quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Entenda polêmica sobre a proibição de biografias não-autorizadas

A polêmica sobre a publicação de biografias está no Supremo Tribunal Federal. A Associação Nacional dos Editores de Livros - Anel - entrou, no ano passado, com uma ação questionando dois artigos do Código Civil.
Um dos artigos determina que é preciso autorização para a publicação ou uso da imagem de uma pessoa. E que a divulgação de escritos, a transmissão, publicação ou exposição poderão ser proibidas se atingirem a honra, a boa fama, a respeitabilidade ou se tiverem fins comerciais. O outro artigo diz que a vida privada é inviolável.
A Associação dos Editores alega que a necessidade de autorização prévia é uma forma de censura. E que isso ataca  a Constituição, que prevê a liberdade de expressão e o direito à informação. Os editores pedem que o supremo declare a inconstitucionalidade parcial dos artigos, deixando claro que não deve haver autorização prévia para a publicação de biografias.
Os biógrafos defenderam o direito à liberdade de expressão. Em artigos publicados no jornal O Globo, disseram que a difamação deve ser punida pela Justiça. João Máximo, autor da biografia de Noel Rosa, afirmou: "Processe-se o biógrafo que injurie, calunie, difame ou fira a verdade em qualquer medida; mas respeite-se o que, ao biografar seriamente um homem público brasileiro contribua, de alguma forma, para contar um pouco da história do Brasil".
O escritor Laurentino Gomes disse: "Deixem que jornalistas, escritores e biógrafos trabalhem. Se eles mentirem ou cometerem injustiças, que sejam punidos de acordo com a lei. Mas sem censura".

O assunto é tão controverso que a relatora do caso, ministra Carmen Lúcia, decidiu realizar uma audiência pública, no fim de novembro, para ouvir os diferentes pontos de vista. O objetivo das palestras é ajudar os ministros a tomar posição sobre um assunto que, nos últimos meses, provocou um intenso debate entre artistas, que se posicionaram contra e a favor de biografias não autorizadas. Só depois das audiências é que o caso será julgado.

Por meio da associação Procure Saber, um grupo de artistas defende que as biografias precisam de autorização para serem publicadas. Mas afirmam que essa postura nada tem a ver com censura. Desse grupo fazem parte, entre outros, Roberto Carlos, Caetano Veloso e Chico Buarque.
Há seis anos, Roberto Carlos conseguiu, com uma ação na Justiça, proibir a biografia "Roberto Carlos em detalhes", escrita por Paulo César de Araújo, alegando invasão de privacidade. O caso foi lembrado em meio à polêmica sobre as biografias.
Em artigo no jornal O Globo, Chico Buarque defendeu o direito de Roberto Carlos preservar sua vida pessoal. E negou que tivesse dado entrevista para o livro de Paulo César Araújo.
Disse Chico Buarque: "Lamento pelo autor, que diz ter empenhado 15 anos de sua vida em pesquisas e entrevistas com não sei quantas pessoas, inclusive eu. Só que ele nunca me entrevistou".

Mas o autor comprovou a existência da entrevista com Chico Buarque, gravada em vídeo, que Paulo César divulgou na internet.

Chico Buarque reconheceu o engano. "No meio de uma entrevista de quatro horas, 20 anos atrás, uma pergunta sobre Roberto Carlos talvez fosse pouco para me lembrar que contribuí para sua biografia. De qualquer forma, errei e por isto lhe peço desculpas".

Outro que se manifestou foi Caetano Veloso. Também em artigo no jornal O Globo, ele disse: "Por que me somo a meus colegas mais cautelosos da associação Procure Saber, que submetem a liberação das obras biográficas à autorização dos biografados? Aprendi, em conversas com amigos compositores, que, no cabo de guerra entre a liberdade de expressão e o direito à privacidade, muito cuidado é pouco".

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, também já se manifestou sobre o assunto. Ele disse: "O ideal seria liberdade total de publicação, com cada um assumindo os riscos. Quem causar dano deve responder financeiramente". Barbosa defende o pagamento de multas para quem ofender a honra ou a privacidade de um biografado.

A professora de direito constitucional da Uerj Ana Paula de Barcellos acha que as biografias não devem ser submetidas à autorização prévia. Mas também considera importante proteger a privacidade do biografado. E explica que no caso de abusos, como calúnia ou difamação, a Justiça é quem dá a palavra final.

“Não precisam de autorização, mas elas devem respeitar a intimidade e a vida privada das pessoas. E diante de um conflito, quer dizer, o Judiciário é que vai resolver, que vai avaliar e com a possibilidade de mandar tirar, se for o caso, mandar proibir ou, e/ou,  determinar uma indenização, enfim. Aí diante do caso concreto o judiciário vai avaliar”, analisa Ana Paula.
O ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal, Carlos Veloso, considera que as biografias precisam ser autorizadas se abordarem a intimidade de pessoas públicas e no caso de artistas ele defende autorização prévia sempre.

“A pessoa pública que não é agente público ele tem o direito de dizer que não quero ser biografado. Eu acho que isso me parece normal. E com relação, então, ao direito, à intimidade e à privacidade, aí eu penso que é necessária a autorização”, disse Carlos Veloso, ministro aposentado do STF.  
O Congresso também entrou na polêmica das biografias. Um projeto em tramitação na Câmara acaba com a necessidade de autorização para a divulgação de imagens e informações com finalidade biográfica.
Uma proposta de emenda ao projeto prevê ainda que a pessoa que se sentir atingida poderá pedir à Justiça a retirada do trecho que conseguir provar que é ofensivo à honra. Mas, apenas em reedições da obra. O projeto ainda precisa ser votado na Câmara e no Senado. (G1/Redação)

Leo Gandelman faz apresentação gratuita no Leblon

O  Projeto Leblon Musique, do Shopping Leblon, recebe o saxofonista Leo Gandelman nesta quinta-feira, dia 31.  Acompanhado por piano, contrabaixo e bateria, o músico vai apresentar repertório do CD autoral “Vip Vop”, que traz sua visão pessoal de uma época importante para a música brasileira – década de 50 até meados de 6O.
O show terá composições inéditas de Leo em parceria com o pianista David Feldman, como as canções Sinal VermelhoNego tá SabendoLuz  AzulNuma BoaCamisa 7, entre outras, além de Reza, parceria de Edu Lobo e Ruy Guerra. A apresentação acontece no lounge do primeiro piso do shopping, às 19h30, com entrada gratuita. (Catraca/Redação)

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Adílson Batista é novo técnico do Vasco

Após demitir Dorival Júnior, na noite de segunda-feira, o Vasco já tem um novo treinador. Trata-se de Adílson Batista, que passou recentemente pelo Figueirense. Adílson teve como principal trabalho em sua carreira a passagem pelo Cruzeiro, entre os anos de 2008 e 2010. Com a Raposa, chegou à final da Libertadores.

