quinta-feira, 31 de maio de 2007

Tecnologia para combater engarrafamentos


Para debater o uso de cartões inteligentes em carteiras de motoristas e seu impacto no trânsito, o Secretário Municipal de Transportes, Deputado Federal Arolde de Oliveira esteve na Associação Comercial do Rio de Janeiro, onde afirmou que o crescimento do número de carros nas cidades da Região Metropolitana tem sido administrado com o uso da tecnologia.
Segundo Arolde, “o emprego de cartões inteligentes em carteiras de motoristas aparece como instrumento indispensável para melhorar a qualidade das relações e da circulação no espaço público, combatendo a redução da mobilidade do cidadão.”
Arolde de Oliveira debateu o tema ao lado do presidente do Conselho Empresarial de Telecomunicações, Sergio Cavina Boanada, que focalizou o impacto dos cartões inteligentes na segurança de trânsito e redução de fraudes.
(Blog Arolde de Oliveira/ 31.05.07)

Trampolins do Maria Lenk são instalados


Para os Jogos, serão colocados dois na plataforma de 1m e três na plataforma de 3m

Os trampolins do Parque Aquático Maria Lenk, localizado no Complexo Esportivo do Autódromo, em Jacarepaguá, começaram a ser instalados nesta segunda-feira. Serão colocados dois trampolins na plataforma de 1m e três na plataforma de 3m para as competições dos Jogos Pan-americanos Rio 2007.

As plataformas, cinco no total (1m, 3m, 5m, 7,5m e 10m), estão prontas e serão utilizadas para os saltos ornamentais. Os atletas poderão subir pela escada ou pelo elevador, que ainda está sendo montado por operários.

A piscina olímpica, para provas de natação e revezamento, está totalmente cheia e com água tratada. A de nado sincronizado e saltos ornamentais, com cinco metros de profundidade, também está cheia, e a água recebe tratamento. As duas piscinas contam com a "borda prainha".

Após o Pan do Rio...

No futuro, todo o equipamento do Parque Aquático vai sediar a Faculdade Carioca de Esportes Aquáticos, que terá, entre outras finalidades, a de formar e aperfeiçoar atletas, prepará-los para competições e servir como equipamento de padrão olímpico.

GloboEsporte

Ônibus sumido deve voltar a circular

Jornal Expresso - 31/05/07

O sumiço de uma linha inteira de ônibus - a 780 (Madureira-Benfica), da viação Santa Maria, sem que a prefeitura percebesse por mais de um mês, tem explicação.

A Secretaria de Transportes dispõe de 90 fiscais para controlar 640 itinerários. Ou seja, um agente para aproximadamente sete trajetos. Para evitar novos problemas como esse, o secretário Arolde de Oliveira se reúne hoje com os donos da empresa para lhes dar um ultimato: ou a Santa Maria retorna a operação imediatamente, sob pena de multa, ou a linha será licitada. Se os empresários se recusarem, a 780 será entregue a outras viações que façam trajetos semelhantes.

Mas o secretário também reconhece a deficiência da fiscalização nas ruas.
"Manter um fiscal por linha é inviável. Mas temos a nossa ouvidoria (2286-8010 e o site www21.rio.rj.gov.br/siso/internet/ouvidoria.htm), por onde as pessoas podem nos encaminhar denúncias".

quarta-feira, 30 de maio de 2007

Anfitrião carioca dará café da manhã 3 estrelas no Pan


Foi lançada a carta de compromisso a ser assinada pelos proprietários de imóveis interessados em aderir à rede de hospedagem domiciliar para turistas que vierem ao Rio para o Pan, organizada pela Secretaria municipal de Turismo.
Quem aderir ao programa participará da chamada Rede Carioca de Anfitriões, a ser mantida mesmo após os Jogos Panamericanos.
O documento exige que cada quarto reservado para os hóspedes tenha no mínimo oito metros quadrados, armário e mesa de cabeceira. Os colchões e travesseiros devem ser mantidos limpos e as roupas de cama e banho, trocadas a cada quatro dias. No café da manhã, deverão ser servidos no mínimo pães frescos, manteiga, geléia, suco de frutas, leite, café e chocolate.
(O Globo- 30.05.07)

Arolde de Oliveira: público do Parapan será atendido


O Secretário Municipal de Transportes Arolde de Oliveira afirmou em entrevista à rádio CBN que para o acesso do público aos jogos Parapanamericanos, de 12 a 19 de agosto, em locais como a Barra da Tijuca, Deodoro e no Engenhão (Engenho de Dentro), a Secretaria Deficiente-Cidadão está realizando uma pesquisa para prever o número de cadeirantes interessados em assistir às provas e, a partir disso, montar um esquema com ônibus especiais e outros tipos de transporte. Atualmente, há 48 ônibus adaptados com elevadores e uma frota de táxis também especiais. Há cerca de 137 mil deficientes cadastrados.
Segundo Arolde, a mobilidade dos 1.300 atletas da família Parapan já está equacionada, inclusive o deslocamento dos locais de estacionamento aos das provas.
Será providenciado,por exemplo, o transporte do estacionamento do Campus Francisco Negrão de Lima (UERJ/Maracanã) ao estádio.
Para o Secretário de Transportes do Rio, a preocupação da sua equipe está no planejamento do dia da abertura, uma sexta-feira, no Estádio do Maracanã. Para ele, é importante que o trânsito dos moradores das redondezas não seja prejudicado nem o fluxo dos motoristas que se dirijam aos subúrbios.
A seu ver, a própria população evitará deslocamentos e o comércio também deverá fechar mais cedo. O fato do evento ser num mês de férias e inverno _ quando o trânsito da Orla está menos sobrecarregado _ são fatores que concorrerão para a fluidez, segundo o Secretário de Transportes do Rio.
Em relação às providências extra-Pan para a melhor mobilidade dos cadeirantes que contam com gratuidade no transporte, Arolde de Oliveira anunciou que está em estudos um programa de atendimento agendado para garanti-la.
30.05.07

terça-feira, 29 de maio de 2007

Rio Ônibus assume Terminal Alvorada, na Barra

A Prefeitura transfere hoje para a Rio Ônibus a administração do terminal rodoviário Alvorada, na Barra. A estimativa é que sejam necessários R$ 500 mil para reformá-lo, já que é prioritário para os jogos do Pan. As obras deverão começar imediatamente e estar concluídas em 30 dias. A Rio Ônibus vai implantar nova iluminação e pretende buscar parcerias para a exploração comercial de quiosques.

Proprietário da rede MultiMarket é preso por vender produtos fora da validade

Rio - O proprietário da rede de supermercados MultiMarket, Luiz Carlos Correia da Silva, foi preso em flagrante no início da tarde desta terça-feira por policiais da Delegacia do Consumidor (Decon).

Diversos produtos vencidos e fora das normas sanitárias vigentes foram encontrados expostos à venda no Mercado Master Rio de Campo Grande, que pertence à rede. Ele pode ter pena de dois a cinco anos de detenção por causa do crime.

A Operação "Boas Compras" continua. (Rio/O Dia Online - 29/05/05)

Hillary Clinton no Pan


A senadora Hillary Clinton virá ao Rio para a abertura do Pan. Deu na coluna Ancelmo Gois, do jornal O Globo. 29.05.07

Estado vai dar até passagem aérea a consumidor que exigir nota fiscal

O Dia - 28/5/2007

Rio - A Secretaria Estadual de Fazenda prevê lançar nas próximas semanas o ‘De olho na águia’, programa de milhagem de nota fiscal que dará até passagens aéreas aos consumidores que mais juntarem cupons.

O objetivo é aumentar a arrecadação dos tributos, sobretudo o ICMS, e combater a sonegação no comércio.
Assim como fazem as companhias aéreas, o estado dará cartão magnético aos interessados em juntar as ‘milhas’. Também está previsto conceder descontos nos impostos aos campeões de notas do programa.

“Quanto mais pontos acumulados, melhor será o prêmio. Com isso, ganham o consumidor, o comércio e o estado”, destacou o secretário de Fazenda, Joaquim Levy. Os consumidores deverão sempre pedir a nota toda vez que comprarem algum produto ou serviço.

Os estabelecimentos que quiserem aderir ao programa de fidelidade ganharão adesivos que serão colados nas vitrines. O nome da campanha é referência ao símbolo do estado, a águia, que também figura na bandeira do Rio de Janeiro.

Brasileira fica em segundo lugar no Miss Universo-2007


MÉXICO (AFP) - A brasileira Natália Guimarães, de 22 anos, ficou na segunda posição do Miss Universo-2007, disputado na noite desta segunda-feira na Cidade do México, perdendo a coroa de mulher mais bonita do mundo para a candidata do Japão.

A representante japonesa, Riyo Mori, de 20 anos, conquistou o título do concurso, realizado no Auditório Nacional da capital mexicana, ao superar candidatas de 76 países.

Ly Jonaitis, 21, representante da Venezuela, ficou na terceira posição do Miss Universo-2007, que é patrocinado pelo milionário americano Donald Trump, à frente da sul-coreana Honey Lee (quarta) e da americana Rachel Smith (quinta).

Antes da premiação final, a chinesa Ningning Zhang, de 20 anos, foi eleita Miss Simpatia, e a filipina Anna Theresa Licaros, 22, Miss Fotogenia.

A grande vencedora da noite, a representante japonesa Riyo Mori, foi coroada com uma tiara de diamantes e pérolas no valor de 250 mil dólares por sua antecessora, a porto-riquenha Zuleyka Rivera, e admitiu: "Estou realmente muito feliz, ainda não posso acreditar".

AFP

Brasil pode ter trem-bala entre Rio e São Paulo

SÃO PAULO, 29 de maio de 2007 - A construção de um sistema de trem-bala que conectaria as principais cidades do Brasil, com um investimento de US$ 9 bilhões, poderá começar a partir de 2008, anunciou ontem um comunicado do Ministério dos Transportes. Até agosto deste ano, o governo planeja abrir concorrência para a construção de uma via de 403 quilômetros entre o Rio de Janeiro e São Paulo.

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, se reunirá esta semana com representantes do Banco Internacional Europeu durante uma viagem que realizará a Itália. Segundo Dilma, a instituição está interessada em financiar o projeto.

As autoridades brasileiras já aprovaram a realização dos estudos de viabilidade para o sistema de alta velocidade e a agência de proteção ambiental Ibama analisa o impacto do projeto. Companhias brasileiras, sul-coreanas, italianas e francesas mostraram interesse na construção do sistema, que pode levar aproximadamente sete anos para entrar em operação. O trem-bala entre Rio de Janeiro e São Paulo percorrerá em uma hora e meia a distância entre as duas cidades, se tornando uma forte concorrência à aviação local.

InvestNews

segunda-feira, 28 de maio de 2007

PM gasta, mas micros somem

Técnicos da Controladoria Geral da União (CGU) descobriram que a Polícia Militar comprou, mas não recebeu 31 computadores. As máquinas foram adquiridas a partir de um convênio assinado entre os governos estadual e federal, em 2004. No contrato estava prevista a aquisição de 154 computadores. Só 123 foram entregues nos quartéis. O prejuízo é de R$ 52 mil.

A informação faz parte do relatório 870 da CGU, que analisou 12 convênios assinados entre a Secretaria de Segurança Pública e o Ministério da Justiça, entre 2003 e 2005. Os técnicos encontraram irregularidades, com o desperdício de R$ 52 milhões pelo Estado.

