 emendas.

fonte: www.camara.gov.br

Informativo Rio 2007


Estamos em teste, breve notícias sobre o Rio.