Adílson, que está com 45 anos, nunca havia trabalhado no futebol carioca. Corinthians, Santos e São Paulo foram os outros clubes grandes que ele já dirigiu. Ele já está em São Januário para assinar o contrato válido até o fim do ano. A apresentação oficial acontecerá às 14h, de acordo com o site oficial vascaíno.

Adílson foi a terceira opção da diretoria do Vasco. Antes, os técnicos Joel Santana e Celso Roth foram procurados, mas declinaram ao convite. Joel por compromissos de propaganda e Celso porque pediu um contrato de um ano e salário considerado alto pela diretoria. No caso de Adílson, o técnico chega recebendo menos do que Paulo Autuori, que ganhava cerca de R$ 150 mil mensais.


Enquanto Adílson não assume o time, a comissão técnica fixa do Vasco, comandada pelo ex-zagueiro Jorge Luiz, realiza um treino tático com os jogadores em São Januário, na manhã desta terça. (Extra/Redação)




Cinema grátis para aposentados em São João de Meriti

Hoje (29), a cidade de São João do Meriti apresentará de forma gratuita o longa-metragem “Minha Mãe é uma Peça – O Filme”, para os aposentados e pensionistas cadastrados no Meriti-Previ,  a partir das 14h.

O projeto é realizado desde agosto e, uma vez por mês, oferece para os integrantes do Meriti Previ uma tarde de entretenimento e diversão.
A próxima exibição está prevista para o dia 28 de novembro, com a programação sendo definida em breve. O Meriti Previ fica n a rua Defensor Público Zilmar Duboc Pinaud, 220, Vilar dos Teles - centro - São João de Meriti. (Catraca/Redação)


quinta-feira, 24 de outubro de 2013

“Teatro a Rodo” por R$4 na Arena da Penha


Entre 25 e 26 de outubro, a Arena Carioca Dicró, na Penha, irá receber  o  "Festival Teatro a Rodo". O evento tem  cinco  espetáculos por dia e intervenções, totalizando 16h diárias de teatro. Participam do evento os trabalhos das companhias teatrais Anti Cia de Teatro, Cia EnvieZada, Cia Monte de Gente, Grupo Milongas, Grupo É-se e outras companhias convidadas, mobilizando mais de 40 artistas de diversas regiões da cidade.
Na sexta e no sábado, os espetáculos começam às 17h. Já no domingo, tem inicio às 11h. Os ingressos custam R$4 com direito a meia-entrada. (Catraca/Redação)


Comerciantes não abrem as portas após morte no Pavão-Pavãozinho

Parte do comércio nas imediações do Morro do Pavão-Pavãozinho, em Copacabana, Zona Sul, não abriu as portas na manhã desta quinta-feira. Um homem identificado como Tomaz Rodrigues Martins, de 30 anos, morreu baleado nesta madrugada na comunidade. Moradores disseram que a vítima residia na comunidade e era trabalhador.

Eles acusam PMs da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) pelo tiro fatal. O policiamento está reforçado. Até às 9h, apenas um supermercado funcionava normalmente.
Segundo PMs da UPP, houve um intenso tiroteio entre traficantes de facções rivais por volta das 3h e a polícia tentou intervir. Um homem foi encontrado baleado. Ainda de acordo com os militares, um outro homem não identificado também foi ferido, mas conseguiu fugir pela mata no alto do morro.
Cerca de 50 moradores desceram a Rua Saint Roman levando o ferido em uma tábua de madeira, usada como uma maca improvisada. A vítima foi deixada na esquina da Rua Sá Ferreira com a Avenida Nossa Senhora de Copacabana, uma das principais do bairro. O Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) esteve no local e constatou a morte do homem.

Grupo tenta fechar Nossa Senhora de Copacabana

Revoltados, os moradores chegaram a colocar a tábua com o morto na faixa de pedestre da Nossa Senhora de Copacabana e tentaram fechar a via, mas foram impedidos pela PM. O grupo também tentou usar pedras que estavam em uma caçamba de entulho, mas foram rechaçados pela polícia.
Policiais do 19º BPM (Copacabana), 23º BPM (Leblon) e de outras UPPs, como Vidigal e Chatuba, reforçaram o policiamento na região. Cerca de 100 deles subiram a comunidade. No início da manhã, PMs do Batalhão de Choque assumiram o policiamento nas imediações do acesso pela Rua Saint Roman.

A UPP do Pavão-Pavãozinho foi inaugurada há quase quatro anos. Segundo porteiros que trabalham em prédios próximos, o confronto teve início por volta das 3h. O segurança de um hotel na Avenida Nossa Senhora de Copacabana disse que a troca de tiros foi intensa. A recepção do estabelecimento chegou a ser trancada. Uma moradora de um edifício próximo afirmou ter ouvido até explosão de granada. Com medo, ninguém quis se identiciar.

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Motorista é condenado a pagar R$ 100 mil à mãe de jovem atropelada na Tijuca

Um motorista foi condenado pela Justiça do Rio a pagar R$ 100 mil à mãe de uma jovem de 29 anos que foi atropelada e morta na rua Uruguai, na Tijuca, na zona norte do Rio, em fevereiro de 2004. 