Estado reconhece erro

A compra dos computadores são objeto do convênio 262/2004 que pretendia adquirir ainda mesas e cadeiras para a PM. A nota fiscal 000020, de 16 de dezembro de 2005, mostra o recebimento dos 154 computadores por R$ 258 mil. O Boletim 121 da PM comprova a distribuição das máquinas.

Em sua explicação à CGU, a secretaria reconhece o erro, mas não há informação da entrega do material. “Acrescente-se a existência de fragilidade nos procedimentos de recebimento de material”, diz o relatório.

O coordenador do programa Delegacia Legal, César Campos, afirmou, através de sua assessoria, que só explicará as denúncias da CGU após analisar o documento. Campos teria sido o encarregado em responder os questionamentos que deram origem ao relatório. Já o comandante-geral da PM, coronel Ubiratan Angelo, preferiu não se pronunciar.

O deputado estadual Alessandro Molon (PT) solicitará ao Tribunal de Contas do Estado a abertura de uma inspeção especial para apurar possíveis irregularidades nos 12 convênios:

— Esses desvios representam um desrespeito à lei, além de um prejuízo numa área crucial para a sociedade.

Extra

Vacinação contra rubéola começa nesta segunda

O Dia (28/05/07)

Rio - Começa nesta segunda a campanha de vacinação para conter a epidemia de rubéola no Estado do Rio. Até sábado, homens e mulheres com idades entre 20 e 34 anos devem ir ao posto de saúde mais próximo de casa e pedir para serem imunizados contra a doença.

Quatro milhões de doses da vacina estarão disponíveis em 2.100 postos. O superintendente de Vigilância em Saúde do Rio, Victor Berbara, afirma que o principal objetivo é evitar que a rubéola afete grávidas.

“Nossa maior preocupação é evitar a rubéola congênita, que pode causar problemas como cegueira, surdez, alterações cardíacas e outras más-formações nos bebês”, explicou.
Desde o início do ano, 1.100 pessoas já foram contaminadas, segundo a Secretaria Estadual de Saúde. Outra preocupação da secretaria é com a proximidade dos Jogos Pan-Americanos, que começam em julho. “Isso preocupa. Não queremos exportar a rubéola para outros estados ou outros países”, comentou Berbara.

Ele acrescentou que, devido à aglomeração nos Jogos, o risco de transmissão pode ser elevado se a epidemia não for controlada logo.

Apesar de a campanha ser voltada para jovens, o superintendente avisa que qualquer pessoa pode tomar a vacina, exceto grávidas e alérgicos a ovo. “A maior incidência da doença está na faixa etária entre 20 e 34 anos, sendo 70% dos casos diagnosticados em homens”, justificou.

domingo, 27 de maio de 2007

Polícia Militar adota motos como nova forma de proteção


Depois de intensificar o policiamento nas ruas de Niterói, o comandante do 12°BPM (Niterói), tenente-coronel Jorge Luiz Alfaia dos Reis, adotou mais uma medida que promete facilitar a atuação dos policiais e não dar brecha para os bandidos que utilizam motocicletas. Desde quinta-feira, PMs usam o mesmo tipo de veículo para fazer rondas durante todo o dia nas áreas mais críticas.

O objetivo, segundo Alfaia, é evitar crimes como o roubo a pedestres e furto de veículos, além de oferecer maior mobilidade aos agentes que poderão chegar ao local da ocorrência mais rápido do que se fossem de carro.

O Fluminense

sexta-feira, 25 de maio de 2007

Deputado federal Arolde de Oliveira recebe título Cidadão Honorário em Juiz de Fora


Nesta sexta-feira, dia 25/05, o deputado federal Arolde de Oliveira, que atualmente exerce o cargo de secretário municipal de transportes do Rio de Janeiro, irá receber o título de Cidadão Honorário de Juiz de Fora, por seu exemplo de honestidade como político e também como brasileiro. A cerimônia será realizada na Câmara Municipal da cidade, às 18h.

A iniciativa é da vereadora Rose França, que ressaltou que os bons exemplos devem ser reconhecidos, para que os jovens de hoje possam se espelhar e acreditarem no futuro do país. "Ele está recendo esse título por tudo o que representa para o Brasil. Ele é uma pessoa honesta, de visão e caráter. Um exemplo de político, cidadão e pai de família. Nós, vereadores, mesmo de outros estados, temos que reconhecer e mostrar os bons exemplos para esta geração", disse.

Exemplo de cidadão

Deputado Federal desde 1983, com sete mandatos consecutivos, integra o grupo de fundadores do Democratas (antigo PFL). Na Câmara sempre participou, prioritariamente, dos assuntos relacionados às telecomunicações e à informática, áreas de sua experiência profissional. Desde a Constituinte, quando presidiu a Subcomissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática, abriu caminho para promulgação da Lei Geral de Telecomunicações. Na última legislatura foi Membro suplente da Comissão de Economia, Indústria e Comércio.
Presidente da Comissão Especial destinada a proferir parecer ao Projeto de Lei que institui a fatura eletrônica e a assinatura digital nas transações de comércio eletrônico. Em 2006, apresentou projeto de lei que obriga os fabricantes de rádio e de TV a disponibilizarem, em pelo menos 50% dos equipamentos fabricados, saída de áudio compatível com fones de ouvido, com ajuste independente de volume.
Na Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática, apresentou relatório favorável sobre o Projeto de Lei 6685/06, do Senado, que concede preferência no financiamento de equipamentos de telecomunicações a produtos que utilizem software livre.
(Portal Elnet 25.05.07)

Alberto Ferreira e Sebastião Salgado mostram seus “Instantâneos da Felicidade” no CCBB

A mostra “Instantâneos da Felicidade”, do Centro Cultural Banco do Brasil, além de belíssima, apresenta dois fotógrafos brasileiros, Alberto Ferreira e Sebastião Salgado, entre os 28 mais importantes nomes da segunda metade do século 20.


São 50 fotos da Coleção Maison Européenne de la Photographie (Paris) trazidas pelo movimento FotoRio 2007, instantâneos que documentam momentos de felicidade e, seguramente, representaram igual desfrute para seus autores.


A foto de Alberto Ferreira é a famosa “A Bicicleta de Pelé” (1965) e Sebastião Salgado com “Oaxaca, México”(1980) destaca-se na contracapa do programa.
A exposição pode ser vista até 15 de julho, de terça a domingo, das 10h às 21h, no 1º andar do CCBB. No dia 20 de junho, às 18h30 a programação incluirá uma mesa-redonda “Instantâneo: o tempo infinito da fotografia” com Jean-Luc Monterosso, Milton Guran, a antropóloga Lygia Segala (UFF) e o historiador Mauricio Lissovsky (UFRJ).


O Centro Cultural Banco do Brasil fica na Rua Primeiro de Março, 66, Centro, Telefone 38082020/bb.com.br/cultura. Vans gratuitas transportam o público do Terminal Garagem Menezes Côres (Rua São José) ao CCBB, de terça-feira a domingo, no período das 17h às 22h.

(Thereza Christina Jorge para o InformativoRio). 25/05/07

Ivete Sangalo faz show na Praia de Copacabana

Data: domingo, dia 27 de maio. Horário: a partir das 16h. Local: Praia de Copacabana. Traje: o mais confortável possível, valendo até ficar descalço. Importante: muita disposição e alegria. Este poderia ser o texto do convite de aniversário de 35 anos de Ivete Sangalo, que comemora a


data com um grande show, gratuito, e a expectativa de reunir 300 mil pessoas na areia para cantar o parabéns.

Jornal Extra

Tecnologia para seguir passos da quadrilha


Rastreador instalado no veículo do chefe do bando levou a polícia a oficina de desmanche

Rio - Adepta há três anos do uso de tecnologia em investigações e responsável pela prisão de mais de 100 bandidos sem disparar um único tiro, a atual equipe da Delegacia de Combate às Drogas (Dcod) empregou seu mais novo equipamento eletrônico na Operação Savana: GPS (rastreador) para automóveis. Acoplado ao carro do inspetor Julio Cesar de Almeida, o aparelho foi o principal aliado dos agentes na descoberta do galpão onde o policial e Gilmar de Oliveira guardavam e cortavam os veículos roubados, na Avenida Pastor Martin Luther King Jr., Del Castilho. O local, com 300 metros quadrados, foi estourado ontem.

Como a bateria do GPS só tem capacidade para seis horas, os agentes fizeram adaptação para que durasse quatro dias, embora só tenha sido necessário manter o equipamento 24 horas no fundo do carro. O aparelho foi adquirido há três meses e testado antes de ser usado.

Além do rastreador, a equipe usa câmeras fotográficas e filmadoras para produzir vídeos com imagens de bandidos em ação, que servem de provas na Justiça. O método já era utilizado na 5ª DP (Gomes Freire) e na Divisão de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA), última lotação dos policiais.

O Dia Online

Nova regra para medidores

Após constatar erro em aparelho com chip, Inmetro fará testes nos equipamentos das áreas onde há mais reclamações. Relógios poderão ser adaptados para resistir à variação de tensão

Rio - O Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial) vai traçar novas normas para o uso de medidores eletrônicos de energia com chip, como os utilizados pela Ampla em 243 mil residências em Duque de Caxias, Magé, São Gonçalo, Itaboraí, Niterói e Macaé. A nova portaria, que será divulgada em uma semana, foi motivada pelo Laudo 26, deste ano, do instituto, que constatou erro que aumentou em 58,9% o consumo registrado por um relógio com chip da Ampla em padaria de Saracuruna, em Duque de Caxias.

governador Sérgio Cabral vai pedir às agências de serviços públicos que investiguem e, se o problema for confirmado, a situação será revertida. “O consumidor não será prejudicado”, garantiu. O prefeito de Caxias, Washington Reis, entrará com ação na Justiça para impedir que a Ampla instale novos chips no município.

MP VAI INVESTIGAR

O Ministério Público Federal investigará o caso. Ontem, o procurador da República Cláudio Gheventer, da área de Defesa do Consumidor, abriu procedimento administrativo. Vai enviar ofícios à Ampla, à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e ao Inmetro pedindo esclarecimentos.

Em relação à situação do comerciante Alex Xander, a Ampla informou que seu sistema de faturamento detectou uma “inconsistência”. A empresa reafirmou que se trata de caso isolado, sob “condições extremamente raras na rede elétrica”.



O Dia Online

quinta-feira, 24 de maio de 2007

Inmetro aponta erro nas contas por chip da Ampla


O Laudo 26 do Inmetro apontou grave erro em medidor eletrônico de energia elétrica com chip instalado pela Ampla, numa padaria de Saracuruna (Duque de Caxias).Segundo documento, foi registrado aumento no consumo 58,9% acima do gasto real do estabelecimento. A diferença máxima permitida é de 2%.

O Inmetro comunicou o fato à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Com base no laudo, o dono da padaria quer pedir na justiça ressarcimento do valor pago entre maio e novembro de 2006. Os 243 mil clientes com medidor com chip da Ampla em seis cidades do Estado do Rio começam a se organizar.