Na ocasião, o condutor encontrou uma vaga do outro lado da rua e cruzou a pista na transversal, depressa, sem perceber que a pedestre atravessava. De acordo com a decisão da 7ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, o motorista foi imprudente.  

O desembargador Luciano Rinaldi, relator do processo, alegou que “o réu faltou com o dever de cautela, assumindo o risco do evento morte ao pretender fazer manobra irregular, tendo confirmado o fato de que estava olhando para frente e para o lado esquerdo, pois o trânsito vinha desta direção, esquecendo-se de olhar para o lado direito, o que, no mínimo, deveria ter feito, já que sua manobra era perigosa e colocava em risco não apenas os outros veículos, mas, também, pedestres”. (R7/Redação)

Flamengo x Botafogo: Maracanã em noite de gala em jogo decisivo

O Alvinegro leva vantagem nos confrontos neste ano. Foram duas vitórias contra apenas uma do Rubro-Negro. Os dois empates por 1 a 1 só reforçam que o equilíbrio tem sido a tônica desse clássico nos últimos anos, o que torna impossível qualquer tipo de previsão.

“Como capitão, eu falaria para os meus companheiros que num jogo como esse tem de colocar o coração na ponta da chuteira. Vale tudo. Tem de lembrar da família, dos amigos, de milhões de torcedores. O jogador só vai ficar marcado na história do Flamengo com o título”, advertiu Leonardo Moura.

Ele disse ser enorme a emoção de jogar uma partida como essa no Maracanã: “A gente escuta mais o torcedor apoiando e cobrando. Vai estar lotado, e espero que venham outras decisões.”

O técnico Oswaldo de Oliveira espera o mesmo equilíbrio dos duelos anteriores: “Eu acho que não tem favorito por causa do retrospecto de confrontos. É um jogo bem disputado. Isso aconteceu nos últimos jogos contra o Flamengo e, com certeza, acontecerá de novo. Espero que o jogo seja bem jogado e termine com uma vitória do Botafogo”, disse o treinador.

Em sua primeira partida decisiva no Maracanã depois de passagem de cinco anos no Japão, Oswaldo não esconde a emoção por ser um dos protagonistas.

“O Maracanã é um espetáculo à parte. Não é a final da Copa do Brasil, mas significa muito avançar na competição. Por isso estou muito animado”, afirmou. (O dia/Redação)

terça-feira, 22 de outubro de 2013

ANS confirma que planos de saúde vão cobrir tratamento domiciliar de câncer

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) confirmou hoje (21) a inclusão de mais 87 procedimentos para beneficiários de planos de saúde individuais e coletivos que passam a valer a partir de janeiro de 2014. Pela primeira vez, ocorreu a inclusão de 37 medicamentos orais para o tratamento domiciliar de diferentes tipos de câncer. Outros 50 novos exames, consultas e cirurgias passam a fazer parte dos procedimentos que devem ser cobertos pelos planos.
Serão ofertados medicamentos para tratamento de tumores de grande incidência entre a população como os de estômago, fígado, intestino, rim, testículo, útero, ovário e mama. As propostas estavam em consulta pública, mas em maio o governo já havia decidido que estas mudanças seriam garantidas. Na época, os novos procedimentos eram 80, mas foram ampliados agora para 87. A lista de medicamentos também cresceu, passando de 36 para 37.
“Medicamento extra-hospitalar, principalmente para o câncer, passa a ser obrigatório para os planos de saúde. Medicamentos e procedimentos de assistência farmacêutica fora do hospital não eram obrigatórios para o plano de saúde. É uma mudança de paradigma para o que passa a ser obrigatório. E dá uma maior qualidade de vida ao paciente de câncer”, disse o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.
Foram incluídas no rol de procedimentos 28 cirurgias por videolaparoscopia, que é uma técnica menos invasiva, e a obrigatoriedade de fornecimento de bolsas coletoras intestinais ou urinárias para pacientes ostomizados. Além da inclusão de novos procedimentos, a ANS ampliou o uso de outros 44 procedimento já ofertados no rol da agência. Entre eles estão o exame de Pet Scan, que passa de três para oito indicações.
A ampliação beneficia 42,5 milhões de consumidores com plano de saúde de assistência médica e mais 18,7 milhões com planos exclusivamente odontológicos, de acordo com a ANS. Uma consulta pública foi feita pela agência para colher contribuições para a inclusão e ampliação do rol de procedimentos. Foram recebidas 7.340 contribuições e os consumidores foram responsáveis por 50% delas.
As listas de medicamentos orais para tratamento de câncer e de novos procedimentos podem ser consultadas no site da ANS. ( EBC/Redaçã)

Moraes Moreira, MV Bill e Maldita em shows gratuitos na PUC

Entre 21 e 25 de outubro, a PUC, na Gávea, celebra o Festival Primavera com shows e atividades culturais. Entre os nomes que se apresentam no evento estão Moraes Moreira e Davi Moreira com os 40 anos de “Acabou Chorare”; Mohandas; Abayomy Afrobeat Orquestra com participação de BNegão;  Maldita com sua mistura de metal, industrial e gothico;  MV Bill e Tia Surica.
Oficinas como “saúde feminina com ervas” com índios Aldeia Maracanã, “ confecção de livros artesanais” e “Agroecologia” estão na programação. Atividades como Massagem Holística, Yoga, Capoeira, maculele e Circo, malabares e acrobacias também acontecem.
A semana conta ainda com a  videoinstalação “Uso inteligente da cidade – Espanha 2013”, Bender Arruda, estudante de Cinema,  no Bosque da universidade. Local que também recebe as exposições de fotografia  “Estação Rio de Janeiro”, de Flávia Xavier e  “Caçadores de pipa”, Yulli Nakamura. As atividades tem inicio a partir das 9h.
O encerramento do Festival contará com um arrastão do Cinebloco pela rua Marques de São Vicente. As atividades são gratuitas, porém os shows são sujeitos a lotação. Confira a programação de hoje: (Catraca/Redação)
10h às 16h: Nokaya Slack Line – Bosque
10h: Oficina de filtro dos sonhos – Vila
11h30: Oficina de saúde feminina com ervas com índios Aldeia Maracanã – Bosque
13h30: “Movimento Quebra Tudo”, com o projeto de teatro “No Palco da Vida”. Direção: Wal Schneider – Anfiteatro
14h: Oficina de Pintura Pataxó com índios Aldeia Maracanã – Bosque
14h: Circo, malabares e acrobacias – Arrastão Bosque – Leme – Kennedy – Ginásio

15h / 15h40 – Autonomia
16h / 16h40 – Los Bife
17h / 17h40 – Cabrobrothers
18h / 18h40 – Planar
19h / 20h – Maldita
20h30 / 22h – MV Bill
- DJ Vitor Medin


segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Gabriel Pensador se apresenta no Sesc de São João de Meriti

O Sesc de São João de Meriti apresenta no dia 21 de outubro show de Gabriel Pensador, que divulga seu mais recente CD “Sem Crise“, com custo de R$ 12.

O cantor, muito conhecido por canções como Retrato de um Playboy, Cachimbo da Paz, Lôrabúrra, entre outras,  que nos faz refletir sobre as crises da vida, repensar atitudes e prioridades. (Catraca/Redação)

Passageiro que vai ao Centro deve ter muita atenção hoje

Passageiros de ônibus que circulam pela Região Metropolitana em direção ao Centro precisam ficar atentos hoje. Parte da frota de linhas municipais e intermunicipais que seguiria até o bairro mudará o trajeto para evitá-lo.
O objetivo é reduzir o fluxo nas avenidas Francisco Bicalho e Presidente Vargas. Até 20% dos ônibus que vêm de Niterói, São Gonçalo, Baixada Fluminense e Zona Oeste com destino ao Centro terão o trajeto alterado e farão o retorno no Instituto de Traumatologia e Ortopedia (Into), no Caju. Os coletivos terão adesivos identificando o itinerário.
É preciso observá-los para não ficar ‘no meio do caminho’. “Não haverá perda para o passageiro. São ônibus que chegavam ao Centro praticamente vazios. Parte irá retorna
sem acessar o bairro”, disse o secretário municipal de Transportes, Carlos Roberto Osório.

Para os motoristas que saem da Baixada e da Zona Oeste em direção à Zona Sul, a recomendação é usar rotas alternativas, como seguir por São Cristóvão, ir até a Tijuca e pegar o Túnel Rebouças.

No primeiro teste da Via Binário, ontem de manhã, o prefeito Eduardo Paes afirmou que as mudanças no trânsito com o fechamento da Perimetral causarão transtornos e pediu a compreensão da população. “A mobilidade no Centro do Rio é pateticamente caótica. Pior do que está não pode ficar”, acredita.

A medida faz parte do plano para evitar transtornos com o fechamento do Elevado da Perimetral e com a abertura da Via Binário, que estavam marcados para sábado, dia 19, mas foram adiados após notificação do Ministério Público Estadual. Para o MP, a prefeitura não cumpriu as exigências que previam a elaboração de um plano para amenizar os impactos negativos na região.

Novos documentos da prefeitura serão encaminhados ao órgão. A data de inauguração não foi definida. “Vamos analisar a racionalização nesta semana”, disse Osório. 

Perimetral estará liberada ao tráfego; Via Binário, não

O prefeito Eduardo Paes participou ontem do primeiro teste de interdição do Elevado da Perimetral (entre a Praça Mauá e o Viaduto do Gasômetro) e de abertura da Via Binário. A ação estava prevista para ser das 8h às 17h, mas começou com quase duas horas de atraso, às 9h50.
Hoje, a Perimetral estará liberada, e a via, interditada. Foi inaugurado ainda o Túnel da Saúde, um dos quatro previstos para a Binário e que tem passagem para pedestres.

Segundo o secretário de Transportes, Carlos Roberto Osório, o objetivo do teste não foi medir os impactos no trânsito, já que o fluxo aos domingos é pequeno. “O teste é operacional, de posicionamento dos agentes e verificação da estrutura viária”, explicou. 
O prefeito usou a expressão ‘para fazer omelete é preciso quebrar os ovos’ para confirmar que a inauguração da Via Binário irá gerar impactos e transtornos na cidade. Ainda segundo Eduardo Paes, a Perimetral será demolida ainda este ano.

Paes exalta trabalho dos ‘yellow blocs’

Devido ao uniforme amarelo, trabalhadores das obras do Porto Maravilha foram apelidados, por Eduardo Paes, de ‘yellow (amarelo em inglês) bloc’, em referência ao grupo ‘black blocs’. Ontem, no teste da Via Binário,Paes e operários simularam uma passeata cantando ‘Vem pra a Rua, Vem’. 
“Os yellow blocs da paz estão tomando conta do Rio de Janeiro. A cidade está acontecendo, o Rio não vai ficar parado, podem gritar, reclamar, mas vamos avançar. E os ‘yellow blocs’ é que vão comandar esse processo. Não vai haver força que vença os ‘yellow blocs’ do Paes”, disse. 
A Via Binário do Porto terá três quilômetros e meio de extensão, três faixas por sentido, dois túneis (da Saúde e do Binário; ainda está em construção). Em um dos sentidos, ligará a Rodoviária Novo Rio à Avenida Rio Branco. No outro, o trajeto parte da Rua 1º de Março em direção às alças do Viaduto do Gasômetro. Ontem pela manhã, os dois percursos eram feitos em cerca de dez minutos. 

O taxista José Carlos Santana, 51 anos, que vai ao Centro todos os dias, espera que a via melhore o tráfego. Ontem, ele disse não ter encontrado dificuldade em passar pela Binário para chegar ao Centro. “Havia guardas informando o novo trajeto. Espero que essa obra melhore o trânsito do Rio de Janeiro, que é bem caótico”, disse. 