Há dois anos, clientes da Ampla protestam contra aumento das contas, após a instalação do novo sistema de medidores com chips em 243 mil imóveis de seis cidades
Duque de Caxias, Magé, Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Macaé, denunciando aumentos de até 800% de 2005 para cá. As reclamações originaram uma Comissão Parlamentar de Inquérito na Câmara de Vereadores de São Gonçalo para investigar a troca de medidores pela Ampla.

Os protestos têm sido comuns em São Gonçalo, Caxias e Magé. As queixas começaram a ganhar contornos jurídicos em maio de 2006.

A Ampla informou que o caso da padaria de Saracuruna foi pontual no universo do programa de medição eletrônica.

(Extraído do jornal O Dia, em 24/05/07)

Caos quilométrico no trânsito de Niterói e SG


O derramamento de um detergente em gel na Ponte Rio-Niterói mudou nessa quarta-feira a rotina de milhares de niteroienses, gonçalenses e moradores de cidades vizinhas, tornando o dia dessas pessoas num verdadeiro caos. A pista sentido Rio foi fechada, o que ocasionou congestionamentos de até 60 quilômetros de extensão, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Ponte S/A teve conhecimento do incidente às 4h40, após o Astra placa CYG-5654 deslizar depois de cruzar a Praça do Pedágio. Assustada, a equipe de socorro da concessionária chegou ao local rapidamente e constatou a presença da substância por quatro quilômetros da via - do acesso ao elevado pela Avenida do Contorno, no Barreto, até a altura da Ilha do Mocanguê. O motorista do carro não se feriu e foi liberado pelos paramédicos.

Investigação - A partir dessa quinta, a Ponte S/A vai checar imagens para tentar descobrir a origem do veículo causador do caos. Denúncias anônimas dão conta de que ocupantes de uma Kombi teriam sido responsáveis por outros incidentes semelhantes em Maricá e na Zona da Leopoldina, no Rio. A PRF está investigando a possibilidade do ato ter sido criminoso.

Durante toda a manhã, 50 funcionários da concessionária (com uma varredeira, um mini-trator e 15 veículos) foram mobilizados para retirar o produto. Eles fecharam duas das quatro pistas e, inicialmente, jogaram areia sobre o produto químico para absorver o material e depois removê-lo. O trecho ficou interditado por dez horas e só foi completamente liberado ao tráfego às 15h. À tarde, a Companhia de Limpeza Urbana de Niterói e a Águas de Niterói disponibilizaram cinco carros-pipa para ajudar na limpeza.



O Fluminense

Fluminense empata e está na final da Copa do Brasil


Jogando com inteligência, Tricolor resiste ao Brasiliense e segue

Não foi um espetáculo, mas o Fluminense jogou com o regulamento e com a sorte ao seu lado conquistou a classificação para a final da Copa do Brasil ao empatar com o Brasiliense por 1 a 1 no Estádio Boca do Jacaré em Brasília. Allan Dellon marcou para os candangos, enquanto Adriano Magrão empatou para o Fluminense. Na decisão, o Tricolor jogará contra o Figueirense.

Lancenet

Figueirense chega à final da Copa do Brasil


Erros de assistente e falha do goleiro do Botafogo ajudam o time catarinense a se classificar

Dois gols mal anulados pela assistente Ana Paula de Oliveira e um frango de Julio César no fim da partida custaram ao Botafogo a eliminação na Copa do Brasil. O Figueirense perdeu por 3 a 1, nesta quarta-feira, no Maracanã, mas conseguiu a classificação graças ao gol marcado fora de casa.

Agora, a equipe de Florianópolis vai enfrentar na final da Copa do Brasil o Fluminense, que se classificou no confronto com o Brasiliense. As finais acontecem nas duas próximas quartas-feiras e o mando de campo ainda será definido.

Lancenet

quarta-feira, 23 de maio de 2007

Família Pan terá escolta por toda cidade

GLOBOESPORTE.COM no Rio de Janeiro
23.05.07

Segundo 'O Globo', decisão faz parte do sigiloso Plano de Ações de Segurança do Pan

A Família Pan, formada por técnicos, dirigentes e atletas terão escolta policial mesmo em visitas a pontos turísticos do Rio de Janeiro, informa o jornal "O Globo" desta quarta-feira. Esta decisão faz parte de um documento sigiloso chamado Plano de Ações de Segurança do Pan, que foi elaborado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e apresentado na semana passada a todos os órgãos encarregados da segurança.

A Senasp divulgara até então que as delegações teriam proteção especial de batedores da Polícia Rodoviária Federal e cobertura aérea apenas na Vila do Pan, nos aeroportos e nos locais de competição. Segundo José Hilário Medeiros, coordenador de ações de segurança do Pan na Senasp, essa medida atende a uma exigência do Comitê Olímpico Internacional (COI).

Providências para o sucesso do PAN funcionarão

O secretário municipal de Transportes, Arolde de Oliveira, descartou a possibilidade de o trânsito e a violência comprometerem o sucesso dos Jogos Pan-Americanos.

Em relação ao fluxo de trânsito, o secretário explicou que a Prefeitura montou um planejamento com ênfase no uso de ônibus, metrô, trens, transporte alternativo regulamentado,restringindo, ao máximo, o acesso de automóveis nos locais dos jogos.

Arolde acrescentou que tanto a população do Rio quanto os visitantes da cidade não devem temer problemas com a violência por ocasião dos jogos. "A ação policial, tanto interna e externa, com a presença de agentes de inteligência internacionais, farão do Rio uma cidade mais segura ainda", completou o secretário.

Afirmou, ainda, que os moradores das áreas onde acontecerão as competições, como o Engenhão e o Maracanã, não serão prejudicados com
as ações operacionais desencadeadas pela Prefeitura durante o PAN.


O secretário municipal de Transportes, Arolde de Oliveira sendo entrevistado pela TVE.

Novo Atlas Geográfico Escolar do IBGE coloca Brasil no centro do mundo



O Dia Online - 21/05/07
Rio - O IBGE lança nesta segunda-feira a quarta edição do seu Atlas Geográfico Escolar. O livro traz como principal inovação o modo de apresentar os mapas temáticos do mundo, colocando o Brasil no centro do planisfério. Novos temas foram incluídos, como “Nosso Lugar no Universo”, que consiste em um breve relato sobre o Universo, o Sistema Solar, e a Terra, além de um histórico das viagens do homem ao espaço.

A publicação é rica em fotos e ilustrações, que acompanham diversos mapas temáticos do Brasil e do mundo, facilitando o entendimento dos temas abordados. Imagens de satélite mostram as principais regiões do planeta, ilustrações de formações geológicas, relevo e tipos de vegetação, buscam mostrar a diferença entre as características de cada estrutura. O mapa de vegetação do mundo, por exemplo, foi enriquecido com uma descrição resumida de cada classe.
Nesta edição, os mapas temáticos do Brasil e do mundo tiveram dados e temas atualizados. Podem ser consultados assuntos como PIB, acesso à Internet e uso de celulares . Além disso, há informações de ordem ambiental, como níveis de emissão de dióxido de carbono e uso dos recursos naturais. O Atlas traz também informações sintetizadas de diversas pesquisas e estudos do IBGE, facilitando a consulta dos estudantes e do público em geral. Há informações sobre o uso de agrotóxicos e fertilizantes, incluindo um mapa de assentamentos rurais, de distribuição de coleta de lixo e limpeza urbana, entre outros. O Atlas Geográfico Escolar estará disponível por R$ 40 em todas as livrarias do IBGE e outras do país a partir do dia 21 de maio, e na loja virtual, em www.ibge.gov.br/lojavirtual/livrarias.php.

Nova carga de ingressos na Internet

O Dia

Rio - Desde meia-noite, nova carga de cerca de 500 mil ingressos para o Pan 2007 está disponibilizada para a venda no site www.ingressosrio2007.com.br. Os bilhetes são a sobra da reserva de 33% do número total de entradas para comitês olímpicos de outros países e patrocinadores, que compraram um total de 96.943 unidades. O CO-Rio não informou quais as partidas terão ingressos extra, mas existe a chance de garantir lugar em competições cujas entradas se esgotaram logo nos primeiros dias, como a final masculina de vôlei.

Serão alugados 941 veículos para o transporte de atletas, autoridades, dirigentes, árbitros e jornalistas. A Prefeitura vai pagar R$ 30.186.000 a quatro empresas que venceram licitação para colocar à disposição do CO-Rio 455 carros, 153 vans, 233 ônibus e 100 microônibus. Do total, 40 ônibus e 20 vans terão adaptações para os atletas que vão disputar o Parapan-Americano.

Nova frente fria provoca mais chuvas no estado

O Dia - 23/5/2007

Rio - O Sistema de Meteorologia do Estado do Rio de Janeiro (Simerj) alerta para a possibilidade, nesta quarta-feira, de pancadas de chuvas moderadas no estado. Elas serão conseqüência de uma nova frente fria que se aproxima da Região Sudeste.

De acordo com André Decco, na quarta-feira ocorrerão, além das pancadas de chuvas, trovoadas e rajadas de vento, principalmente no sul do estado e nas regiões metropolitana, serrana e dos lagos.

"Na quinta-feira, a frente se desloca rapidamente pelo estado e continua a tendência de pancadas de chuva ao longo do dia, acompanhadas de rajadas de vento. Uma intensa massa de ar frio, de origem polar, avança na retaguarda desta frente fria. Esta massa derrubará os valores da temperatura em todas as regiões fluminenses.", concluiu o técnico.

No fim de semana passado, também devido à uma frente fria que passou pelo estado, o Rio sofreu com intensos temporais que alagaram ruas e que fizeram transbordar córregos e rios.

Caminhão derrama sabão em pasta e Ponte é interditada no sentido Rio

O Dia - 23/5/2007

Rio - Um caminhão derramou sabão em pasta na pista, desde a Avenida do Contorno, no bairro do Barreto, em Niterói, até a Praça do Pedágio, na Ponte Rio-Niterói, numa extensão de aproximadamente dois quilômetros, no início da manhã desta quarta-feira. Duas faixas da Ponte foram interditadas, o que deixa o trânsito parado em todos os acessos por Niterói e São Gonçalo.

A assessoria da Ponte S/A informou que o material derramado na pista era sabão em pasta, não óleo como se pensou no início. O caminhão que despejou o produto ainda não foi identificado. Duas faixas da ponte continuam interditadas para limpeza. A concessionária teve que usar areia para conter o produto, mas não podia usar água, já que não sabia se o material era inflamável. De acordo com a empresa, o sabão foi derramado em um trecho de três quilômetros da via.


A melhor opção para quem segue em direção ao Rio é utilizar as barcas e catamarãs. Muitos passageiros descem dos ônibus e andam até as estações de Charitas e Centro, em Niterói, que já têm grande movimento.

terça-feira, 22 de maio de 2007

Polícia Rodoviária fecha Ponte Rio-Niterói à procura de motoqueiro

RIO - Policiais Rodoviários Federais fecharam por alguns minutos as saídas da Ponte Rio-Niterói, sentido Rio, durante a perseguição a um motoqueiro que furou um bloqueio, na manhã desta terça-feira.

O trânsito ficou bastante engarrafado na ponte e os policiais fizeram buscas para saber o motoqueiro estava entre as pessoas no congestionamento ou conseguira escapar.

O homem, que teria atirado a moto na direção dos agentes, ainda não foi localizado. As pistas da ponte já foram liberadas.