BRT: PROMESSA DE CUMPRIR O PRAZO

Durante os testes de ontem na Via Binário, o prefeito Eduardo Paes comentou o atraso nas obras da Transolímpica, que tem gerado preocupação no Tribunal de Contas do Município (TCM). O órgão, inclusive, já fez cobranças à prefeitura, conforme O DIA mostrou ontem com exclusividade: 
“Conseguimos recentemente a licença ambiental do Inea. Para evitar desapropriações em Jacarepaguá, seguimos em direção à Colônia Juliano Moreira. Já em Magalhães Bastos, tivemos que negociar com moradores, com o Exército e com a Igreja”, disse, prometendo que o corredor será entregue no prazo, no fim de 2015. (O Dia/Redação)















    sexta-feira, 18 de outubro de 2013

    Serguei comemora 80 anos com show gratuito

    A lenda do rock nacional, Serguei chega aos 80 anos com disposição para continuar nos palcos. No próximo sábado, dia 19, o músico se apresenta na Arena Carica Chacrinha, em Barra de Guaratiba, às 19h, no Guaratiba Rock Fest.
    O show que terá como entrada 1kg de alimento não perecível, contará ainda com a banda Pandemonio. A noite terá também as bandas BR via Sol, Chinfra, Siri Atômico e Projeto Dilemma. (Catraca/Redação)

    Arena da Penha recebe tributo a Legião Urbana

    Nesta sexta, dia 18, a Arena Carioca Dicró, na Penha, recebe a banda Arte Profana em um tributo a Legião Urbana. Os músicos tocam os clássicos do grupo há mais de dez anos. Os ingressos custam R$20 com direito a meia entrada. O show começa às 21h. (Catraca/Redação)

    quinta-feira, 17 de outubro de 2013

    Horário de verão começa no próximo domingo

    A partir da 0h do próximo domingo (20), os moradores de três regiões do País devem adiantar os relógios em uma hora, quando passa a valer o horário brasileiro de verão. A mudança no ponteiro do relógio, que atinge os Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal, vai vigorar até dia 16 de fevereiro de 2014.
    A única mudança em relação ao ano passado é a saída de Tocantins, que participou da temporada 2012/2013 pela primeira vez. Já a Bahia, que participou em 2011, não fará parte da mudança este ano novamente. O objetivo do horário de verão é economizar energia.
    A alteração no horário ocorre sempre no terceiro domingo de outubro e termina no terceiro domingo de fevereiro do ano seguinte. O horário de verão é adotado sempre nessa época porque há um aumento da demanda de energia, motivado pelo calor e pelo crescimento da produção industrial às vésperas do Natal.
    No verão, os dias são mais longos por causa da posição da Terra em relação ao sol. Com isso, a luminosidade natural pode ser melhor aproveitada adiantando o relógio em uma hora.
    Nos últimos anos, segundo o Ministério de Minas e Energia, o horário de verão possibilitou uma redução média de 4,6% no consumo de energia no horário de maior utilização (horário de "pico"), que acontece entre 18h e 21h.
    Isso significa que as usinas deixaram de gerar, no horário de maior carga, cerca de 2.000 megawatts a cada ano, ou 65% da demanda média anual do Rio de Janeiro, ou 75% da de Porto Alegre.
    Segundo o Ministério de Minas e Energia, a desconcentração da demanda com o horário de verão reduz o risco de problemas nas linhas de transmissão, nas subestações e no sistema de distribuição, o que, eventualmente, poderia afetar todo o sistema de fornecimento de energia elétrica. (R7/Redação)

    8ª edição do Arte em Laranjeiras e Cosme Velho

    A oitava edição do projeto ARTE EM LARANJEIRAS E COSME VELHO invade os dois bairros do dia 18 ao dia 27 de outubro, com vários artistas, de diferentes áreas, apresentando seus trabalhos em restaurantes, jardins, praças, clubes e ateliês.

    Essa vasta programação se inicia no Colégio Amaro Cavalcanti e nesta edição,  haverá o lançamento do livro II ANTOLOGIA- “VERSO E PROSA”, audições musicais com  Diácono Roberto Guedes que cantará canções do  CD  “Olhar do Senhor”: Ave Maria de Schubert, e Alceu Nobre que trará o Show Clube Bossa Jazz para o coquetel. (Catraca/Redação)

    quarta-feira, 16 de outubro de 2013

    Ônibus invade bar no Riachuelo

    Um ônibus invadiu um bar na Rua 24 de Maio, altura da Rua Henrique Dias, no Riachuelo, bairro da Zona Norte do Rio. Segundo os Bombeiros, 18 pessoas com ferimentos leves foram atendidas no local, mas ainda não se sabe se serão levadas para algum hospital.

    Segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, uma faixa da Rua 24 de Maio foi interditada ao tráfego. Motoristas encontram retenção no local. ( O Dia/Redação)

    terça-feira, 15 de outubro de 2013

    Teatro Sesi homenageia 100 anos de Vinicius de Moraes

    Teatro Sesi comemora os 100 anos do poeta Vinícius de Moraes com um evento gratuito que mostra o acervo sobre a vida e a obra de um dos maiores artistas brasileiros de todos os tempos, que fica em cartaz até o dia 7 de dezembro.