Agência JB

Rede hoteleira comemora réveillon fora de época

O clima de competições esportivas criado pelos Jogos Pan-Americanos vai fazer a rede hoteleira do Rio viver um réveillon fora de época, em plena baixa temporada. Na Barra da Tijuca, 100% dos quartos de hotéis já estão reservados para os dias do evento. A informação foi dada pelo presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Rio (ABIH-Rio), Alfredo Lopes, que não espera ocupação menor no resto da cidade. São 28 mil quartos a receberem turistas e todos os que vierem a trabalho para o Pan.

Agência JB

Aumento linear dos servidores é de 4%

Prefeitura antecipa definição de índice para evitar perdas com inflação menor

Rio - A Prefeitura do Rio definiu o aumento linear anual do funcionalismo: 4%. O reajuste vai beneficiar cerca de 100 mil servidores ativos, inativos e pensionistas, a partir dos salários de junho, que sairão no dia 3 de julho.

Os outros funcionários da administração direta, cujos vencimentos são vinculados ao salário mínimo, tiveram reajuste de 8,57%, mesmo percentual dado ao piso nacional. “Quem está nesse grupo já teve os 4% incluídos nos 8,57%”, explicou o secretário municipal de Administração, Wagner Siqueira.

No entanto, quem ocupa função com salário atrelado ao mínimo e ocupa cargo de confiança levará 8,57% no vencimento básico e 4% na gratificação por função comissionada. Por lei, o reajuste sai em agosto, mas o município resolveu antecipar a definição este ano.

“Com a inflação em queda, provavelmente o aumento seria menor em agosto”, argumentou Siqueira. A prefeitura usa como base para o aumento a inflação pelo IPCA-E.


O Dia Online

segunda-feira, 21 de maio de 2007

O Maior Show em 500 anos


As fotos foram publicadas no site do vice-presidente de entretenimento da Disney, Scott Givens, contratado para fazer a produção execiutiva da cerimônia. São fotos do Maracanã vestido para as festas de abertura e enceramento. Este show e o de encerramento do Pan custarão R$ 34 milhões.


Sua página da internet exibe cinco imagens do espetáculo que ele define como 'o maior show produzido em 500 anos de história do Brasil'.
Pelo gramado do Maracanã vão passar 6 mil pessoas, entre dançarinos, artistas e ritmistas. Nem Scott Givens, o vice-presidente de entretenimento da Disney, contratado para fazer a produção executiva da cerimônia do Rio, resistiu à tentação de mostrar um pouco da festa.



(InformativoRio, 21.05.07)

Operação Navalha: gravações envolveriam ministro de Minas e Energia


Brasília - O ministro de Minas e Energia, Silas Rondeau, é acusado pela Polícia Federal (PF) de ter recebido R$ 100 mil da empreiteira Gautama para liberar verbas de obras do Programa Luz Para Todos no Piauí. A denúncia foi exibida no “Fantástico”, da Rede Globo. Imagens feitas pela PF mostram a diretora financeira da Gautama, Fátima Palmeira, entrando no dia 13 de março no ministério pela portaria privativa do ministro. Ela se encontra com o assessor especial de Silas, Ivo Almeida Costa, com quem deixa o envelope onde, segundo a PF, estaria o dinheiro. A suposta propina teria sido repassada ao ministro Silas Rondeau.

O dono da empresa acusada de encabeçar o esquema de fraudes em obras públicas, Zuleido Veras, teria ido várias vezes ao ministério e diz em gravações autorizadas pela Justiça ter se encontrado com o ministro Silas Rondeau e com o diretor do Luz Para Todos, José Ribamar Santana. Um funcionário da Gautama teria sacado os R$ 100 mil em um banco de Salvador e levado o dinheiro de avião a Brasília.

A fraude teria começado antes mesmo da concorrência pública. Segundo a polícia, a quadrilha de Zuleido não tinha como perder a licitação, pois teria conduzido o processo do início ao fim. Para isso, contaria com ajuda do ministério inclusive para receber a verba das obras antecipadamente. Teriam participado da fraude seis funcionários da Gautama, o empresário Sérgio Sá e vários servidores, entre eles o próprio ministro.

A assessoria do ministério contestou a Polícia Federal e, no Paraguai, Silas Rondeau negou as acusações e disse que fica no cargo enquanto o presidente Luiz Inácio Lula da Silva quiser. “Não existe nada que venha a me comprometer. Estou absolutamente à vontade até o momento que o presidente, que é o dono do cargo, decidir”, afirmou.

Em Alagoas o interesse da Gautama era a liberação de dinheiro para a construção da barragem de Duas Bocas. Segundo a polícia, a diretora financeira da empresa teria encontrado vários políticos pedindo ajuda — entre eles, o governador de Alagoas, Teotônio Vilela Filho (PSDB). A polícia afirma que o representante do governo de Alagoas, Enéas de Alencastro, que está preso, teria recebido propina no escritório já usado por Vilela.

O próximo alvo das investigações é o Congresso. A Controladoria-Geral da União (CGU) começou a mapear quais parlamentares fizeram emendas ao orçamento que beneficiaram obras sob responsabilidade da construtora. O objetivo é verificar se há vínculo entre emendas e contratos irregulares. Dono da Gautama, Zuleido Veras deve receber a proposta de delação premiada para revelar outros envolvidos no esquema.

O Dia online

Romário diz que não pretende parar


Jogador destaca, porém, que só vai continuar se puder ajudar o clube

Após atingir o objetivo de assinalar o milésimo gol da carreira, o atacante declarou que não pretende 'pendurar as chuteiras'. Ele destacou, no entanto, que já se sente satisfeito no futebol.

- Só posso dizer que me sinto realizado dentro da minha profissão, mas não vou parar hoje. Se tivesse que parar, no entanto, estaria feliz - comemorou.

O Baixinho não escondeu, porém, que sua meta é ajudar o Vasco e que sua permanência no esporte só vai acontecer se puder continuar contribuindo para as campanhas do clube. Ele não descartou a possibilidade de surgir com uma notícia nova nos próximos dias.

- Em se tratando de Romário, dentro de alguns dias vocês vão encontrar alguma coisa nova - provocou.

Uma motivação para não abandonar os gramados, segundo o próprio Romário, seria alcançar a meta de maior artilheiro do Campeonato Brasileiro. A missão é difícil, pois para isso terá que superar um outro ídolo vasacaíno, Roberto Dinamite, que já balançou a rede 190 vezes na competição. Este foi seu 153º gol no nacional.

- Já tenho mais um objetivo - brincou.

LANCEPRESS

domingo, 20 de maio de 2007

Lula se diz ‘preocupado’ com alcance da operação


Municiado de informações pelo ministro Tarso Genro (Justiça), Lula se diz “preocupado” com os desdobramentos da Operação Navalha. Receia que o novo escândalo volte a conferir ao Congresso ares de “delegacia de polícia”, envenenando uma pauta de votações que ainda inclui medidas privisórias do seu PAC.

Lula soube na noite de quarta-feira que a Polícia Federal passaria na navalha um mega-esquema de desvios de verbas públicas. Foi avisado por Tarso Genro. O ministro contou-lhe o que ouvira de Paulo Lacerda, diretor-geral da PF. Falou sobre as prisões que ocorreriam na manhã seguinte, discorreu sobre as linhas gerais da investigação.

O ministro e o presidente conversaram, segundo apurou o blog, acerca do potencial de combustão do novo escândalo. Tarso mencionou que as apurações envolviam, até aquela altura, um governador, um ex-governador, prefeitos... Falou do matiz suprapartidário da encrenca. Disse que a navalha feriria também a chamada “base governista”.

Depois de ouvir Tarso, o presidente trocou idéias com pelo menos um outro auxiliar. Pronunciou na conversa uma variante da frase cunhada pelo ex-ministro Márcio Thomaz Bastos (Justiça). “Não vamos perseguir ninguém, mas também não podemos proteger”. Disse que não faria nada que pudesse ser interpretado como uma interferência no trabalho da PF.

A inquietude de Lula não é despropositada. O dono da Construtora Gautana, Zuleido Soares Veras, fez-se nas franjas do Orçamento da União. Suas relações políticas vão do chamado baixo clero aos cardeais do Congresso.

Para complicar, no início da noite desta sexta-feira (18), a PF começou a apalpar dados que têm potencial para acomodar o novo escândalo bem no centro do Legislativo. Munidos de autorizações judiciais, agentes da PF fizeram, além das prisões, 84 operações de busca e apreensão.

Recolheram-se nos escritórios da Gautama, a empresa do sociável Zuleido, os dados até aqui considerados mais valiosos para o desdobramento das apurações. A PF acha que pôs a mão em planilhas que têm a cara de um caixa dois. Associa nomes de políticos, inclusive congressistas, a cifras e presentes. Relaciona obras a emendas ao orçamento, feitas no Congresso.

Até aqui, as apurações da PF haviam apenas tangenciado o Congresso. Entre as pessoas detidas na quinta-feira estão Francisco de Paula Lima Jr. e Ernani Soares Gomes Filhos. O primeiro é sobrinho do governador Jackson Lago, do Maranhão. Está lotado no gabinete do deputado Julião Amin (PDT-MA), do grupo político de Lago.

O segundo, funcionário do Ministério do Planejamento, vinha prestando serviços, por requisição, ao gabinete do deputado Márcio Reinaldo (PP-MG). É reconhecido como um especialista em matérias orçamentárias.

Por enquanto, os responsáveis pela investigação fazem segredo dos nomes que aparecem no papelório da Gautama, já enviado à análise do setor de inteligência da PF. Mas segredos como esse não costumam durar muito em Brasília. Lula, a propósito, não há de estar preocupado à toa.

Blog do Josias

Instrutores da Guarda Costeira Americana são assaltados no Rio


Eles passeavam em Ipanema e não reagiram ao assalto.
Cordão de ouro foi roubado por um menor de 15 anos.


Dois instrutores da Guarda Costeira Americana foram assaltados quando caminhavam pelo calçadão de Ipanema, na Zona Sul do Rio, na tarde deste sábado (19). Eles estão na cidade para fazer o treinamento de bombeiros que irão atuar no Pan Americano, que acontece no Rio em Julho.

Rodney Joe Elkins, que estava ao lado do amigo Robert Campbell, teve seu cordão de ouro puxado por um menor de 15 anos que passava de bicicleta. Policiais militares que estavam próximos conseguiram prender o menor e recuperar o cordão.

Segundo a polícia, os dois americanos não estavam armados e não reagiram ao assalto. Eles foram encaminhados à delegacia de Atendimento ao Turista, mas o flagrante foi registrado na 14DP (Leblon).

Radar mostrou colisão de jato com avião da Gol


Imagens mostram que radar funcionou no dia do acidente que matou 154 pessoas.
Segundo a Aeronáutica, não houve falha de visualização.


Imagens das telas de radar do Cindacta-1, em Brasília, e também de Manaus (AM), no dia do acidente que matou 154 pessoas em setembro do ano passado, mostram que o jato Legacy, que bateu em pleno ar com o avião da Gol, é identificado e, ao se aproximar de Brasília seu transponder (equipamento anticolisão) funcionava perfeitamente. As imagens foram obtidas, com exclusividade, pela reportagem do "Jornal Nacional", da TV Globo.

Segundo a Aeronáutica, às 15h55 do dia 29 de setembro, uma hora antes do acidente, o radar mandou o primeiro aviso de que o jato deveria descer de 37 mil para 36 mil pés. Minutos depois, houve um segundo alerta: uma interrogação na tela, que indica que o computador estaria perguntando se o avião ainda deveria estar na altitude de 37 mil pés.

Após seis minutos, há uma nova confirmação de que algo estaria errado. Isso porque o sinal do transponder desaparece do radar. Às 16h54, o radar registra o momento no qual o Boeing da Gol é atingido. Um traço verde indica a colisão e, no momento, não há mais sinal do Legacy no radar - que só reaparece minutos depois com o transponder já em funcionamento.

Isolamento para 430 mil

Barricadas erguidas pelo tráfico de drogas e milícias para evitar a chegada da polícia deixam moradores de 23 favelas sem direito a serviços, como remoção de lixo e fornecimento de luz

Rio - Para proteger seu esconderijo e facilitar fuga durante operações policiais, o chefe do tráfico na Favela Barreira do Vasco, em São Cristóvão, Marcelo Araújo de Souza, o Cobra, 35 anos, instalou dois portões de aço em um dos becos da comunidade. A exclusão se repete em pelo menos outras 22 favelas da capital, onde a polícia já flagrou este ano e tem informações da existência de ruas fechadas por barricadas colocadas por traficantes e milicianos. Restrições dos bandidos isolam cerca de 430 mil moradores da vida legal e limitam prestação de serviços básicos, como remoção de lixo e entrega de correspondência.

Os portões na Barreira do Vasco existem desde o ano passado. As pessoas que moram no trecho de cerca de 60 metros entre os dois portões possuem chaves. Os próprios moradores apóiam a medida e já impediram que PMs os retirassem. No trecho entre os dois, fica a fortaleza de Cobra: casa de quatro andares onde mora tia do bandido e onde ele costuma passar os fins de semana com a mulher e filhos.

Apesar dos obstáculos, operação do 4º BPM (São Cristóvão), ontem, resultou na morte de um bandido. Com ele estavam pistola e 500 embalagens com droga.

BOTIJÕES DE GÁS

Instalar barricadas é prática antiga do tráfico, mas se sofisticou. No início, os bandidos obstruíam ruas com lixo, troncos, quebra-molas e móveis velhos. Só nos complexos do Alemão e da Penha foram retiradas desde o início do mês 160 toneladas de lixo e entulho usados em barreiras.

Além de instalar portões de aço, muros e blocos de concreto, criminosos jogam óleo no asfalto, como nas últimas semanas no Complexo do Alemão. Os bandidos montaram barreira com cerca de 20 botijões de gás para serem explodidos em confronto com a polícia.

Na Favela de Manguinhos, duas barricadas com entulho são visíveis da Avenida dos Democráticos. Na vizinha comunidade da Mandela, há quatro barreiras com blocos de concreto e trilhos de trem.

No Dique, em Jardim América, os bandidos instalaram pequenos quebra-molas com distância de apenas um metro um do outro. Em outras favelas como a Camarista Méier, Jacarezinho, Complexo do Lins, Muquiço, Pedreira e Cajueiro, a polícia tem informações sobre barreiras montadas com troncos de árvores, lixo e pedaços de carros velhos. Na Mangueira, criminosos usam veículos queimados.

Outras comunidades tiveram barricadas retiradas este ano. Uma em Antares, Santa Cruz, onde a PM removeu sete barreiras. O mesmo ocorreu na Vila Aliança; no Fumacê, em Realengo; na Cidade Alta; na Vila Kennedy; no Barbante, em Campo Grande, e na Cidade de Deus.

ESTRATÉGIA PARECIDA É USADA EM OUTROS PAÍSES

Em outros países da América Latina, o tráfico de drogas também criou zonas de exclusão. Em Medellín, na Colômbia, onde funcionou um dos maiores cartéis de drogas na década de 80, comunidades como Santander, Santo Domingo e Andaluzia, além de outros 20 bairros, foram isoladas pelos traficantes. A região batia recordes em número de homicídios.

Assim como em muitos lugares do Rio, os grupos que controlavam a venda de drogas não permitiam que pessoas circulassem entre comunidades diferentes. O poder público não entrava em nenhum local.

Essas áreas de exclusão ganharam incentivos do governo colombiano nos últimos anos, principalmente com a criação do metrocable, teleférico que liga várias favelas que, antes, eram proibidas de manter contato entre elas. A iniciativa foi acompanhada pelo surgimento de escolas, bibliotecas e a criação de microcrédito para estimular empreendimentos locais. Como resultado, as taxas de homicídios baixaram.

O projeto encantou o governador Sérgio Cabral, que já pretende implantar algo semelhante ao metrocable no Complexo do Alemão e na Rocinha.

No México, os traficantes utilizam métodos semelhantes aos dos cariocas: costumam bloquear ruas e calçadas com barricadas e atacar policiais nas ruas. Em uma das ações, decapitaram dois policiais e exibiram suas cabeças na frente do prédio do governo.
Em Los Angeles, nos Estados Unidos, a zona de exclusão é imposta por gangues de tráfico de drogas que dividem o controle de bairros inteiros.

Na Ilha, taxa de R$ 15 por portões

Até as milícias formadas por policiais e ex-policiais montam barricadas para dificultar o acesso às comunidades que dominam. Depois de assumir o controle da Favela Vila Joaniza, na Ilha do Governador, os milicianos instalaram pelo menos quatro portões na comunidade e obrigaram os moradores a pagar R$ 15 pelo serviço.

Na Kelson’s, na Penha, muro de mais de dois metros dificulta invasão de traficantes. Até o governador Sérgio Cabral enfrentou barricadas: teve que desviar delas ao visitar Parada de Lucas e Vigário Geral.

PREJUÍZO DE R$ 3 MILHÕES COM REPAROS

Com a violência imposta pelo tráfico, pelo menos 150 transformadores de luz e 250 cabos de energia elétrica são destruídos a tiros por ano, segundo a Light. A concessionária gasta, em média, quase R$ 3 milhões por ano para realizar os reparos.

Os sucessivos tiroteios no Complexo do Alemão causam problemas na coleta de lixo. Segundo a Comlurb, estima-se que 30 toneladas de entulho deixaram de ser recolhidas. Com os confrontos, a empresa ficou duas semanas impedida de trabalhar no local. Nos dois últimos dias, a companhia retirou 41,6 toneladas.

Ontem, a Vila Cruzeiro teve um dia de paz. Na Nova Brasília, houve tiroteio entre bandidos e policiais do Bope.

O Dia Online

sexta-feira, 18 de maio de 2007

Diálogos revelam pagamento de propina a políticos, diz PF

No inquérito da Operação Navalha, a Polícia Federal reproduz uma série de diálogos entre membros da quadrilha, gravados com autorização judicial, nos quais fica claro o pagamento de propina a agentes públicos ou a pessoas apontadas como seus intermediários.

Uma das conversas se dá entre Fátima Palmeira, funcionária da Gautama identificada como responsável por pagamentos de propina, e o sobrinho do governador Jackson Lago (Maranhão), Alexandre Lago.

Segundo a PF, dois outros empregados da Gautama sacaram no dia 21 de março deste ano R$ 500 mil. Nesse mesmo dia, Fátima levou R$ 240 mil para Alexandre e outro sobrinho do governador, Francisco de Paula Lima Júnior, chamado de Paulo Lago, em Brasília. De acordo com a PF, os dois receberam os R$ 240 mil em nome do governador. A conversa entre Fátima e Alexandre se deu nesse mesmo dia.

"Alexandre diz que está chegando em Brasília e queria conversar a respeito do andamento "daquele procedimento". Fátima diz que precisa muito conversar sobre isso [...]. Quer conversar pessoalmente, para explicar os procedimentos e dar uma satisfação. Fátima diz que conversou "com seu amigo daqui" (Paulo Lago), que precisa "entregar uma documentação a ele, certo?" (Paulo Lago)."

"Alexandre diz que ele (Paulo Lago) ligou para ele mas não puderam se estender sobre esse assunto, mas nesse horário estará com o governador no Hotel Kubitschek Plaza, e na hora que eles (Paulo Lago e Fátima) fizerem contato, ele ligará e Alexandre pedirá para a pessoa da representação que o deixe onde estiverem (Paulo Lago e Fátima)."

A PF constatou, por meio de filmagem, que naquele dia o governador Jackson Lago estava hospedado no Hotel Kubitschek, em Brasília.

Folha Online

Caixa corta juro do crédito imobiliário para a classe média; volume emprestado bate recorde

BRASÍLIA - A Caixa Econômica Federal anunciou hoje a redução da taxa de juros cobrada em financiamentos de imóveis novos para a classe média, que sai de 10,16% para 8,66% anuais, acrescida da Taxa Referencial (TR).

A presidente do banco oficial, Maria Fernanda Coelho, informou ainda que o montante contratado, de janeiro até ontem, atingiu R$ 5,16 bilhões. O número é recorde para o quadrimestre, 20% acima dos R$ 4,3 bilhões em crédito imobiliário liberado em igual período de 2006. Somente neste mês de maio foram R$ 900 milhões e a meta é atingir R$ 17,5 bilhões em todo o ano de 2007.Coelho disse ainda que o montante liberado em maio equivale a uma média de R$ 81,81 milhões por dia útil, e que cada quatro contratos, três são financiamentos a famílias com renda de até cinco salários mínimos (R$ 1,9 mil).

É nessa faixa de renda que se concentra a maior parcela do déficit habitacional, estimado em 7 milhões de unidades , frisou a presidente, destacando que a inflação sob controle, o aumento da massa salarial e as mudanças legais adotadas para o setor de construção civil são os principais fatores para a expansão.

A redução do juro vale para famílias com rendimento mensal entre R$ 3,9 mil e R$ 4,9 mil, no programa Carta de Crédito do FGTS. A presidente da Caixa informou ainda que, para facilitar a aplicação do orçamento de R$ 26 bilhões para habitação, saneamento e infra-estrutura neste ano, adotou uma série de medidas, como a contratação de 786 novos empregados, entre engenheiros, arquitetos, analistas e técnicos sociais, e a alocação de 121 gerentes especializados em crédito habitacional.Ela adiantou que, na próxima semana, a Caixa vai reduzir a taxa de juros do crédito consignado, nas operações com aposentados e pensionistas. O juro atual está em 1,3% ao mês. A nova taxa não foi antecipada.

Valor Online

57 presos em operação no Aeroporto do Galeão


Rio - A Delegacia Especializada de Atendimento ao Turista (Deat) desbaratou ontem um esquema de câmbio ilegal de moedas dentro do Aeroporto Internacional Tom Jobim, na Ilha do Governador. Em pouco mais de duas horas, 57 pessoas foram detidas pela Operação Blecaute. Com elas, os agentes apreenderam R$ 200 mil — metade do valor movimentado diariamente pela quadrilha, segundo estimativa da polícia.

Entre os detidos há 35 carregadores de malas (conhecidos como maleiros), 12 atendentes de empresas de táxi e 10 falsos taxistas, que não tinham licença. Até o fim da noite, 11 maleiros ficaram presos em flagrante.

De acordo com as investigações, o grupo, que agia até em áreas restritas dentro dos terminais, também é suspeito de repassar informações sobre turistas a quadrilhas que assaltam ônibus na Linha Vermelha.