    A exposição “Vinicius- 100 anos”  é uma coletânea de cerca de 200 itens, de obras e curiosidades do poeta.
    Fotos de várias fases da vida do poetinha, nascido no Rio de Janeiro, vão estar presentes na mostra, além de poesias, frases, figurinos desenhados por ele e informações curiosas, como diplomas que mostram o êxito alcançado em diversas disciplinas escolares. Um texto em que Vinícius se descreve, em formato de auto-retrato, também estará exposto. O Teatro Sesi fica na rua Graça Aranha, 01, de 15/10 a 07/12, segunda a sexta, de 10h às 20h, sábados das 16h às 20. (Catraca/Redação)







    No Dia do Professor, categoria faz assembleia e protesto no Rio

    Os professores estaduais e municipais do Rio marcaram para esta terça-feira, dia 15 - Dia do Professor - protestos no Centro do Rio. A categoria, que está em greve há dois meses, cobra melhores salários e condições de trabalho, e criticam o plano de cargos e salários aprovado pela Câmara de Vereadores. Uma grande passeata tem seu início previsto para as 15h, na Candelária, no Centro.  
    O Sindicato Estadual dos Professores da Educação (Sepe) se reúne com a categoria no Clube Municipal, na Tijuca, para decidir os rumos da greve dos profissionais municipais, em uma assembleia marcada para às 11h.
    Nas redes sociais, os grupos Anonymuos e Black Blocs RJ convocam a população para o que eles chamam de "15 de Outubro Negro". Nesta segunda-feira (14), mais 90 mil presenças estavam confirmadas para o ato. A Polícia Militar preparou um esquema de segurança com reforços para acompanhar os protestos. Policiais de batalhões da Região Metropolitana, como Niterói e São Gonçalo, estão escalados. As fachadas de prédios históricos estão recebendo reforço com barras de aço e tapumes. Equipes do Ministério Público Estadual irão acompanhar o ato e registrar o comportamento de manifestantes e policiais militares
    Protestos pelo Brasil
    Nesta terça-feira, haverá manifestações em pelo menos 15 cidades brasileiras. Os atos pela educação têm diferentes pautas, mas todos citam a necessidade de melhorias no ensino público e o apoio aos professores do Rio, que estão em greve desde o dia 8 de agosto. Mais de cem mil pessoas confirmaram pela Internet a presença nas ruas do Rio, Macaé, São Paulo, Brasília, Goiânia, Belo Horizonte Juiz de Fora, Curitiba, Londrina, Cascavel, Salvador, Recife, Fortaleza, João Pessoa e São Luís.
    Em São Paulo, a manifestação está marcada para às 18 horas, no Largo da Batata, zona oeste da cidade. Entre as pautas do protesto estão o reajuste salarial para os professores da rede estadual e eleições diretas para a escolha do reitor da Universidade de São Paulo. Os alunos da USP pretendem caminhar até o Palácio dos Bandeirantes, no Morumbi, zona sul da cidade, onde esperam ser recebidos pelo governador Geraldo Alckmin para debater as reivindicações do movimento. A Reitoria está ocupada desde 1.º de outubro. Na Unicamp, que também pretende participar do encontro, a ocupação teve início no dia 3. (JB/Redação)

    segunda-feira, 14 de outubro de 2013

    CCBB recebe exposição de Yayoi Kusama

    Uma das artistas japonesas mais vibrantes e surpreendentes em atividade, Yayoi Kusama conquistou a cena mundial de arte contemporânea com performances, videoarte, filmes, pintura, desenho, escultura, instalação, moda, poesia, ficção e "happenings" ao longo de cerca de seis décadas de carreira.
    A exposição estreou dia 12 de outubro e vai até o dia 12 de janeiro de 2014, o CCBB apresenta a primeira exposição panorâmica da artista no Rio de Janeiro, produzida pelo Instituto Tomie Ohtake, em colaboração com o estúdio de Yayoi. Com o título de “Obsessão Infinita”, a mostra traz uma centena de obras (realizadas entre 1949 a 2012) com a curadoria de Philip Larratt-Smith (curador do Malba – Fundación Constantini, Buenos Aires) e de Frances Morris (curadora da retrospectiva da Kusama na Tate Modern de Londres). Um dos destaques da mostra é a instalação “Dots Obsession”, que traz seu conhecido padrão de pontos e bolas coloridas.
    Yayoi Kusama (1929) começou a realizar seus trabalhos poéticos e semi-abstratos em papel nos anos 1940, antes de sua celebrada série “Infinity Net” (Rede Infinita), no final dos anos 1950 e no início dos 1960. Essas pinturas originais são caracterizadas pela repetição obsessiva de pequenos arcos pintados, aglutinados em padrões rítmicos maiores. Sua mudança para New York, em 1957, foi um divisor de águas para a artista.
    Foi nessa época que entrou em contato com Donald Judd, Andy Warhol, Claes Oldenberg e Joseph Cornell. Sua prática de pintura abriu caminho para esculturas delicadas, conhecidas como “Accumulations” (acumulações) e, em seguida, para performances e happenings que se tornaram selos da subcultura marginal e renderam, para a artista, notoriedade e a atenção das principais correntes críticas de então.
    Em 1973 Kusama retornou ao Japão e, desde 1977, vive voluntariamente em uma instituição psiquiátrica. O caráter psicológico singular e pronunciado de seu trabalho sempre foi combinado com uma generosa dose de reinvenção e inovação formal, o que lhe permite dividir sua visão única com um público mais amplo, através do espaço infinitamente espelhado e da repetição obsessiva de pontos que caracteriza sua obra.
    “Minha arte é uma expressão da minha vida, sobretudo da minha doença mental, originária das alucinações que eu posso ver. Traduzo as alucinações e imagens obsessivas que me atormentam em esculturas e pinturas. Todos os meus trabalhos em pastel são produtos da neurose obsessiva e, portanto, intrinsecamente ligados à minha doença. Crio peças, mesmo quando não vejo alucinações", conta a artista.
    Em seus trabalhos mais recentes, Yayoi renovou o contato com seus instintos mais radicais em instalações imersivas e colaborativas – peças que fizeram dela, com justiça, a artista viva mais celebrada do Japão.
    O CCBB funciona de quarta a segunda, das 9h às 21h, na Av. Primeiro de Março 66, Centro. (ArtRio/Redação)

    sexta-feira, 11 de outubro de 2013

    Curta bem a infância

    Do alto do Pão de Açúcar à região portuária, a animação está garantida para toda a família no fim de semana do Dia das Crianças. E melhor: tudo a preço acessível.

    Tem até teatro para bebês. Criado por Lucianna Martins, os pequenos são convidados a entrar em todos os objetos de cena do musical "A fada azul e arca de Noé", no teatro Miguel Falabella (Norte Shopping, av. Dom Helder Câmara, nº 5.335. Sábado e domingo, às 16h, R$ 40).

    Já a rede Viena, de restaurantes, crianças de 1 a 12 anos, acompanhados por um adulto pagante amanhã, garante um prato à la carte ou minirrodízio, com bebida inclusa (www.viena .com.br).

    No Parque das Ruínas (rua Murtinho Nobre, 169, Santa Teresa), no domingo às 11h, tem apresentação gratuita da peça infantojuvenil "O reino do feijão preto".

    Programe-se:

    • Dia das Crianças no MAR.

    O Museu de Arte do Rio tem programação especial até domingo. Destaque para a peça "O homem que vendia palavras" de Ignácio de Loyola Brandão. R$ 8. Livre, às 14h e 16h. Crianças até 12 anos não pagam.


    • Entre 10h e 16h, de amanhã, figuras de "Monstros S.A" e "Angry Bird's brincam com a criançada. Haverá distribuição de chocolate. No Pão de Açúcar (av. Pasteur, 520, Urca, tel. 2546-8400). R$ 53 (adultos) e R$ 23 (crianças). (Metro/Redação)




    Polícia investiga causa da morte de quatro bebês em hospital no Rio


    A Polícia Civil está investigando as causas da morte de quatro bebês no Hospital Maternidade Maria Amélia Buarque de Hollanda, no centro do Rio. As mães deram entrada no hospital no último dia (4) e os bebês ficaram internados na UTI Neonatal, mas morreram três dias depois.
    A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que lamenta o ocorrido e que a direção da maternidade está à disposição das famílias para prestar os esclarecimentos sobre o atendimento e "que todos os óbitos materno infantis são investigados por comissões, tanto na unidade onde o fato ocorreu quanto na SMS".
    A maternidade esclareceu à secretaria que a paciente, Mayara da Silva Rosa, foi internada na noite do dia 4 em trabalho de parto. Ela foi encaminhada ao Centro de Parto Normal e assistida pela equipe obstétrica do hospital, com avaliações periódicas da vitalidade fetal. A equipe médica decidiu fazer a cesariana ao constatar a presença de líquido meconial espesso. O bebê foi encaminhado à UTI Neonatal, mas morreu no dia 6.
    A outra paciente, Carla Marins da Silva, segundo a secretaria, deu entrada na unidade no dia 4, após rompimento da bolsa, mas sem estar em trabalho de parto. Ela foi internada para acompanhamento com cardiotocografia para avaliação do bem-estar fetal, com padrão tranquilizador, quando apresentou evolução espontânea do trabalho de parto e, às 13h45 do mesmo dia, ocorreu nascimento, de parto normal, que evoluiu com síndrome de aspiração meconial. O recém-nascido foi internado na UTI Neonatal e morreu no dia 7. Outros dois casos também estão sendo investigados pela polícia.
    A Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia do Rio de Janeiro (SGORJ) informou que vai encaminhar para o Ministério Público Estadual e para o Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Cremerj) uma carta formal pedindo a investigação dos casos de mortes de bebês na unidade hospitalar.
    A conselheira do Cremerj e obstetra Vera Fonseca disse que a cesariana não tem risco e deve ser feita no momento correto. "A gente sempre prioriza que o acompanhamento do trabalho de parto se faça com precisão e seja feito por médicos especialistas. A cesária não tem risco e ela é colocada como vilã, mas ela quando feita no momento correto, salva a vida da mãe e do feto. A indicação da cesária deve ser precisa e feita na hora certa. Se o parto normal houver alguma intercorrência, a cesária é indicada para não ocorrer o sofrimento fetal", explicou Vera.
    Ainda de acordo com Vera, "tem partos que demoram 12 horas e acontecem bem, outros que demoram menos tempo e têm problemas. O acompanhamento do parto deve ser feito com a maior atenção possível. A gente deseja que todas as maternidades tenham uma equipe completa para os partos", disse.
    De acordo com a delegada Karina Regufe, da 5ª Delegacia de Polícia  (Mem de Sá), responsável pelo inquérito, os exames de pré-natal estão sendo analisados e testemunhas estão sendo ouvidas. As documentações das mães e dos bebês foram solicitadas ao hospital para que sejam encaminhadas à perícia. A policial também solicitará as escalas de plantão dos dias em que as mães estiveram lá, para que os funcionários que as atenderam sejam intimados para prestar depoimento. Ainda segundo a delegada, um inquérito foi instaurado e as investigações estão em andamento. (JB/Redação)

    quinta-feira, 10 de outubro de 2013

    Queda de marquise mata uma pessoa e deixa sete feridos na zona norte do Rio

    Uma pessoa morreu e sete ficaram feridas, em consequência da queda da marquise da filial da loja de varejos Citycol, na Estrada do Portela, em Madureira, zona norte da capital fluminense. De acordo com bombeiros do Quartel de Campinho, as vítimas foram levadas para o Hospital Carlos Chagas, em Marechal Hermes. O homem que morreu trabalhava como vendedor ambulante no bairro. Entre os feridos estão dois soldados do Corpo de Bombeiros que socorriam as vítimas. Um deles teve a perna fraturada.
    A Estrada do Portela é uma das mais movimentadas vias de Madureira e fica perto da Estação Ferroviária de Magno e da sede da Escola de Samba Império Serrano. Na hora do acidente, milhares de pessoas voltavam para casa. De acordo com os bombeiros, por sorte não houve uma tragédia, pois no momento do desabamento, por volta das 20h, o movimento era intenso na região.
    A loja estava em reforma na parte interna. A Estrada do Portela, principal ligação entre os bairros de Madureira e Oswaldo Cruz, ficou fechada ao tráfego de veículos por mais de duas horas para facilitar o trabalho das equipes de socorro do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil.(JB/Redação)

    Sesc Tijuca apresenta Guilherme Arantes, Sandra de Sá e Luiz Melodia

    O Sesc Tijuca recebe apresentações dos cantores Guilherme Arantes, Sandra de Sá e Luiz Melodia,  nos dias 11,12 e 13, respectivamente, com ingressos a preços populares (R$ 20).