A operação contou com 120 policiais. Para identificar o bando, durante dois meses, agentes se passaram por turistas e taxistas. Todo o trabalho de investigação foi filmado com câmeras escondidas.

CARREGADORES-DOLEIROS

“Os maleiros não aparecem carregando malas, mas trocando dólares. O que atrai o turista nesse esquema é que ele não paga taxa na troca e não precisa se identificar”, explicou o delegado titular da Deat, Fernando Veloso. A maioria dos carregadores — entre eles um dirigente do Sindicato dos Carregadores e Transportes de Bagagens do Aeroporto, apontado como um dos chefes do esquema — foi surpreendida no Terminal 1 de embarque.

Quando perceberam a presença da polícia, alguns carregadores tentaram se livrar do dinheiro, jogando as notas no chão. Em um dos pacotes havia R$ 5 mil. Com alguns dos detidos foram encontradas quantias altas nos bolsos, meias e sapatos — até R$ 30 mil. Um deles, Carlos Hang de Santana, 53 anos, guardava dólares na cueca. Além de dinheiro, a polícia recolheu celulares, cartões de visita, blocos de anotações e agendas.

A polícia fechou os acessos ao aeroporto e aos terminais, revistando funcionários, carros e passageiros. Os acusados responderão por formação de quadrilha, crime contra o sistema financeiro e exercício ilegal da profissão. Além da Deat, participaram da operação as delegacias de Roubos e Furtos de Automóveis, de Proteção à Criança e ao Adolescente e do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro.

O Dia Online

Incêndio em Espaço Cultural

Rio - Incêndio destruiu grande parte do prédio onde funciona o Espaço Cultural Sérgio Porto, na R. Visconde Silva, no Humaitá, ontem à noite.

O fogo começou por volta das 19h30 e assustou moradores do bairro e motoristas. Bombeiros do Humaitá, cujo quartel fica em frente ao local, isolaram a área para evitar que o fogo se propagasse para prédios vizinhos.

Os bombeiros tiveram dificuldade para combater as chamas por causa da falta de água nos hidrantes. Um carro de água do quartel do Catete foi deslocado para o local, que fica ao lado de um posto de gasolina. O trânsito ficou interrompido na Rua Humaitá, pista em direção à Praia de Botafogo, e causou engarrafamento que afetou Lagoa, Rua Jardim Botânico, saída do Túnel Rebouças e Rua São Clemente.

A grande quantidade de material de fácil combustão, como madeira, plástico e isopor, alimentou o fogo, que destruiu quase totalmente o Espaço Cultural Sérgio Porto, onde não havia ninguém na hora. Moradores dos prédios vizinhos foram orientados a deixar seus apartamentos devido à grande quantidade de fumaça. As chamas foram debeladas por volta das 21h15. Ninguém ficou ferido, e ainda não se sabe a causa do incêndio.

O Dia Online

Cabral: 'Vamos mandar policiais para a academia do FBI'


Na entrevista à TV O DIA, Cabral fez revelações importantes, como a de que enviará profissionais da área de segurança para treinamento no FBI, a Polícia Federal americana. Questões de todos os setores da administração pública foram abordadas

Rio - Nos 60 minutos da entrevista que marcou a estréia da TV O DIA ONLINE, o governador Sérgio Cabral foi bombardeado com perguntas que abordaram os principais temas relativos à administração pública: Segurança, Saúde, Educação, Economia, Política, Esportes e Cultura. Cabral disse que vai adotar o “chicote” para cobrar soluções nos problemas da educação, antecipou a decisão da Justiça que garantiu a permanência de 12 dos principais líderes do crime organizado na prisão federal de Catanduvas (PR), revelou o acordo com o governo americano para levar policiais do Rio para treinar no poderoso FBI (a Polícia Federal dos Estados Unidos) e reafirmou que vai para a guerra com os traficantes que espalham o terror no Complexo do Alemão — aos quais ele se refere como “terroristas”.

TV O Dia

quinta-feira, 17 de maio de 2007

Arolde de Oliveira apresenta “Corredor T-5” para Vereadores

O Secretário Municipal de Transportes, Arolde de Oliveira, participou hoje de audiência pública sobre o “Corredor T-5”, projeto que vai ligar, através de ônibus, os bairros da Penha à Barra da Tijuca.
Na audiência compareceram os vereadores Lucinha, Paulo Cerri, Celio Luparelli, Rogério Bittar e Liliam Sá. A audiência pública foi presidida pelo vereador Jorge Mauro, Presidente da Comissão de Transportes da Câmara dos Vereadores.
Arolde disse que a cidade do Rio de Janeiro possui, no momento, muitos projetos que dependem somente de viabilidade econômica para serem colocados em prática.
Quanto ao “Corredor T-5”, Arolde disse que já está pronto para ser colocado em licitação e que a Prefeitura já definiu as garantias para uma PPP (parceria público-privada). Ele acredita que nos próximos 90 dias já tenha a ligação já esteja em seu formato definitivo. No projeto, estão previstas integrações com todos os outros tipos de transportes, trens, ônibus e metrô.


Arolde apresentou o "Corredor T-5"

Guarda acusa chefe de assédio

Ministério Público Estadual investiga denúncia de que agente era constrangida no trabalho


Rio - Uma denúncia de assédio sexual movimenta a Guarda Municipal de Niterói. O Ministério Público da cidade investiga uma acusação feita pela guarda E., que está lotada há quase três anos na instituição. Segundo a denunciante, de 25 anos, ela teria sido assediada pelo próprio chefe, um oficial da Polícia Militar e secretário de governo municipal.

A denúncia faz parte de um processo (número 165/05) movido por outros guardas municipais, que acusam o secretário de aplicar punições indevidas. A 1ª Promotoria de Tutela Coletiva de Niterói investiga eventual improbidade administrativa do secretário.
Dia 24, haverá uma reunião para ouvir todos os envolvidos.

PUNIÇÃO

De acordo com E., o assédio teria começado há um ano. “Primeiro foram convites para sair, que sempre recusei. Mas a coisa piorou. Chegou ao ponto dele trancar a porta da sala quando eu entrava e até me perseguir no alojamento feminino”, reclamou.

E. afirma ainda que, depois que apresentou a denúncia ao MP em fevereiro, teria sofrido punições na corporação. “O assédio parou, mas fui perseguida. Ele dizia que estava me vigiando no pátio da Guarda. Se me atrasava alguns minutos, sofria suspensão de vários dias convertida em multas, ou seja, tinha que trabalhar, mas não recebia por isso.”

Essas punições também foram aplicadas a outros guardas, que denunciaram o caso ao Ministérios Público. O presidente da Associação dos Guardas Municipais de Niterói, Rolnei Pereira, disse que foi chamado para a reunião no MP sobre as punições. Ele não comentou o assédio.

A assessoria da prefeitura informou que a ouvidoria recebeu e-mail não assinado com a denúncia de assédio e que o secretário foi convidado pelo MP para falar sobre o caso no mês passado. Na ocasião, ele se apresentou espontaneamente. Ainda segundo a assessoria, o secretário não vai se pronunciar sobre o assunto.

Atacada ao sair do trabalho

E. está afastada do trabalho por licença médica desde sexta-feira, quando foi violentada em Niterói. Ela foi atacada por três homens que a vendaram e a colocaram dentro de um carro. O crime aconteceu por volta das 21h30, horário em que a vítima saía do trabalho, em Icaraí. Segundo relato da jovem, ela foi espancada e estuprada por mais de seis horas, mas não conseguiu ver o rosto dos agressores.

A vítima, cheia de hematomas, foi abandonada pelos agressores numa rua do Centro de Niterói e registrou a violência na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) da cidade. Ela fez exame de corpo de delito e está tomando medicações.

À delegada Alba Maria Alves Ferreira, da Deam, no depoimento sobre o estupro, a guarda contou que vinha sendo assediada pelo chefe no trabalho. O promotor Cláudio Henrique Viana, que apura a possível improbidade administrativa da chefia da Guarda Municipal de Niterói, disse que a denúncia de assédio sexual é criminal e deveria ser investigada pela polícia isoladamente. “A apuração sobre possível improbidade administrativa é demorada, já que os guardas têm várias reclamações”, afirmou.

POLÍCIA EM BUSCA DOS 3 AGRESSORES

A polícia procura os acusados de atacar E. e chegou até a solicitar imagens das câmeras do trânsito da cidade, que não registraram a abordagem. A vítima diz que não conseguiu ver o carro, mas que foi levada para uma casa abandonada. “Ela não sabe dizer o local para onde foi levada nem a descrição dos criminosos. Estamos investigando”, disse a delegada Alba Maria Alves Ferreira. A polícia pede que denúncias sobre o crime sejam feitas pelo telefone 3399-3702.

Em depoimento na Deam, a guarda não apontou autoria da violência e afirmou também que não conhecia os agressores. Ainda de acordo com a delegada Alba Maria, E. fez um outro registro na Deam, em fevereiro, por possível ameaça que teria sofrido no trabalho.

Na época, a vítima contou que outro colega da Guarda Municipal teria dito para ela “tomar cuidado porque tinha dois filhos”, em relação ao atraso dela no trabalho.

O Dia Online

Polícia Federal deflagra operação Navalha

Brasília - A Polícia Federal (PF) deflagrou, às 6h desta quinta-feira, a operação Navalha, com o objetivo de desarticular um esquema de desvio de recursos públicos federais, por meio de fraudes em licitações. Cerca de 400 policiais federais estão mobilizados em nove Estados e no Distrito Federal na captura de fucionários públicos e empresários envolvidos no esquema. Há 40 mandados de prisão preventiva e 84 mandados de busca e apreensão, decretados pela ministra do STF Eliana Calmon.


Segundo a PF, a operação ocorre em Alagoas, Bahia, Goiás, Mato Grosso, Sergipe, Pernambuco, Piauí, Maranhão, São Paulo e no Distrito Federal. Entre os presos estão autoridades públicas, funcionários e intermediários da empresa Gautama, sediada em Salvador (BA).

O Dia Online

Real vive 'lugar ao sol', diz 'Financial Times'

A moeda brasileira está aproveitando seu “lugar ao sol”, afirma título de reportagem do diário Financial Times publicada nesta quinta-feira, sobre a forte valorização verificada na véspera por moedas de países emergentes.

O jornal observa que o real teve a maior valorização entre as principais moedas emergentes, que tiveram “uma série de recordes de alta diante do dólar ontem”.

A reportagem comenta que as valorizações ocorreram após os dados divulgados na terça-feira pelos Estados Unidos que mostraram uma inflação abaixo do esperado, aumentando o apetite dos investidores por mercados emergentes, considerados mais arriscados.

Além disso, observa o FT, a alta do real foi impulsionada pelo aumento da avaliação do Brasil pela agência de crédito Standard & Poor’s.

Analistas consultados pelo jornal afirmam que a tendência de valorização do real deve continuar, apesar das compras de dólares pelo Banco Central para tentar limitar o fluxo de dólares para o mercado interno.

‘Efeito Brasil’

A valorização do real e os dados econômicos positivos para os países emergentes ajudaram a valorizar os títulos da dívida argentina na quarta-feira, segundo o diário La Nación, que qualificou o impacto sobre o mercado local de “efeito Brasil”.

Segundo o jornal, “o nível que alcançaram os preços de quase todos os títulos brasileiros e o forte diferencial de rendimentos acumulados em relação aos títulos argentinos estariam levando alguns fundos de investimento a escolher entre os dois mercados e a alocar parte dos ganhos obtidos no Brasil para a compra de ativos argentinos”.

O diário argentino comenta que “o real subiu quase 7% diante do dólar desde janeiro, após se valorizar quase 9% em 2006 por causa do constante fluxo de divisas ao maior país da América do Sul, que segue aumentando suas exportações e apresenta uma perspectiva de crescimento maior do que a esperada”.

Outra reportagem publicada pelo Nación, porém, afirma que o governo argentino deve questionar, em um seminário em Washington nesta quinta-feira, a estratégia do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de não intervir para conter a valorização da moeda.

Segundo o jornal, “o subsecretário de Política Econômica, Martín Abeles, encarregado da apresentação oficial, expressará que ‘para países em desenvolvimento, como a Argentina, o mais lógico é manter o tipo de câmbio competitivo e acumular reservas internacionais para enfrentar o efeito contágio dos mercados financeiros internacionais”.

“Esta mensagem se difundirá em um momento-chave, já que o real segue sua marcha ascendente frente ao dólar por causa do forte ingresso de capitais no Brasil e a decisão do governo Lula de não deter essa avalanche, somente moderá-la”, diz a reportagem.

“A Argentina insiste na estratégia oposta: manter o tipo de câmbio alto apesar da chuva de dólares que cai sobre a região e das fortes pressões inflacionárias”, afirma o jornal.

Financial Times

quarta-feira, 16 de maio de 2007

No Bom Dia Rio e no RJ TV

O Secretário Municipal de Transportes, Arolde de Oliveira, deu entrevista aos telejornais Bom Dia Rio e RJ TV – 1ª edição da Rede Globo sobre o planejamento de trânsito e de transportes para o público e os atletas que vão participar dos Jogos Pan-Americanos.

Entre as ações já definidas está a utilização de faixas exclusivas para a passagem da "Família Pan" – composta pelos atletas, dirigentes e todas as equipes técnicas envolvidas nos Jogos –, que começam a operar no dia 8 de julho, uma semana antes da abertura oficial do Pan Rio 2007. As faixas serão reservadas nas principais vias expressas cariocas, e nas ruas e avenidas que dão acesso aos locais de competição.


Prefeitura apresenta planejamento de trânsito para o Pan

O Dia Online/ 16.05.07
A Prefeitura do Rio apresentou, em entrevista coletiva no Planetário da Cidade, na Gávea, os planejamentos de trânsito e de transportes para o público e os atletas que vão participar dos Jogos Pan-Americanos.

As ações programadas para o período de competições (entre 13 e 29 de julho) foram demonstradas pelo secretário Municipal de Transportes, Arolde de Oliveira, e pelo representante da Prefeitura no Comitê Organizador dos Jogos (CO-Rio), Claudio Versiani, com a presença de diretores das empresas concessionárias de transportes que atuam na Cidade.

Entre as ações já definidas está a utilização de faixas exclusivas para a passagem da "Família Pan" – composta pelos atletas, dirigentes e todas as equipes técnicas envolvidas nos Jogos –, que começam a operar no dia 8 de julho, uma semana antes da abertura oficial do Pan Rio 2007. As faixas serão reservadas nas principais vias expressas cariocas, e nas ruas e avenidas que dão acesso aos locais de competição.
De acordo com o secretário de Transportes, o esquema de faixas exclusivas foi planejado pelos técnicos da Prefeitura de maneira a causar o menor impacto possível no trânsito da Cidade, em especial no Centro e nas zona Sul e Oeste, onde se concentram os locais das provas. Entre as vias contempladas estão as linhas Amarela e Vermelha, o Elevado da Perimetral, as avenidas das Américas, Ayrton Senna, e Abelardo Bueno, e ainda a Estrada do Galeão, na Ilha do Governador, que dá acesso ao Aeroporto Internacional Tom Jobim.

Outra medida a ser tomada pela Prefeitura é a implantação de linhas de ônibus especiais para levar o público aos locais de competição, e a sinalização das linhas regulares que passam nas vias próximas aos equipamentos esportivos e pontos da Cidade onde haverá provas. Essas linhas serão amplamente divulgadas durante o período dos Jogos.

Vale lembrar ainda que o acesso aos locais de competição terá restrições aos automóveis, e o próprio Comitê Organizador recomenda ao público que evite usar o carro para chegar aos locais, dando preferência aos transportes públicos de massa. Se possível, os motoristas também devem evitar as ruas e vias próximas a esses locais, para não prejudicar o trânsito.
Essa tendência vai ser estimulada já a partir da cerimônia de abertura, pois será proibido estacionar nas ruas e áreas livres no entorno do Estádio Jornalista Mário Filho (Maracanã). Apenas os ônibus e demais veículos especiais destinados ao evento, devidamente identificados, poderão estacionar na área. Os táxis, no entanto, terão livre acesso, e haverá pontos especiais junto aos equipamentos e locais onde ocorrerão as disputas.

Para completar, bicicletários serão instalados em pontos estratégicos das áreas de competição, sobretudo na Zona Sul, de modo a aproveitar a malha cicloviária já existente no Rio.


Passagem menor para 1 milhão

Pacote de medidas inclui novas integrações e pode reduzir tarifas de intermunicipais em até 50%

Rio - As passagens de ônibus nas linhas intermunicipais do Rio vão ficar mais baratas. Pacote de medidas apresentado ontem pelo Departamento Estadual de Transportes Rodoviários (Detro) promete beneficiar um milhão de passageiros por dia em todo o estado. As novidades — que incluem a criação de novas integrações — devem reduzir até pela metade o valor das tarifas cobradas nos coletivos atualmente.

Para seduzir os empresários do setor e convencê-los a baixar os preços das passagens, o presidente do Detro, Rogério Onofre, decidiu oferecer-lhes algumas vantagens. Entre elas, descontos no pagamento das taxas cobradas pelo órgão, que vão variar de 20% a 50%, dependendo do valor das reduções na passagem, e até mais prazo para o pagamento de multas, que chegará a 120 meses.

EMPRESAS APROVARAM

“Oferecendo esta contrapartida, conseguiremos mobilizar a maioria dos empresários do setor, que sabem que vão lucrar não só com o aumento do número de passageiros transportados, como também com a redução de sua planilha de custos”, destacou Rogério Onofre, que acredita na adesão de, pelo menos, metade das 108 empresas de ônibus que operam na Região Metropolitana do Rio, ao programa.

A novidade será encaminhada ainda hoje para o chefe da Casa Civil, Régis Fichtner. Ainda este mês, o governador Sérgio Cabral enviará o texto para publicação no Diário Oficial, quando então passará a valer.

A idéia agradou a representantes das empresas de ônibus intermunicipais. “Esse é o melhor caminho a ser seguido pelo governo rumo a uma desoneração tarifária justa, para que as empresas consigam reduzir o valor das passagens, e beneficiar a população usuária de seus serviços”, destacou o superintendente do Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários do Estado (Setrerj), Márcio Barbosa.

Preço igual em dinheiro ou vale

De olho nas empresas que oferecem tarifas promocionais para o pagamento de passagens em dinheiro, o presidente do Detro, Rogério Onofre, bateu o martelo: “Todas as empresas terão que oferecer o mesmo benefício para quem pagar com vale-transporte. Não vamos permitir que exista diferença”. Hoje, ele proporá ao governador Sérgio Cabral que publique outra portaria, desta vez obrigando as viações a manter as tarifas promocionais que estiverem praticando, por pelo menos 120 dias.

“Esta é a única maneira de evitarmos surpresas para os passageiros na hora de embarcar”, explicou Onofre, que também vai conceder descontos em taxas para os empresários, na mesma proporção dos oferecidos por eles aos usuários. “Quem der 50% receberá os mesmos 50%”, detalhou. As futuras promoções das passagens também terão que ser por, no mínimo, 120 dias e, no máximo, 180.

Para ter uma idéia da vantagem para os empresários do setor, eles pagam, por mês, por coletivo, R$ 154,88 de taxa de vistoria. Quem reduzir as tarifas em 50% passará a pagar R$ 77,44. Numa empresa com 200 ônibus, as despesas com essa taxas vão passar de R$ 30.976 para R$ R$ 15.488, por exemplo.

Passageiros de Van são seqüestrados, assaltados e abandonados em favela

Rio - Nove passageiros de uma Van de transporte alternativo que fazia a linha Central-Sargento Roncalli, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, foram atacados por dois homens armados quando trafegavam, na noite desta terça-feira, pela Avenida Brasil, na altura da Penha, na Zona Norte.

Os bandidos obrigaram o motorista a sair do itinerário e seqüestraram a Van com os passageiros, que foram levados para o interior da Favela de Parada de Lucas, também na Zona Norte. A dupla de assaltantes se juntou a outros dois homens, um deles armado com uma metralhadora, e passou a saquear as vítimas, obrigadas a entregar dinheiro, roupas, celulares e outros objetos. Em seguida, os passageiros foram abandonados dentro da favela e obrigados a encontrar a saída a pé.

A polícia foi acionada e policiais do Batalhão de Policiamento em Vias Especiais (BPVE) seguiram direto para a Favela Furquim Mendes, no vizinho bairro do Jardim América, depois que a Van foi localizada através de satélites. Contudo, quando os policiais chegaram, o veículo já não se encontrava mais no local. Somente o motorista da Van esteve na 38ª DP (Brás de Pina) para registrar o caso.

O Dia Online

terça-feira, 15 de maio de 2007

Chefões do tráfico vão voltar para os presídios do Rio

Superior Tribunal de Justiça anula sentença do Tribunal de Justiça do Rio, que mantinha 12 integrantes do Comando Vermelho fora do Estado por mais 120 dias. Ministério Público vai recorrer da decisão. No momento, os traficantes estão no presídio federal de Catanduvas, no Paraná.

Congresso deve receber nova proposta de reforma tributária, diz Mares

RIO DE JANEIRO - O governo federal deve enviar ao Congresso Nacional, ainda no segundo semestre deste ano, uma nova proposta de reforma tributária para o país. O anúncio foi feito pelo ministro da Secretaria das Relações Institucionais da Presidência da República, Walfrido dos Mares Guia, no Fórum Nacional de Altos Estudos.


De acordo com o ministro, a proposta foi alinhavada na semana passada, com a participação de técnicos de vários ministérios, e será discutida pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em uma reunião com os governadores no final do mês de junho.


- Uma vez acertando os princípios [da proposta] com os governadores, nós podemos imaginar que já no segundo semestre o assunto possa ser discutido no Congresso Nacional. Já está em discussão, só que nós vamos retirar a proposta que foi enviada em 2003, pois reconhecemos que ela é insuficiente, e mandar a nova - informou Mares Guia.


Segundo o ministro, o principal ponto da nova proposta será a criação do Imposto sobre Valor Agregado (IVA) nos níveis estadual e federal, que passará a tributar os produtos no momento do consumo e não durante as fases da cadeia produtiva e de distribuição, como ocorre atualmente. Nos estados, o imposto deve substituir, por exemplo, o Imposto sobre Circulação de Mercadorias (ICMS), cobrado com alíquotas diferenciadas em cada unidade da federação.