    Os shows, programados para comemorar o feriado de 12 de outubro,  contarão com novas músicas, assim como os antigos sucessos dos artistas em questão.
    Guilherme Arantes apresentará o disco “Condição Humana”, passando por sucessos como “Cheia de charme” e “Planeta Água”. Já Sandra de Sá  se encarregará de tocar hits como “Bye, Bye tristeza” e “Olhos Coloridos”. Para fechar a programação, Luiz Melodia  apresenta clássicos como “Codinome Beija-Flor” e “Pérola Negra”. (Catraca/Redação)

    quarta-feira, 9 de outubro de 2013

    Centenário de Mazzaropi vira mostra na Caixa Cultural

    Entre 8 e 20 de outubro, a Caixa Cultural comemora os 100 anos de Mazzaropi com uma mostra que reúne 26 filmes do ator, diretor, roteirista e produtor brasileiro. Durante 12 dias, a mostra exibirá a cinematografia do caipira em “Mazzaropi – O Jeca Fez 100 Anos!”.
    Títulos como: “Jeca Contra o Capeta”, “O Puritano da Rua Augusta” e “Jecão, um Fofoqueiro no Céu”, produzidos nos estúdios da Produções Amácio Mazzaropi (PAM) Filmes, em Taubaté (SP), estão na programação. As sessões acontecem a partir das 17h30, durante a semana e no fim de semana, a partir das 13h.
    Paralelo à mostra, haverá também um debate, duas palestras e um curso de capacitação, sobre o homenageado, ministrado pela pesquisadora Silvia Oroz. O ingresso para cada um dos filmes custa R$ 4  com direito a meia.  Mais informações, como a participação nas palestras e curso, no site da Caixa Cultural. (Catraca/Redação)

    Morre, aos 78 anos, a atriz e cineasta Norma Bengell

    A atriz e cineasta Norma Bengell, de 78 anos, morreu na madrugada desta quarta-feira, no Rio. Ela estava internada desde o último sábado no Hospital Rio-Laranjeiras, em Botafogo, Zona Sul, vítima de problemas respiratórios devido a um câncer no pulmão direito, que foi diagnosticado há seis meses.

    Durante a internação, segundo familiares, Norma estava lúcida, mas não conseguia reconhecer algumas pessoas. A atriz enfrentava problemas de saúde desde 2010, quando sofreu duas quedas dentro de casa. Por conta desses acidentes, ela teve um problema na coluna e não conseguia andar.




    Carreira de sucesso
    Celebrizada na tela grande a partir de um polêmico nu frontal, o primeiro do cinema brasileiro, em "Os cafajestes" (1962), Norma Aparecida Almeida Pinto Guimarães D´Áurea Bengell conseguiu ir muito além de sua beleza - e mais além ainda das experiências estéticas do Cinema Novo - aos longo de seus 50 anos dedicados ao audiovisual. Começou a atuar pela chanchada mais bem-sucedida da história do mercado exibidor nacional, "O homem do Sputinik" (1959). Ali, sob a batuta de Carlos Manga, seus olhos gulosos e a voz aveludada seduziram Oscarito, seu parceiro de cena, e uma multidão de pagantes (estimada em oito milhões e meio). Depois dela, Norma passou pelas mãos de realizadores autorais como Walter Hugo Khouri ("Noite vazia"), Julo Bressane ("O anjo nasceu"), Paulo Cézar Saraceni ("A casa assassinada"), Glauber Rocha ("A idade da Terra") e Ruy Guerra, que tirou sua roupa para o prazer do "cafajeste" Jece Valadão e de uma multidão de 2 milhões de pagantes, e voltaria a escalar a atriz para seu mítico "Os deuses e os mortos" (1970), aclamado no Festival de Berlim.

    Durante toda a década de 1960, mesmo diante do estrelato de atrizes como Odete Lara e Isabella, Norma manteve o primeiro lugar como rosto mais bonito (e presença mais enigmática) do cinema nacional, sendo exaltada em críticas europeias nos "Cahiers du cinéma", a bíblia da intelectualidade francesa. Com o tempo, a opção por papéis mais sofridos, sempre às raias do trágico, como a mãe de família Felicidade, de "Mar de Rosas" (1977), aproximou Norma das grandes musas do celuloide europeu. Para Glauber Rocha, ela era o símbolo da "força telúrica do útero da mulher brasileira".

    Mas Norma, nutrida por toda a sua experiência acumulada como intérprete, resolveu se arriscar pela direção no fim da década de 1980. Nascida em 21 de setembro de 1935, ela virou cineasta ao filmar os bastidores da Semana de Arte Moderna de 1922 em "Eternamente Pagu" (1987). Dez anos depois, arriscou-se pelo Romantismo indigenista de José de Alencar ao filmar "O guarani", com Marcio Garcia e Tatiana Issa, que lhe rendeu uma série de acusações de prestações de contas irregulares e mau uso de verbas públicas. Ela dirigiria ainda o documentário "Infinitamente Guiomar Novais" (2003), mas já sob a patrulha da classe cinematográfica, que acabou rejeitando a diva de outrora.

    Norma era uma das raras atrizes brasileiras que chegaram a uma grande popularidade mesmo com escassas participações na televisão. Em 1981, a atriz fez a novela "Os adolescentes", de Ivani Ribeiro, na Bandeirantes. Logo em seguida, na mesma emissora, participou de um enorme sucesso: foi Nena em "Os imigrantes", de Benedito Ruy Barbosa. Em 1983, foi para a TV Globo fazer a minissérie "Partido alto", de Braulio Pedroso (1984). Em 1989, a atriz voltaria aos folhetins em "O sexo dos anjos", trama também de Ivani. Mais recentemente, em 2006, a diva fez "Alta estação", uma novela juvenil da Rede Record. Entre 2008 e 2009, ela fez rir na série de humor "Toma lá, dá cá", da Globo, como Deise Coturno. (Extra/Redação)