- Em vez de cada estado ter um emaranhado de leis no seu código do ICMS, se teria alíquotas nacionais e os estados [disporiam de] leves margens para aumentar ou diminuir a alíquota. Acaba a guerra fiscal, simplifica tremendamente os impostos, e eles teoricamente vão ser cobrados no consumo e não na produção, ou seja, no destino ao invés de serem cobrados na origem - explicou o ministro.


Mares Guia reconheceu, no entanto, que a reforma tributária é um processo longo, que pode durar vários anos.


- Não é nada para amanhã. Você começa a discutir, manda para o Congresso Nacional, aprova, para se desdobrar ao longo de anos. Eventualmente, uma reforma tributária se desdobra ao longo de 10, 12 anos - destacou.


Para Mares Guia o sistema tributário brasileiro é muito complexo e inibe a competitividade das empresas, por isso o governo busca apresentar uma proposta eficaz e consensual entre prefeituras, governos dos estados e União.


O ministro informou que eventuais perdas de receita dos estados serão resolvidas com um sistema de transição que possa neutralizar seu efeito.


- Hoje a margem que os estados têm é muito pequena. Eles têm que pagar suas dívidas com o governo federal, arcar com a previdência, que é um ônus muito sério, têm que pagar a folha. Então essa reforma tem que ser feita com esse consenso de buscar a transformação dos impostos sem sacrificar os estados.


- Na medida que se cria impostos melhores, mais fáceis de cobrar e que acelerem a competitividade, se pode arrecadar mais com alíquotas até menores ao longo do tempo. Tudo é um projeto de longo prazo e tem que ser um projeto inteligente.

Agência Brasil

Dólar cai ainda mais: R$ 1,982

Rio - O dólar opera em forte queda de 1,34%. Por volta das 15h a moeda norte-americana era cotada a R$ 1,982, confirmando a tendência de fechar abaixo dos R$ 2.

Vanderlei Cordeiro de Lima será o porta-bandeira do Brasil

O maratonista Vanderlei Cordeiro de Lima, que será porta-bandeira da delegação brasileira na cerimônia de abertura dos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, foi surpreendido na noite de domingo ao tomar conhecimento da escolha pela televisão.

O bicampeão pan-americano e medalha de bronze na Olimpíada de Atenas tinha viagem marcada ao Rio nesta segunda-feira, supostamente para conhecer o trajeto da maratona do Pan, mas soube pela TV que seria encarregado de abrir o desfile brasileiro no dia 13 de julho, no Maracanã.

"Para mim foi uma grande surpresa quando fiquei sabendo ontem", disse Vanderlei, após ser oficialmente confirmado nesta segunda pelo presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman, como porta-bandeira.

"Sei que muitos outros atletas gostariam de estar aqui, mas eles podem ter certeza que o Brasil vai estar bem representado."

Vanderlei, de 37 anos, recebeu a maior homenagem do Comitê Olímpico Internacional (COI), a Medalha Pierre de Coubertin, após ter sido atacado por um manifestante quando liderava a maratona da Olimpíada de Atenas.

Terminais rodoviários recebem doações de agasalhos

Com a aproximação do inverno, a Socicam, empresa que administra os terminais rodoviários, Novo Rio (RJ), Roberto Silveira (Niterói) e Nilton Barbosa (Angra dos Reis) inicia na quarta-feira a 9ª edição da campanha "Não deixe o Rio passar frio". As doações podem ser feitas a qualquer hora do dia em caixas instaladas nas entradas e saídas dos terminais. No ano passado, a Socicam Rio alcançou um número recorde em arrecadações, com um total de 3 mil peças, 7% a mais que em 2005.

segunda-feira, 14 de maio de 2007

Aquecimento global vai gerar 1 bilhão de refugiados, diz ONG


Pelo menos 1 bilhão de pessoas serão forçadas a deixar suas casas até 2050 devido às mudanças climáticas no planeta, prevê um relatório divulgado pela agência internacional de ajuda humanitária Christian Aid.

A grande maioria desses imigrantes será proveniente de países pobres e será afetada por enchentes, secas e fome, segundo o levantamento da ONG britânica Human tide: the real migration crisis.

Mali, localizado no deserto do Saara, na África, seria o país onde a ameaça do aquecimento global é mais imediata.

"Agricultores já estão achando impossível sobreviver com a terra da maneira que faziam há séculos. Níveis erráticos e declinantes de chuva significam colheitas reduzidas e as pessoas têm que se mudar para ganhar dinheiro e alimentar suas famílias", afirma o relatório.

A Christian Aid usa como referência o levantamento do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC, em inglês) da Organização das Nações Unidas (ONU) para a previsão de pessoas afetadas pelo aquecimento global.

A ONG cita um trecho do relatório do IPCC: "Até 2080, é possível que 1,1 bilhão a 3,2 bilhões de pessoas sofrerão de falta de água; 200 a 600 milhões, fome; 2 a 7 milhões por ano, enchentes".

Trabalhador estuda mais e recebe menos

BRASÍLIA.Os trabalhadores brasileiros estão mais instruídos, mas ganhando menos. Em 22 anos - entre 1982 e 2004 - a média de estudo do proletariado urbano cresceu dois anos e cinco meses, enquanto a renda média encolheu 33,62%. Em 1982, um terço dos trabalhadores das cidades não tinha o ensino fundamental completo. O índice caiu para 15%, mas não garantiu a melhoria da qualidade de vida. Quem tinha diploma do chamado primário há 25 anos ganhava em média 12% a mais do que os analfabetos.

Em 2004, o salário dos dois grupos se equiparou. Os números são de um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), elaborado pelos economistas Anna Crespo e Maurício Cortez Reis.

- Os resultados mostram uma redução no efeito diploma entre 1982 e 2004, indicando que a conclusão de um ciclo educacional no Brasil vem perdendo valor ao longo do tempo - dizem os economistas do Ipea.

Os trabalhadores que estudaram mais estão ganhando proporcionalmente salários mais altos. Pelo estudo do Ipea, quem tinha 17 anos de estudo em 1982 recebia o dobro daqueles que estudaram 10 anos. Em 2004, a diferença dos salários subiu para 172%. Em compensação, a diferença salarial entre os trabalhadores com 10 anos de estudo e os que não haviam concluído o primeiro grau caiu de 123% para 75%.

Para os economistas Anna Crespo e Maurício Cortez Reis, as significativas mudanças no mercado de trabalho nos últimos 20 anos, decorrentes da abertura da economia, da globalização e do desenvolvimento tecnológico, exigiram profissionais mais habilitados.

JB Online

Governo lança programa de incentivo à venda de laptops


Computador portátil terá financiamento com juros menores.
O sistema operacional precisa ser o Linux, principal concorrente do Windows.


Depois do computador popular, é a vez do notebook popular. O governo federal vai anunciar nesta segunda-feira (14) um programa de incentivo à venda de laptops. Com isso, o computador portátil passa a ter acesso a financiamento com juro abaixo do vigente no varejo.



As linhas de crédito são oferecidas pela Caixa Econômica Federal, pelo Banco do Brasil e por varejistas credenciados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

No computador de mesa, a linha de crédito ainda não emplacou. O governo diz que, até o momento, foram vendidos 530 mil PCs nas especificações do projeto Computador para Todos. Só que apenas 11.509 foram adquiridos com financiamento dos bancos públicos. Uma possível explicação está nas dificuldades para obter o financiamento.

Para ter direito à linha de crédito, o notebook deve ter tela de 14 polegadas, processador de 1,4 GHz, placa de acesso à rede sem fio (Wi-Fi), gravador de CD, 512 megabytes de memória, disco rígido com capacidade de 40 gigabytes e peso de no máximo 3 quilos - configurações similares às dos laptops básicos disponíveis no mercado.

Linux

O sistema operacional precisa ser o Linux, principal concorrente do Windows, da Microsoft. Segundo a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), 18% dos 8,2 milhões de computadores vendidos no país ano passado saíram de fábrica com o Linux.

A idéia é combater o chamado mercado cinza, computadores geralmente montados de forma irregular e trazidos via contrabando. Para o PC de mesa, a iniciativa já surtiu efeito.

Agência do Estado

Vinte balões são apreendidos em operação do Batalhão Florestal em SG

Uma operação do Batalhão Florestal da Polícia Militar de São Gonçalo, com o auxílio de ligações do Disque-Denúncia (2253-1177) , apreendeu, desde o início da madrugada deste domingo até o fim da manhã, 20 balões, um maçarico, um butijão de gás e uma cangalha de fogos, em todo município. Parte dos balões foram recolhidos quando já estavam caindo. Segundo os policiais, não houve registros de incêndios até às 14h. Ninguém foi preso. Todo o material foi levado para a sede do Batalhão Florestal, no bairro Colubandê, em São Gonçalo, e será incinerado nos próximos dias.

O Fluminense Online

Queimadas 'são 2ª maior causa de aquecimento global'


As queimadas de áreas florestais são a 2ª maior fonte de emissões de gases do efeito estufa, tornando o combate ao desmatamento a forma mais fácil e barata de mitigar a ação do aquecimento global, segundo afirma um relatório publicado nesta segunda-feira pela ONG ambiental Global Canopy Programme.

Segundo o relatório, as queimadas respondem por 18% a 25% das emissões de gases do efeito estufa, atrás somente das emissões provocadas pelo uso de energia.

Em comparação, a organização estima as emissões decorrentes das viagens aéreas, um dos vilões atuais dos ambientalistas, em 2% a 3% do total.

Segundo o relatório, “mesmo com o aumento previsto para o tráfego aéreo, as emissões pelo desmatamento entre 2008 e 2012 deverão ser maiores do que o total das emissões por aviões desde sua invenção até pelo menos 2025”.

Para o fundador da ONG, Andrew Mitchell, as florestas tropicais são “o elefante na sala da mudança climática”.

“As florestas precisam ter prioridade nos esforços para mitigar as missões globais porque a captura de carbono ou a tecnologia nuclear levarão décadas para ter qualquer impacto significativo em reduzir as emissões, enquanto podemos combater o desmatamento já, sem a necessidade de inventar nada novo ou de infra-estrutura cara”, diz ele na carta de apresentação do relatório.

Brasil

Segundo o relatório, o Brasil, 4º maior emissor de gases do efeito estufa por conta do desmatamento, perde anualmente até 26 mil quilômetros quadrados de florestas, gerando cerca de 400 milhões de toneladas de CO2.

A organização argumenta que uma das melhores formas de combater o desmatamento seria o estabelecimento de um mercado global de carbono, para que os países com mais emissões pudessem pagar pela conservação de áreas em outros países.

O relatório estima em US$ 10 bilhões ao ano o ganho potencial que a preservação dessas áreas atualmente queimadas poderia trazer ao Brasil.

Para a ONG, o Brasil já tem hoje leis adequadas para a preservação das florestas, mas não existe vontade política nem recursos para implementá-las.

O estabelecimento de um mercado global de carbono poderia gerar, em sua avaliação, recursos ao país que excederiam o custo-benefício do desmatamento para atividades como a criação de gado ou o plantio de soja, como ocorre hoje.

Para Mitchell, paradoxalmente o aquecimento global pode dar às florestas uma melhor chance de sobrevivência caso sua preservação seja recompensada financeiramente.

“Os países suficientemente sábios para terem mantido suas florestas poderão se ver no futuro donos de uma nova indústria do ecossistema de bilhões de dólares”, argumenta.


BBC Brasil